7 cuidados básicos para evitar unhas onduladas

Escrito por
Em 01.07.21

iStock

Por                                
Em 01.07.21

Qualquer sinal diferente nas unhas costuma chamar a atenção, no entanto, unhas onduladas nem sempre indicam um problema sério. Para esclarecer as dúvidas e explicar o assunto, confira o que disse a dermatologista Isadora Rosan (CRM 176378):

Publicidade

Índice do conteúdo:

Causas das unhas onduladas

A doutora Isadora explicou o que são e como podem aparecer as unhas onduladas: “as ondulações nas unhas muitas vezes não representam nenhuma doença, e sim uma alteração do envelhecimento normal delas. Podem ser longitudinais: quando os sulcos estão na mesma direção do crescimento da unha, ou transversais, quando estão perpendiculares a essa direção.” Além disso, também citou as principais causas:

  • Envelhecimento da placa ungueal: “em geral, os sulcos longitudinais, quando presentes em todas as unhas, são uma característica do envelhecimento normal da placa ungueal.” Comentou Isadora.
  • Traumas ou lesões: “empurrar agressivamente ou “cutucar” a cutícula são as causas mais comuns dos sulcos transversais, aqueles que são paralelos à cutícula.” Explicou a dermatologista.
  • Inflamação da borda da unha: Isadora citou que “pelo excesso de manuseio de água ou produtos de limpeza, por exemplo, pode ocorrer a inflamação.”
  • Infecções prolongadas: a dermatologista explicou que “constantes infecções por fungos também prejudicam as unhas, mudando seu formato, coloração e apresentando ondulações.”

A doutora Isadora deixa claro que quando as ondulações são longitudinais e aparecem em todas as unhas, não há motivo para preocupação. Agora, “se ele é único ou ocorre em apenas um dedo, precisamos investigar causas como trauma ou lesões perto da matriz, a fábrica da unha.”

Como tratar unhas onduladas

Ao identificar as unhas onduladas, Isadora ressalta que “o tratamento dependerá da causa”. Ela cita:

Cuidados com a inflamação

iStock

Segundo a dermatologista, a inflamação ocorre por “exposição a agentes químicos e água em excesso”. Além do uso de pomadas e medicamentos que combatem o problema, ela também recomenda “use luvas ao manusear água por muito tempo ou ao ter contato com produtos de limpeza”. Inclusive, ela indica continuar com este cuidado mesmo após as unhas sararem da inflamação.

Hidratação das unhas

iStock

“As unhas também precisam ser hidratadas, principalmente sua base, próximo a cutícula”, explicou Isadora. Se a causa das ondulações não envolve inflamações ou infecções, passar um hidratante e cuidar ao empurrar as cutículas já irá ajudar bastante.

Medicamentos antifúngicos

iStock

Publicidade

Como os fungos também pode ser responsáveis por unhas onduladas, neste caso o dermatologista irá recomendar o uso de pomadas ou comprimidos antifúngicos. Isadora ainda lembra “não demore a procurar o dermatologista caso apareça alguma irregularidade, ele saberá qual o melhor tratamento para você!”

Quanto aos tratamentos caseiros, a doutora afirma que “o melhor tratamento caseiro para as unhas onduladas é evitar traumatizar a matriz da unha, ter uma alimentação balanceada e hidratar bastante a unha.”

Como evitar unhas onduladas

Confira sete recomendações dadas por Isadora Rosan para evitar as ondulações nas unhas:

  • Não retire a cutícula;
  • “Descanse” do esmalte alguns dias por semana;
  • Hidrate as unhas e as cutículas;
  • Não “cutuque” as unhas;
  • Evite contato excessivo com produtos de limpeza;
  • Não use bases e esmaltes com formol;
  • Se desejar “empurrar” a cutícula, faça isso delicadamente.

Agora você já sabe o que causa e como pode evitar as unhas onduladas. Confira também a matéria sobre unhas perfeitas, com dicas para mantê-las sempre saudáveis e muito bonitas.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.