Dicas de Mulher Dicas de Casa

Como eliminar de vez o mofo da sua casa

Veja as melhores maneiras de expulsar este indesejado hóspede na sua casa

em 26/02/2015

Foto: Thinkstock

Quando a temporada de chuva chega, o ar fica mais úmido, algo que pode causar o aparecimento do mofo em diversos pontos da casa. Além de ter uma aparência desagradável, o mofo muitas vezes apresenta ainda um cheiro incômodo e estimula o aparecimento de doenças respiratórias e alergias. Para saber tudo sobre o tema e aprender a eliminá-lo de vez da sua casa, confira as dicas a seguir.

O que é o mofo?

O mofo é formado por um fungo, que se prolifera em locais úmidos e escuros. De acordo com o biólogo Carlos Eduardo Lopes, formado pela Universidade Castelo Branco, o micro-organismo trafega pelo ar e assim se multiplica. “Ele se prolifera através de esporos – camada protetora e que garante a germinação da espécie – que são soltos no ar. Quando encontram um local com as condições ideais eles se reproduzem, gerando assim uma colônia”, diz ele.

Também chamado de bolor, ele pode ser encontrado em alimentos, roupas, armários, cortinas de banheiro, paredes, teto, madeira, papel e até mesmo na geladeira. No caso da comida, ela se torna inviável para consumo assim que for percebida a primeira camada de mofo. Por isso, fique atenta à validade dos produtos e a melhor forma de armazenamento.

Problemas ocasionados pelo mofo

O mofo não apenas leva os itens da casa a terem uma aparência desagradável, como também pode fazer mal à saúde, principalmente para aqueles que já possuem rinite, sinusite, bronquite e asma. Através da inalação, os fungos penetram no corpo humano e encontram condições favoráveis, desencadeando assim o processo alérgico.

A mestre em Microbiologia e Parasitologia Aplicadas e professora da Faculdade de Medicina de Petrópolis, Rebeca Vazquez, revela quais as principais patologias causadas pelo fungo: “As doenças mais comuns associadas ao contato com eles normalmente são as alergias, tanto respiratórias quanto alimentares e as intoxicações causadas pela produção de toxinas por estes micróbios”.

Se sua casa passou muito tempo com mofo e você ou outras pessoas que moram nela estão sofrendo com problemas respiratórios, deve-se buscar ajuda médica para tratar a condição.

Como evitar o mofo em casa

Segundo Carlos Eduardo, existem diversas maneiras e métodos caseiros de evitar a formação do mofo, mas existe uma que ainda continua sendo a melhor. “O mais importante é manter o ambiente sempre seco e o mais arejado possível”, garante.

Se mesmo deixando a casa arejada, a umidade do ar estiver facilitando que o mofo se espalhe na sua residência, há uma série de métodos que podem te ajudar. Deixe a casa aberta durante o dia para que a luz solar entre e esquente o ambiente. Além de proporcionar um local seco, o aumento da temperatura irá impedir a ação do micro-organismo. Remova tapetes e cortinas, que são locais ideais para a reprodução dos micróbios. E se puder, pinte a casa com tinta impermeável e escolha pisos frios para o seu lar.

Como limpar e eliminar o mofo

Não é difícil encontrar soluções caseiras para impedir que o bolor apareça nas roupas guardadas dentro de armários, gavetas e baús. Abrir estes móveis de vez em quando para que as roupas possam respirar ou retirá-las do local em que ficam armazenadas é uma boa dica para não deixar que o agente indesejado se instale. Confira mais algumas opções:

  • Giz: Deixar sachês de tule com bolinhas de cedro ou com giz vai retirar a umidade do local. Quando o giz estiver úmido, é um sinal de que está na hora de trocá-lo. Quanto ao cedro, basta colocá-lo no sol para secar e reutilizá-lo.
  • Água sanitária: Rebeca Vazquez garante que funciona. “Hoje no mercado temos os mais diversos produtos para acabar com o mofo e a maioria deles se baseiam principalmente na ação do cloro”. Primeiro retire o mofo do ambiente com um pano seco. Misture 50 ml de água sanitária com 1L de água, molhe o pano na solução e passe na área infectada. Espere secar e só depois guarde as roupas e outros itens no armário. Use luvas para proteger a pele da ação água sanitária.

Veja mais algumas dicas super úteis contra o mofo no vídeo a seguir:

Produtos antimofo disponíveis no mercado

Há uma série de produtos antimofo disponíveis em supermercados e grandes lojas de construção e elementos para a casa.

Mas antes de comprá-los, fique atenta aos componentes daquilo que você pretende adquirir. “O mais é importante notar se na composição, há cloro, formaldeído ou glutaraldeído, ou hidróxido de sódio que são as substâncias mais eficazes em eliminar estes microrganismos”, aconselha a especialista em Microbiologia. Veja abaixo a diversidade de produtos antimofo:

Assim como em muitos casos, nessa situação, o ideal também é prevenir em vez de remediar. Siga as dicas e mantenha sempre a casa e os móveis arejados para evitar que o problema apareça.

Comentários
Dicas relacionadas