Farinha de berinjela: 7 motivos para incluir na sua alimentação

Escrito por
Em 11.05.20

iStock

A farinha de berinjela tem sido muito utilizada em sopas, sucos, vitaminas, iogurtes e para fazer pães, hambúrguer e biscoitos. Afinal, a berinjela é cultivada em todo o mundo e pode fornecer benefícios nutricionais significativos. A seguir, vamos conhecer mais sobre seus benefícios e como a farinha é extraída. Acompanhe a matéria!

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

Como é feita a farinha de berinjela

Primeiramente, é necessário lavar bem as berinjelas e, em seguida, elas são cortadas em rodelas finas e colocadas em uma forma. O próximo passo é levá-las ao forno por cerca de 1 hora e meia, até que fiquem ressecadas. Logo após esse processo, as berinjelas são trituradas até virarem pó e guardadas em recipientes esterilizados e secos.

7 benefícios da farinha de berinjela

iStock

Conversamos com a nutricionista e fitoterapeuta Adriana Stavro (CRN 43576), que explica sobre as propriedades e benefícios que a farinha proporciona à saúde. Veja só:

  1. Previne doenças: de acordo com a nutricionista, “a berinjela possui potencial de fornecer benefícios à saúde, associados à prevenção ou risco reduzido de desenvolver doenças crônicas como diabetes, hipertensão e câncer.” Além disso, possui luteína, zeaxantina e beta-criptoxantina, substâncias que reduzem a degeneração muscular relacionada à idade, as cataratas e as doenças cardiovasculares.
  2. Diminui a absorção de açúcar no organismo: a fibra presente no alimento diminui a taxa de digestão e absorção de açúcar no organismo, mantendo os níveis de glicose mais estáveis. “Quando os níveis de insulina são estáveis, ​​sem quedas drásticas e picos de açúcar no sangue, os efeitos colaterais potencialmente perigosos do diabetes podem ser evitados”, completa Adriana.
  3. É rica em carotenoides: incluir o vegetal na dieta das crianças pode ajudar a reduzir a deficiência de vitamina A, devido ao alto teor de carotenoides.
  4. Reduz o colesterol: segundo a nutricionista, “as antocianinas presentes na casca da berinjela reduzem triglicerídeos e colesterol LDL (ruim) e aumentam a lipoproteína HDL (bom colesterol).”
  5. É rica em antioxidantes: possui alto teor de antioxidantes, capazes de neutralizar os radicais livres e a oxidação celular.
  6. Possui efeito terapêutico: vários estudos mostram que a berinjela possui excelentes efeitos terapêuticos em verrugas, queimaduras e muitas doenças inflamatórias, como estomatite, artrite e gastrite.
  7. Tem baixo valor calórico: a berinjela possui apenas 25 kcal por unidade (100 gramas), sendo grande aliada para quem está fazendo dieta.

Segundo o USDA (Departamento de Agricultura dos EUA), a berinjela tem alto teor de água, quase não tem gordura e é fonte de vitaminas, magnésio, fósforo, cobre, fibra alimentar, ácido fólico, potássio e manganês. Ou seja, só tem benefícios!

Nutricionista esclarece dúvidas sobre farinha de berinjela

É comum surgirem dúvidas sobre o consumo e os efeitos do alimento no organismo. Por isso, consultamos a nutricionista Vanderli Marchiori (CRN 33343) para responder perguntas recorrentes. Acompanhe:

Farinha de berinjela emagrece?

Para a nutricionista, nenhuma farinha usada isoladamente emagrece, mas sim “a mudança de estilo de vida, incluindo mais vegetais na alimentação e reduzindo o consumo de frituras e açúcares, alem de fazer exercidos físicos regularmente.”

Há contraindicações à farinha de berinjela?

Até o momento não foi atestado nenhum dano à saúde ocasionado pelo consumo dessa farinha.

Qual a melhor forma de consumir farinha de berinjela?

“Pode ser misturada em preparações convencionais, como farofas, massas de pães e bolos, sempre misturada a outras farinhas na proporção de ate 20% para não haver alterações de sabor e/ou de textura das preparações”, orienta Vanderli.

Continua após o anúncio

Farinha de berinjela em cápsula é eficiente?

A cápsula pode auxiliar no controle do colesterol quando feita com extrato padronizado da berinjela, mas, a partir da farinha, não há nenhuma comprovação científica.

É recomendado tomar farinha de berinjela com água?

De acordo com a nutricionista, “não há nenhuma razão para consumi-la dessa forma. Mas pode ser associada a outros pratos, como já mencionado anteriormente.”

Apesar do vegetal não ter contraindicações, não é recomendado consumir grandes quantidades diárias. O consumo de mais de 3 berinjelas por dia pode causar efeitos colaterais como diarreia, desconfortos abdominais e enxaqueca.

Receitas com farinha de berinjela

iStock

A berinjela é um vegetal delicioso e versátil, rico em nutrientes e de baixo valor calórico. Sua farinha pode ser consumida de diversas maneiras, inclusive em substituição à farinha branca. A seguir, você vai aprender a fazer receitas deliciosas e saudáveis com esse ingrediente.

Pão de farinha de berinjela: se você adora pães, mas busca uma opção mais saudável, essa receita é perfeita. Além da farinha de berinjela, ela contém gergelim integral e dispensa o uso da farinha branca.

Pizza com farinha de berinjela: já imaginou fazer uma pizza light e muito saborosa? Com a farinha de berinjela, é possível fazer uma massa leve, deliciosa e com recheio de mussarela light. Vale a pena fazer em casa!

Bolo de banana com farinha de berinjela: essa receita fit é muito simples e prática de fazer, além de muito indicada para consumir quando bate aquela fome fora de hora. A combinação da banana com a farinha de berinjela torna a receita ainda mais nutritiva e saborosa.

Bolinho de chuva com farinha de berinjela: quem nunca comeu aquele bolinho de chuva delicioso feito pela vovó? Você pode fazer a receita com ingredientes saudáveis e integrais, e o melhor de tudo é que o bolinho não é frito e é muito fácil de fazer. Aproveite e se delicie com aquele cafezinho feito na hora!

Realmente, a farinha de berinjela tem uma ótima contribuição para uma alimentação saudável, além de ser um ingrediente que pode ser usado para vários pratos deliciosos e fáceis de fazer. Aproveite e veja também os benefícios que o painço proporciona para sua saúde.

Continua após o anúncio

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Alimentação