Chá de folha de abacate: saiba para que serve e como prepará-lo

Escrito por
Em 06.05.20

iStock

O abacate é um fruto delicioso e bem consumido entre os brasileiros de diversas maneiras, mas você sabia que podemos utilizar suas folhas para fazer chá? Elas possuem nutrientes que oferecem vários benefícios para o organismo e podem ser consumidas por meio do chá de folha de abacate. Saiba mais sobre as suas propriedades e confira como preparar a bebida:

Continua após o anúncio

Para que serve o chá de folha de abacate?

iStock

Conversamos com a fitoterapeuta Ana Paula Silva, que falou sobre os benefícios e esclareceu para que serve o chá de folha de abacate. Acompanhe:

  • Ajuda a regular o metabolismo e evita o acúmulo de gordura no fígado. “Além de protegê-lo contra danos químicos causados por medicamentos alopáticos, o chá estimula a ação de um fígado “preguiçoso”, explica a fitoterapeuta;
  • Controla a hipertensão, pois as propriedades da folha de abacate têm efeito vasorelaxante e controlam a pressão sanguínea;
  • Auxilia no tratamento de infecções urinárias. Ana Paula explica que “o chá ajuda a controlar as dores e inflamações, devido à sua ação anti-inflamatória e analgésica”;
  • Previne pedras nos rins, sendo indicado para quem já as expeliu as pedras por prevenir a formação de novas pedras;
  • Auxilia no combate à gripe, devido às propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias das folhas do abacateiro;
  • Reduz o inchaço, pois sua ação diurética contribui para eliminar toxinas e líquidos acumulados;
  • Auxilia no combate à gastrite e úlceras, por suas propriedades antiulcerogênicas que amenizam consideravelmente os sintomas.

É importante enfatizar que o consumo do chá, em alguns casos, pode auxiliar no combate e prevenção de algumas doenças. Portanto, é necessário sempre buscar orientação médica.

Como fazer chá de folha de abacate

  1. Em uma xícara, coloque 1 colher (sobremesa) de folhas secas;
  2. Se preferir, use 1 colher (sopa) de folhas frescas;
  3. Adicione água fervente;
  4. Aguarde cerca de 10 minutos;
  5. Beba em seguida;
  6. Você pode tomá-lo puro ou adoçá-lo com mel ou açúcar.

É recomendado tomar 3 xícaras do chá, morno ou quente, em qualquer período ao longo do dia. É possível acrescentar outras ervas e ingredientes, como hortelã, gengibre e limão, que dão mais sabor e são muito eficazes. O chá também pode ser consumido com medicamentos alopáticos, mas estes devem ser prescritos por um médico.

Mitos e verdades sobre chá de folha de abacate

iStock

Muito se especula sobre a eficácia do chá de folha de abacate para prevenir ou até mesmo curar algumas doenças. Vamos esclarecer o que é mito ou verdade sobre seus efeitos. Veja abaixo!

O chá previne o envelhecimento?

MITO: apesar das folhas do abacateiro conterem flavonoides, fenóis e antioxidantes (substâncias que combatem os radicais livres no DNA das células), não há comprovação científica sobre a eficácia do chá para esse fim.

Continua após o anúncio

O chá de folha de abacate emagrece?

VERDADE: o chá auxilia no emagrecimento devido às propriedades diuréticas, capazes de eliminar o inchaço, além de substâncias que controlam o colesterol e melhoram o metabolismo.

O chá de folha de abacate cura a epilepsia?

MITO: não cura, mas pode auxiliar na melhora do quadro, pois contém agente anticonvulsivo em suas propriedades.

É bom para diabéticos?

VERDADE: sim, pois o chá tem substâncias que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Alertas e contraindicações

“Este chá não é indicado para gestantes e lactantes, pois o seu consumo pode causar necrose nas glândulas mamárias. Pessoas com problemas cardíacos severos também devem evitar consumi-lo”, alerta a fitoterapeuta.

Sabemos que há diversos tipos de chás benéficos ao nosso organismo. Se você adora consumir a bebida, não deixe de conhecer também os benefícios que o chá de erva-doce traz ao nosso corpo.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Bem-Estar