Como evitar gafes ao ir a um casamento

Ninguém está completamente livre de cometer uma gafe em um casamento, mas com essas dicas, você poderá aproveitar a cerimônia e a festa com toda elegância

Escrito por Daniela Azevedo

Foto: Thinkstock

Que atire a primeira pedra quem nunca cometeu ou presenciou uma gafe em uma festa de casamento. Muitas delas não passam de acidentes, mas dependendo da proporção podem entrar para a história e até arruinar a cerimônia, para a infelicidade dos noivos.

Os noivos são os que mais se preocupam em não cometer gafes como atrasos, lista de presentes com valores abusivos e escolha dos convidados, mas os convidados também não podem se descuidar para não fazer feio e se tornar presença indesejada de outras cerimônias.

Entre as gafes mais comuns, estão os exageros nas vestimentas e falta de cuidado com o comportamento e para que você não corra o risco de ser o centro das atenções e, sobretudo, o alvo de comentários maldosos nas próximas festas de casamento em que for convidada. Selecionamos algumas das gafes mais frequentes, assim, você pode ficar atenta e esbanjar etiqueta e elegância na hora da cerimônia e principalmente da festa.

Escolha o traje adequado

Se o convite de casamento não especificar qual traje deve ser utilizado, não significa que todos os convidados estão livres para se vestir como bem entendem. Algumas regrinhas devem ser seguidas na hora de escolher o modelito.

É terminantemente proibido usar vestidos brancos, champagne, bege, off-white, nude ou de qualquer outro tom que possa se aproximar ao tom do vestido da noiva. O casamento é o momento em que a única pessoa que deve se destacar é ela, por isso, qualquer outra mulher usando branco, além de deselegante, pode gerar um grande desconforto para a noiva. E essa é uma regra que vale tanto para as convidadas, quanto para madrinhas e mães do noivos.

Madrinhas e mães dos noivos também não devem usar preto. Esse tom não combina com o momento e nem com o altar e pode denotar um gesto de reprovação à união do casal. O ideal é que as madrinhas acertem as cores entre si para evitar repetições e se forem padronizar as cores, que encontrem uma que seja de agrado da noiva. Já as mães dos noivos devem sempre dar preferência às cores claras.

Se você for apenas uma convidada, pode ficar à vontade para usar o tom preto, que sempre confere elegância, mas evite abusar dos curtos, decotados e do brilho, afinal, por mais modernos que possam ser os noivos, o casamento em si é uma cerimônia formal e não uma balada e as únicas pessoas com cartão verde para chamar atenção são os noivos.

Preste atenção ao horário e local do evento. Um casamento noturno não admite o uso de chapéus. Da mesma maneira, casamentos pela manhã em uma chácara, por exemplo, não aceitam brilhos e a produção de um casamento durante a noite e em local fechado.

Se você for do tipo que gosta de dançar, escolha um sapato que seja confortável, pois não há nada mais deselegante que as convidadas se esbaldando na pista de dança descalças e voltando para casa com os pés sujos. Em algumas festas, os noivos distribuem pares de chinelos, mas nem sempre isso é garantido.

Fique atenta ao convite

Além de indicar a data, o horário e o local do evento, o principal ponto a ser observado no convite é a quem ele se destina. Sempre que o convite for nominal a uma única pessoa, isso significa que o convite não se estende à toda família. Quando o convite vier nominal aos donos da casa, destina-se apenas ao casal e só quando vier com a indicação “e família” é que os filhos estão convidados.

Esse é um detalhe muito importante, pois normalmente os noivos pagam por pessoa e toda a festa, comes, bebes e acomodações são programadas para um número pré-determinado de pessoas. Se pessoas que não forem convidadas aparecerem de penetra, isso pode comprometer todo o andamento da festa, podendo causar constrangimentos e falta de alimentos, bebidas e lugares. Da mesma forma, jamais leve algum convidado seu para a festa de outra pessoa. Isso é extremamente deselegante e inconveniente.

Se o convite solicitar a confirmação de presença tanto para a festa quanto para a cerimônia, confirme apenas se você realmente for. Como a maioria dos serviços é contratada levando em conta o número de convidados, caso você não possa ir, isso faz com que os noivos possam convidar outras pessoas no seu lugar. Depois de confirmada a presença ou ausência, se por algum motivo mudar de ideia, não deixe para fazer isso em cima da hora.

Não deixe de comparecer à cerimônia

Os noivos se preparam durante um longo tempo e escolhem a dedo as pessoas com quem querem compartilhar esse momento que para eles é muito importante, a união, mesmo assim, é comum ver a igreja vazia e o salão de festas cheio. Se os noivos decidiram fazer uma cerimônia religiosa, isso significa que para eles é algo importantete e nenhum convidado deve menosprezar.

Se por algum motivo você só puder chegar após a cerimônia, seja por motivos de trabalho ou de logística, o ideal é comunicar antecipadamente aos noivos, observando a reação do casal, o que demonstra a sua consideração e respeito.

Não exceda os limites

Sempre que for a um casamento, leve essa palavra na memória. Se você não se esquecer dos limites, sairá com a mesma classe que chegou ao evento.

O problema é que muitas pessoas exageram na bebida, na comida, na produção e ao final da festa, quando resistem até lá, saem com a nítida sensação de que jamais vão se esquecer daquele dia, e o pior é que nem sempre é por um bom motivo.

Quando se fala dos limites, a bebida é o principal ponto a ser observado. As bebidas servidas à vontade, de vários tipos e cores, fazem com que muitos convidados se empolguem, mas o resultado pode ser desastroso.

Pessoas embriagadas costumam ser inconvenientes e podem quebrar objetos estragando a decoração, arrumar confusões com companheiros alheios e até passar mal deixando um rastro nada agradável no meio da pista de dança.

Por isso, evite beber descontroladamente e garanta uma festa sem dor de cabeça no dia seguinte para você e sem constrangimentos para os noivos e demais convidados.

Na hora de se servir no buffet, lembre-se sempre que a maioria deles serve a comida por bastante tempo. Então, não é necessário correr formando filas imensas e tão pouco fazer um prato absurdamente cheio. Você pode esperar e servir-se comedidamente mais de uma vez sem ninguém comentando sobre o tamanho do seu prato.

Durante a festa, todos estão liberados para curtir e aproveitar, mas jamais se esqueça que tudo está sendo registrado por fotógrafos, cinegrafistas e hoje em dia por celulares que colocam tudo instantâneamente nas redes sociais, então é melhor se comportar para não se arrepender depois.

Não leve nada para a festa e cuidado com o que leva dela

Já faz tempo que essa prática saiu de moda, graças às lojas que fazem listas de casamento e entregam tudo na data e no endereço escolhido pelos noivos, mas sempre é bom lembrar que os presentes dos noivos não devem ser levados para a igreja ou para a festa. Entregue com antecedência na casa dos noivos ou de seus pais, mas se não tiver opção, o ideal é que seja entregue para a pessoa responsável pela organização da festa, mas só ao final, quando estiver indo embora.

Na hora de ir embora, muita gente se deleita com os docinhos e acaba não resistindo em levar alguns na bolsa. Se você realmente for daquelas que não resistem, seja elegante e pegue poucos, nada de encher a bolsa e as mãos, porque além de ser feio, isso pode fazer com que outros convidados fiquem sem. O mesmo vale para lembrancinhas e bem casados.

Outra prática comum, mas igualmente condenável é levar os objetos de decoração da mesa para casa. Normalmente, eles pertencem à empresa que faz a decoração e estão alugados. Portanto, se você levar, pode correr o risco de ser barrada por seguranças ou se conseguir sair, fará com que os noivos tenham que pagar por isso.

Com essas dicas e uma dose extra de bom senso, você pode aprovetar todas as festas de casamento sem cometer nenhuma gafe. E caso algum ponto não esteja claro, fique à vontade para perguntar aos noivos. Eles melhor do que ninguém poderão lhe dizer o que pode e o que não pode. Depois disso, é só aproveitar.

Assuntos: Bem-Estar

Dicas pela Web
Comentários