15 cursos técnicos gratuitos para quem deseja ter uma profissão

A internet é uma ótima aliada para encrementar seu currículo, veja opções de cursos online profissionalizantes e gratuitos

Escrito por Thays Pretti

Foto: iStock

Hoje em dia, é possível encontrar quase tudo na internet. Produtos, serviços, informações as mais diversas. Uma área que tem crescido muito na internet lida justamente com a informação: são os cursos online.

Os cursos online estão disponíveis em diversas modalidades. Há cursos de graduação, pós-graduação, especialização, também cursos técnicos profissionalizantes e cursos mais específicos para o aperfeiçoamento de alguma habilidade ou hobbie. A variedade é imensa e, o melhor, é possível encontrar muitos bons cursos gratuitos!

Mesmo entre os cursos profissionalizantes gratuitos, há vários tipos diferentes. Alguns são longos, outros bem rápidos. Alguns oferecem certificado e outros não cobram mensalidade, mas cobram uma taxa caso você precise ou queira o certificado. A dedicação aos cursos também varia: alguns apresentam somente vídeo-aulas, enquanto outros têm complemento de material escrito, por exemplo. Cursos mais longos também exigem maior dedicação, sem desistência, enquanto os mais rápidos são mais fáceis de terminar. A escolha vai sempre depender da intenção e disponibilidade de quem vai fazer o curso.

Na sequência, quinze cursos variados para quem busca um curso profissionalizante online gratuito. No final da listagem, há mais alguns sites onde é possível fazer cursos de aperfeiçoamento em assuntos diversos.

1. Curso de Administração de Pequenas Empresas

Foto: iStock

O curso de Administração de Pequenas Empresas é muito útil para pequenos ou microempreendedores ou para quem trabalhe ou deseje trabalhar em funções administrativas em empresas. Ele ensina a elaborar um plano de negócios, além de ensinar a promover a gestão financeira, comercial e de marketing da empresa.

Leia também: 25 coisas que você precisa começar a fazer por si

Em sua grade, há disciplinas importantes da Administração, como Empreendedorismo, Gestão de pessoas, Gestão financeira, Marketing e Relacionamento com clientes, entre outras. A média salarial é de R$ 1.400 a R$ 5.200.

Duração: 30 dias

Certificação: Apenas na versão paga do site.

Acesse: Iped, curso de Administração de pequenas empresas.

2. Curso de Agente de Viagens

Foto: iStock

Para se inscrever no curso de Agente de Viagens, é preciso ter pelo menos 16 anos e o Ensino Médio Completo. Esse curso vai preparar o aluno para atuar em agências de viagem, constituindo-se como um elo entre os provedores de serviços de viagens e os consumidores finais (turistas).

Leia também: A importância da postura no local de trabalho

O setor de turismo é um setor que emprega grande quantidade de trabalhadores e a principal função do agente de viagens é a comercialização de pacotes turísticos e passagens aéreas. Além disso, há também a função de consultoria de viagem e agenciamento específico, como, por exemplo, agências que se especializam para oferecer experiências de estudo ou trabalho no exterior. A média salarial é de R$ 1.200 a R$ 4.700.

Duração: 172 horas

Certificação: Possui certificado gratuito reconhecido pelo MEC.

Acesse: Senac, curso de Agente de Viagens.

3. Curso de Almoxarife

Foto: iStock

Assim como o anterior, este curso também possui idade mínima para ingresso: 15 anos completos. Porém, para essa função, aceita-se Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) incompleto.

Leia também: 10 dicas para tornar as reuniões de trabalho mais produtivas

O almoxarife atua em depósitos, armazéns e/ou almoxarifados, podendo atuar em horário comercial ou turnos. O curso ensina o aluno a realizar a movimentação, recepção, conferência, expedição e distribuição interna de materiais e produtos. Ou seja, forma um profissional hábil para lidar com estoques de mercadorias em empresas de diversos portes. A média salarial é de R$ 1.119 a R$ 2.359.

Duração: 160 horas

Certificação: Possui certificado gratuito reconhecido pelo MEC.

Acesse: Senac, curso de Almoxarife.

4. Curso de Assistente de Secretaria Escolar

Foto: iStock

O pré-requisito deste curso é que a pessoa tenha pelo menos 15 anos e o Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) completo.

Leia também: Curso de inglês online: estude e aprenda um idioma em casa

O curso vai formar um profissional capaz de planejar e realizar atividades administrativas que auxiliam na organização e registro da vida escolar dos alunos, seguindo a legislação vigente. Além disso, o profissional será instrumentalizado para lidar com alunos, professores, pais e outros membros da comunidade escolar.

O profissional formado nessa área pode atuar em instituições públicas e privadas de todos os níveis, além de organizações não governamentais que lidem com educação de qualquer forma. Pode atuar também em escolas de línguas e cursos livres, por estar consciente das rotinas de matrícula e acompanhamento de alunos. A média salarial é de R$ 936 a R$ 2.359.

Duração: 200 horas

Certificação: Possui certificado gratuito reconhecido pelo MEC.

Acesse: Senac, curso de Assistente de Secretaria Escolar.

5. Curso de Assistente Administrativo

Foto: iStock

Para esse curso, a idade mínima exigida é de 15 anos. Em relação à escolaridade, exige-se Ensino Médio incompleto.

O curso tem como objetivo formar um profissional capaz de elaborar, organizar e controlar documentos físicos e digitais, além de lidar com e auxiliar as áreas jurídica, de logística, de gestão de pessoas, financeira, de marketing e comercialização, entre outras. A média salarial é de R$ 1.089 a R$ 2.744.

Duração: 160 horas

Certificação: Possui certificado gratuito reconhecido pelo MEC.

Acesse: Senac, curso de Assistente Administrativo.

6. Curso de AutoCad (desenho arquitetônico)

Foto: iStock

Os cursos voltam-se para pessoas que se interessam por modelagem 3D e desenho de plantas baixas de construções. Isso porque o AutoCad é o programa utilizado para desenhar plantas baixas de construções e fazer modelos 3D. Já o curso de Desenho Arquitetônico trata dos aspectos teóricos mais importantes na construção civil.

O profissional formado em AutoCad ou Desenho Arquitetônico geralmente vai trabalhar com Arquitetos e Engenheiros, auxiliando-os no desenvolvimento dos projetos. Isso pode ser feito tanto de forma formal, com o Cadista ou Desenhista trabalhando dentro da empresa de Arquitetura ou Engenharia, como de forma autônoma, com o Cadista ou Desenhista prestando serviço para empresas ou indivíduos. A média salarial é de R$ 1.328 a R$ 8.865.

Duração: 30 dias (AutoCad 2011), 14 horas (Desenho Arquitetônico) e 50 horas (AutoCad 2017)

Certificação: Os dois cursos de AutoCad tem certificação apenas na versão paga do curso. O de Desenho Arquitetônico tem certificado gratuito.

Acesse: Iped, curso de AutoCad 2011; Senai, curso de Desenho Arquitetônico; e Prime Cursos, curso de AutoCad 2017.

7. Curso de Azulejista

Foto: iStock

Este curso busca instrumentalizar o profissional para conhecer os materiais utilizados na profissão de azulejista, além das técnicas para fazer um trabalho de qualidade com vários tipos de azulejos, ladrilhos e pastilhas. Trata também da preparação do espaço e da limpeza, para que o trabalho deixe o mínimo de sujeira e vestígios. A média salarial é de R$ 1.856 a R$ 3.914.

Duração: 60 horas

Certificação: Curso gratuito com certificado pago (R$31,90).

Acesse: Iped, curso de Azulejista.

8. Curso de Consultoria de Moda

Foto: iStock

O curso de Consultoria de Moda é divido em dois módulos (I e II). Eles visam preparar o profissional para atender fábrica, lojas e indivíduos (estilo pessoal). O curso I volta-se mais para a indústria e mercado da moda, além de falar sobre padronagens e modelagens, a linguagem da moda e tendências. O curso II vai enfocar mais especificamente o trabalho de Personal Stylist, tratando de planejamento de guarda-roupa, escolha de perfumes, maquiagem e cabelo, entre outros conhecimentos importantes na formação deste profissional. A média salarial é de R$ 1.528 a R$ 9.820.

Duração: 40 horas cada curso

Certificação: Curso gratuito com certificado pago (R$31,90 cada curso).

Acesse: Inead, cursos de Consultoria de Moda I e Consultoria de Moda II.

9. Curso de Decoração e Organização de Eventos

Foto: iStock

Estes dois cursos se complementam na formação de um profissional da área de Eventos, uma vez que o primeiro vai tratar da parte visual do evento organizado, como convites e decoração, e o segundo ensina a fazer o planejamento estratégico do evento, bem como a fazer o gerenciamento da equipe envolvida na produção do evento. A média salarial de Decorador de Eventos é de R$ 1.497 a R$ 3.771, enquanto a de Organizador de Eventos é de R$ 1.464 a R$ 3.689.

Duração: 30 dias cada.

Certificação: Apenas na versão paga do curso.

Acesse: Iped, curso de Decoração de Eventos e curso de Organização de Eventos.

10. Curso de Design de Sobrancelha

Foto: iStock

Neste curso, o profissional aprenderá como realizar o design de sobrancelhas, além de conhecer os materiais que podem auxiliar na função, como paquímetro, pinça, cera, linha e outros. O curso ainda dá informações sobre tipos de pelo e sobrancelha, e ensina técnicas básicas de visagismo. A média salarial é de R$ 1.075 a R$ 2.708.

Duração: 30 horas

Certificação: Apenas na versão paga do curso.

Acesse: Prime Cursos, curso de Design de Sobrancelhas.

11. Curso de Fotógrafo

Foto: iStock

Este curso introduz diversas técnicas de fotografia e tratamento de imagem, focando especialmente a questão da fotografia de eventos, como casamento e formatura, que são as áreas mais procuradas no mercado. É importante considerar, no caso deste curso, que, ainda que o curso seja gratuito, a profissão precisa de uma boa máquina fotográfica para que possa ser exercida, de modo que entrar nessa área terá custos relativamente altos em relação ao material. A média salarial é de R$ 1.921 a R$ 7.930.

Duração: 30 dias

Certificação: Apenas na versão paga do curso.

Acesse: Iped, curso de Fotografia.

12. Curso de Garçom

Foto: iStock

A exigência deste curso é que o aluno, ao se inscrever, tenha no mínimo 18 anos e o Ensino Fundamental completo.

É um curso da área de Turismo, Hospitalidade e Lazer e, ainda que muitas pessoas trabalhem na área sem ter formação, a formação é um diferencial quando se trata de restaurantes mais caros, que exigem um atendimento mais padronizado e profissional.

O profissional formado poderá atuar em restaurantes, bares, hotéis, clubes e empresas de eventos. É responsável pela preparação do ambiente, bem como por receber, atender e servir os clientes. O curso ensina ainda a respeito da harmonização entre vinho e refeições (enogastronomia). A média salarial é de R$ 986 a R$ 2.080.

Duração: 250 horas

Certificação: Possui certificado gratuito reconhecido pelo MEC.

Acesse: Senac, curso de Garçom.

13. Curso de Jardinagem

Foto: iStock

Este curso forma um profissional apto a lidar com paisagismo, adubação e compostagem, plantio de flores e ervas, desenvolvimento de jardins e hortas e, também, cuidados com bonsais. O profissional formado vai, na maioria das vezes, trabalhar de forma autônoma, mas também pode trabalhar com empresas especializadas em paisagismo, bem como pequenas plantações. A média salarial é de R$ 922 a R$ 2.137.

Duração: 30 dias

Certificação: Apenas na versão paga do curso.

Acesse: Iped, curso de Jardinagem.

14. Curso de Manutenção de Notebooks

Foto: iStock

Este curso prepara o profissional para lidar com o conserto de notebooks de forma autônoma ou em empresas de assistência técnica. Para tanto, traz informações sobre limpeza do notebook, conectores, cabos e flats, baterias e telas. Ensina ainda a fazer a troca da tela, do HD e do processador, como adicionar memória, entre outras atividades importantes na manutenção de notebooks. A média salarial é de R$ 1.719 a R$ 4.331.

Duração: 60 horas

Certificação: Curso gratuito, com certificado pago (R$49,90).

Acesse: Curso Online Educa, curso de Manutenção de Notebooks.

15. Curso de Padeiro

Foto: iStock

Com este curso, o profissional conhecerá boas práticas de higiene para lidar com alimentos, tipos de farinha e o processo de produção do pão, além de aprender como fazer diversos tipos de pães, inclusive pães tradicionais de outros países.

Esse profissional será empregado especialmente em padarias e supermercados, podendo também trabalhar de forma autônoma, caso possa abrir uma padaria própria ou venda pães para outros estabelecimentos. A média salarial é de R$ 1.298 a R$2.737.

Duração: 60 horas

Certificação: Curso gratuito com certificado pago (R$31,90).

Acesse: Inead, curso de Padeiro.

Esses são apenas alguns exemplos de cursos profissionalizantes gratuitos disponíveis na internet. Acessando os sites de tais cursos, é possível encontrar diversos outros cursos para as mais variadas funções. Certamente algum deles vai lhe agradar. Além disso, sendo gratuitos e, muitas vezes, cursos rápidos, nada impede que você faça vários desses cursos, aumentando, assim, seu currículo e sua empregabilidade.

Outros sites com cursos de aperfeiçoamento

Foto: iStock

Os sites a seguir apresentam outros cursos gratuitos. Não são profissionalizantes, mas de aperfeiçoamento, e vários deles tem certificação.

Agora é só escolher qual (ou quais) curso(s) você deseja e começar a se dedicar. Bons estudos!

Para você