Conheça os benefícios e os riscos do consumo de shoyu

Saiba como tirar bom proveito da ingestão desse molho sem correr os riscos do consumo em excesso

Por Fernanda Boito
Atualizado em 10/10/2013 14:20
shoyu Conheça os benefícios e os riscos do consumo de shoyu

Foto: Thinkstock

O molho shoyu, preparado com grãos de soja fermentados e salgados por salmoura, tem alto poder de conservação de alimentos e era essa sua finalidade original, quando foi originalmente inventado pelos chineses.

Atualmente, tem sido utilizado como condimento para o preparo de uma enorme variedade de alimentos, devido, principalmente, ao seu sabor marcante e intenso. Muito popular no Brasil, o shoyu pode trazer benefícios à saúde, mas seu consumo deve ser moderado, principalmente por pessoas hipertensas. Confira os riscos e benefícios do shoyu.

Os benefícios do derivado da soja

Segundo os nutricionistas, o molho shoyu, por ser um derivado da soja, possui os mesmos benefícios do grão, cuja ingestão diária recomendada é de 25g. Até o momento, já se sabe que a soja é rica em proteínas, ferro, cálcio e vitaminas, principalmente as do complexo B, conhecidas como “vitaminas da disposição”, devido aos seus efeitos benéficos sobre o sistema nervoso e disposição mental.

Ademais, a soja e seus derivados têm ação antioxidante e previne doenças como osteoporose, câncer de mama e de colo de útero. Logo, nota-se que o consumo do shoyu é benéfico para saúde, porém, sem exageros.

Além desses benefícios, o molho shoyu também é recomendado para as pessoas que estão em dieta pelo fato de apresentar a capacidade de enriquecer o sabor dos alimentos com baixas calorias e pouquíssimo amido. Dentre os alimentos com os quais se recomenda o uso do shoyu estão os peixes e as carnes, as saladas, o arroz, o macarrão e os legumes cozidos.

Por outro lado, reitera-se que seu consumo deve ser moderado devido ao alto teor de sódio presente na composição desse produto.

Os riscos do molho shoyu

O shoyu é um molho obtido a partir da fermentação dos grãos de soja com trigo ou cevada e sal, logo, a quantidade de sódio presente na composição desse produto é enorme.

Uma colher de sopa de molho shoyu traz quase toda quantidade de sódio que um adulto deveria ingerir em um almoço, portanto, seu consumo deve ser moderado, principalmente para as pessoas hipertensas já que o consumo excessivo do sódio está relacionado às doenças cardiovasculares, além de outros grandes riscos à saúde.

Além de utilizar o molho com moderação, sugere-se misturar o shoyo com água para que fique menos concentrado ou ainda optar por versões light, que possuem uma quantidade de sódio 35% menor.