Chá de alcachofra: conheça os benefícios e contraindicações

Escrito por
Em 16.09.20

iStock

O chá de alcachofra é uma bebida sem cafeína, feita macerando as folhas ou diluindo o pó em água quente. Normalmente, as folhas longas serrilhadas do caule são usadas para fazer o chá. Consultamos a nutricionista Adriana Stavro (CRN 43576) que listou seus principais benefícios e potenciais contraindicações. Acompanhe na matéria!

Continua após o anúncio

8 benefícios do chá de alcachofra para a saúde

O chá de alcachofra é uma bebida cheia de propriedades significativas para o nosso organismo. Confira na lista abaixo os seus principais benefícios:

  • Antioxidante: de acordo com a nutricionista, “um dos maiores benefícios do chá de alcachofra é sua função antioxidante. Essas propriedades ajudam a equilibrar a atividade dos radicais livres (RL), promovendo proteção contra certas doenças como: artrite reumatoide, doenças cardíacas, diabetes tipo 2, Alzheimer e doenças oculares (retarda ou previne a catarata, degeneração macular e outras doenças relacionadas à idade).”
  • Reduz o colesterol: segundo Adriana, “a hipercolesterolemia está diretamente associada a um risco aumentado de doença cardíaca coronária e outras sequelas de aterosclerose. O extrato de folha de alcachofra tem sido associado na redução dos níveis de colesterol.”
  • Hepatoprotetor o chá de alcachofra estimula a função hepática e a produção de bile. Devido a sua ação benéfica no fígado, pode ajudar a combater as consequências negativas do alcoolismo, por meio da recuperação hepática mais rápida.
  • Reduz os níveis de açúcar no sangue: “contém inulina, que é hipoglicemiante, recomendado para diabéticos, pois ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue”, explica a nutricionista.
  • Auxilia na digestão: pode ajudar a tratar a má digestão, pois é suave e calmante para o estômago.
  • Aumenta o colesterol HDL: de acordo com a nutricionista, “durante um ensaio randomizado de 8 semanas com 92 pessoas com sobrepeso, os resultados mostraram que os participantes suplementados com extrato de folha de alcachofra, apresentaram aumento do colesterol HDL (bom).”
  • Combate hipertensão: Adriana diz que “em um estudo publicado no Journal of Dietary Supplements em 2009, os pacientes com níveis de pressão arterial ligeiramente elevados foram alimentados com extrato de folha de alcachofra. Após 12 semanas, aqueles que ingeriram o chá, tiveram níveis de pressão arterial mais baixos. Os cientistas concluíram que a folha de alcachofra pode ajudar a reduzir os níveis de hipertensão leve.”
  • Diminui sintomas da síndrome do intestino Irritável (SII): a nutricionista informa que “conforme estudo realizado em 2004 com 208 indivíduos, o resultado mostrou que as pessoas com SII que receberam suplementos de extrato de folha de alcachofra, tiveram diminuição de 26,4% nas incidências de SII e sua pontuação total de sintomas diminuiu em 41%.

A alcachofra é uma das plantas medicinais mais usadas desde às civilizações mais antigas. A sua forma de chá era muito consumida pelos antigos egípcios, romanos e gregos.

Contraindicações do consumo do chá de alcachofra

iStock

Assim como outros tipos de chás, também há algumas contraindicações quanto ao consumo dessa bebida. Confira quais são e atente-se!

  • Para quem é alérgico a camomila e dente de leão, há uma boa chance de ser alérgico a alcachofra também.
  • Em casos de doenças relacionadas aos rins não é indicado consumir a bebida. O chá pode causar cólicas, principalmente, em pessoas que sofrem de pedras nos rins.
  • Pessoas que sofrem de cálculos biliares, também não devem ingerir o chá de alcachofra.
  • O consumo da bebida deve ser evitado durante a gestação e lactação, pois pode causar a coagulação do leite e diminuir a sua produção.
  • Pacientes em uso de anticoagulantes e antiplaquetários devem consultar o seu médico antes de consumir o chá. Pois as propriedades da planta podem interferir no efeito dessas medicações.

Apesar de possuir ótimos benefícios, é importante se atentar às contraindicações e evitar o consumo exagerado do chá.

Como fazer e beber chá de alcachofra para conservar as suas propriedades

A nutricionista orientou como fazer o chá para aproveitar melhor o seu sabor. Veja como é simples e rápido de fazer!

Como fazer

  • Em 1 xícara de chá, coloque ½ colher (chá) de extrato de folha de alcachofra;
  • Ferva 200ml de água e despeje na xícara,
  • Mexa até que o pó (extrato) esteja totalmente dissolvido;
  • Coe e beba em seguida;
  • Não adicione adoçantes, pois o chá de alcachofra tem uma doçura suave natural.

Dicas de como aproveitar melhor os seus benefícios

iStock

  • Acrescentar hibisco ao chá é uma ótima opção para melhorar o sabor da bebida. Além disso, o hibisco possui ação diurética e pode ser um coadjuvante no emagrecimento.
  • Consumir o chá depois das refeições auxilia na melhora do processo digestivo. Porém, a ingestão do chá não é indicada para quem sofre com a produção excessiva de ácido no estômago.
  • A hortelã é uma erva aromática que também auxilia na digestão. Ao adicioná-la ao chá de alcachofra, é possível potencializar a ação digestiva e ainda ganhar mais sabor e aroma.
  • Combinar o chá de alcachofra com a raiz do gengibre é uma forma simples de obter mais benefícios. O gengibre possui ação anti-inflamatória e ajuda a acelerar o metabolismo. Basta colocar um pedaço pequeno na infusão e beber normalmente.
  • Prepare a bebida e tome em seguida para que não fique amarga rapidamente. Além disso, você pode pingar umas gotas de limão, isso ajuda a suavizar o sabor.

Como vimos, o chá de alcachofra é uma forma rápida e prática de obter benefícios à saúde. Aproveite e confira as vantagens do consumo do chá de folha de abacate e contraindicações.

Continua após o anúncio

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.