Moda e Beleza

Tons de pele negra: como a colorimetria impacta no visual

Envato

Em 13.06.22

Você sabia que há uma ampla variedade de tons de pele negra? Isso acontece devido à melanina presente na pele. Ela é responsável pela coloração e pode ser encontrada na derme e epiderme. Confira as explicações da consultora de estilo Daniela Ribeiro sobre colorimetria e coloração pessoal.

Publicidade

Índice do conteúdo:

O que é colorimetria para pele negra

A colorimetria é definida como uma ciência que descreve fisicamente a percepção humana da cor. Já a colorimetria pessoal é um teste que avalia a temperatura e a saturação da pele por meio de tecidos. Seu objetivo é descobrir o tom e o subtom de uma pessoa, possibilitando, assim, a criação de uma cartela de cores.

De acordo com Daniela, a análise de cores para pele negra é povoada de mitos. Embora seja a crença da maioria, pessoas parecidas fisicamente não têm obrigatoriamente a mesma cartela. “Observe os catálogos de moda. Geralmente, quando a modelo é negra, a maquiagem e o figurino têm tons de laranja e cores totalmente quentes. Isso é um mito. A maioria das peles negras que já analisei é de cartelas frias”, afirma a consultora de estilo.

Quando questionada sobre a colorimetria para pele negra, Daniela diz: “na verdade, o método que utilizamos para identificar a cartela de cores é o mesmo para qualquer tipo de pele. A diferença para pele negra está nos detalhes”. Na análise de cores, durante o processo, algumas observações são diferentes. Por exemplo, “algumas peles brancas ficam escuras em contato com tecidos que não harmonizam. Já nas peles negras, podem surgir pontos claros que desvalorizam a beleza natural da cliente”, conclui Daniela.

Os principais tons de pele negra

Segundo Daniela, na análise de cores, os tons não são categorizados. “A melanina é responsável por trazer o tom marrom à pele, o caroteno traz o amarelado e a hemoglobina traz os tons rosa e vermelho. A cor da pele é a junção desses três elementos. Quanto mais melanina a pele tem, mais escura ela é. As peles com mais hemoglobina tendem a ser frias e as com mais caroteno a ser quentes ou olivas“. A seguir, confira os principais tons de pele negra e suas particularidades:

  • Pele negra clara acinzentada: como visto anteriormente, a pele tem tom e subtom. No caso desse tom de pele negra, o subtom é frio, o cinza.
  • Pele negra clara amarelada: já nesse caso, o subtom é amarelado.
  • Pele negra escura avermelhada: a pele negra escura possui maior concentração de melanina, como dito por Daniela. Nesse tipo de pele, o pigmento é amarronzado e o subtom é o vermelho.
  • Pele negra escura azulada: esse tipo de pele também possui um subtom frio, o azul.

De acordo com Daniela, todas as peles negras variam de algum tipo de tom de marrom, desde um marrom-dourado até um marrom-azulado mais escuro. Lembrando, as peles que contêm mais melanina, ou seja, aquelas mais escuras, possuem um fundo avermelhado, esverdeado ou azulado.

Mais informações sobre tons de pele negra

Seja na hora de fazer uma maquiagem para pele negra ou montar um look especial, a colorimetria é uma carta na manga. Por isso, a seguir, confira uma seleção de vídeos com ótimas dicas, explicações aprofundadas e diferenciações entre tons de pele.

Entenda a diferença entre pele branca e pele negra

Publicidade

Monalisa Nunes explica a diferença entre a coloração pessoal da pele negra e a coloração da pele branca, bem como outros fatores relacionados à tonalidade da pele. Assista ao vídeo para entender as especificidades e os cuidados de cada uma.

Veja como funciona a coloração pessoal para pele negra

As cores influenciam muito no visual. Nesse vídeo, o canal Preta Também conversa com a consultora de estilo Naylah Campos. Ela mostra como é feito um teste de coloração pessoal e dá ótimas dicas para acertar no look.

Identidade visual e coloração pessoal

Nesse vídeo, Thais Pires conversa com a consultora de estilo Carol Berto. Além de explicar como funcionam as etapas de uma consultoria, Carol fala sobre o método sazonal expandido. Vale a pena assistir!

Conhecer seu tom de pele é importante para o autoconhecimento e a autoestima, bem como seu posicionamento no mundo. Como visto até agora, cada tom exige um tipo de atenção, por isso, confira também a matéria sobre cuidados com a pele negra e aproveite as dicas de uma dermatologista especialista no assunto.

Jornalista e mulher indígena. Integrante do coletivo de Mulheres Indígenas e Quilombolas da UFG. Faz pesquisas sobre cultura indígena e racismo. Apaixonada por gatos.