7 chás diuréticos para desinchar a barriga de forma natural

Escrito por
Em 19.05.20

iStock

De acordo com a nutricionista Aline Quissak (CRN 8 10607), chás diuréticos são bebidas que auxiliam na produção de urina, diminuem o inchaço do corpo, melhoram a textura da pele e diminuem a pressão arterial. Eles favorecem principalmente quem sofre com hipertensão, e não devem ser consumidos por pessoas com pressão baixa ou que tomam remédio controlado para pressão alta. Confira receitas:

Continua após o anúncio

1. Melhor chá para desinchar a barriga

iStock

Aline Quissak explica que pessoas saudáveis podem ter a barriga inchada por duas razões: acúmulo de gordura ou estufamento por gases e má digestão. No primeiro caso, é preciso traçar uma estratégia de alimentação e hábitos saudáveis com o acompanhamento de um nutricionista. Já na segunda situação, ela aconselha o uso de um chá feito com hortelã, limão, erva doce e cardamomo.

Como fazer

  1. Coloque em uma xícara 4 folhas de hortelã;
  2. Acrescente 1/2 limão espremido;
  3. Adicione 1 colher (chá) de erva doce, canela e cardamomo;
  4. Finalize despejando 200 ml de água quente e tampe o recipiente por 8 minutos.

Como consumir: a especialista indica tomar o chá acompanhado de uma fatia de mamão. “Tomar após as refeições, e dar preferência para refeições leves, sem muita gordura”, aconselha.

2. Chá de cavalinha

iStock

Outro bom exemplo de chá que estimula a produção de urina é o de cavalinha, aumentando a eliminação de líquidos que ficam retidos no organismo e causam inchaços abdominais. Por essa mesma razão, a bebida pode ser uma aliada de quem sofre com problemas urinários.

Como fazer

  1. Coloque 1 colher (sobremesa) da erva cavalinha em uma xícara;
  2. Acrescente 250 ml de água quente;
  3. Abafe a xícara por até 10 minutos;
  4. Depois, é só coar e beber.

Como consumir: segundo a nutricionista, três xícaras é a dose máxima desse chá por dia.

3. Chá diurético para grávida

iStock

Para as gestantes, Aline Quissak recomenda o chá de salsinha, que, além de ser um excelente diurético, também contribui melhorando a circulação. Aliada a essa ingrediente, a nutricionista aconselha adicionar erva doce, outra planta muito indicada para o período de gravidez.

Como fazer

  1. Em uma xícara, coloque 1 colher (chá) de erva doce;
  2. Em seguida, adicione 1 colher (chá) de salsinha;
  3. Finalize despejando 250 ml de água quente e tampe.

Como consumir: beber duas xícaras por dia e ingerir bastante água.

Continua após o anúncio

4. Chás diuréticos e termogênicos

iStock

De acordo com Aline, os chás diuréticos podem contribuir para o emagrecimento através da melhora da inflamação do corpo, promoção da hidratação e do bem-estar e desativação dos genes da obesidade. Confira a receita indicada pela nutricionista com base nas considerações e funcionalidades acima:

Como fazer

  1. Em uma xícara, coloque 1 colher (chá) de gengibre ralado;
  2. Acrescente 1 colher (sobremesa) da erva do chá verde;
  3. Depois, despeje na mistura 1/2 colher (chá) de canela em pó e 1/2 colher (chá) da cúrcuma em pó ou ralada;
  4. Em seguida, adicione um sachê de chá de romã ou de frutas silvestres;
  5. Finalize despejando 250 ml de água quente e abafe por 10 minutos.

Como consumir: “tomar ao acordar e outra dose durante a tarde”, ensina. Além disso, Aline Quissak alerta para não tomar o chá com 24h depois do seu preparo, pois a bebida perde suas propriedades com o passar do tempo.

5. Chá de hibisco

iStock

Na lista de chás diuréticos, o de hibisco não poderia ficar de fora. Além de diminuir o inchaço corporal, ele também consegue diminuir a pressão arterial e ainda contribui com a perda de peso.

Como fazer

  1. Coloque 1 colher (sopa) de hibisco em um litro de água quente;
  2. Tampe esse recipiente e deixe por 10 minutos em infusão;
  3. Após o tempo, coe e beba.

Como consumir: o aconselhável é ingerir até duas xícaras por dia.

Atenção: “não indicado para mulheres que estão tentando engravidar, pois pode haver interações”, completa.

6. Chá verde

iStock

Outra boa opção é o chá verde, que, segundo Aline Quissak, é um potente diurético. Isso sem falar nos seus benefícios para o combate às infecções e no auxílio do emagrecimento.

Como fazer

  1. Despeje 1 colher (chá) da erva em uma xícara;
  2. Depois, acrescente 300 ml de água quente e tampe o recipiente por 5 minutos;
  3. Após o tempo determinado, coe e beba o chá.

Como consumir: o mais recomendado é não ultrapassar três xícaras por dia.

Continua após o anúncio

Atenção: “deve ser evitado por quem tem gastrite e crises de ansiedade”, alerta a nutricionista.

7. Chá de limão

iStock

A última indicação da nutricionista é o chá de limão. Além de diurética, essa bebida também tem propriedade anti-inflamatória, protegendo o organismo contra as inflamações.

Como fazer

  1. Ferva uma xícara de água e desligue o fogo;
  2. Lave o limão, corte em quatro pedaços e coloque-os na água;
  3. Com o recipiente fechado, aguarde 5 minutos;
  4. Depois, é só coar e beber.

Como consumir: pode ser consumido diariamente, mas sem ultrapassar três xícaras por dia.

Para finalizar, a nutricionista lembra que, apesar de efetivos, os chás diuréticos não são milagrosos: devem ser tomados menos de 24h depois de preparados, sem açúcar ou adoçante e aliados a uma dieta com baixo teor de gordura, açúcar e proteínas. Confira também quais são os melhores exercícios para perder peso.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.