10 regras para um casamento duradouro

Algumas atitudes podem te ajudar a conservar seu matrimônio mais facilmente

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Embora o número de divórcios registrado pelo Censo tenha aumentado de 1,7% no ano 2000 para 3,1% em 2010 e o número de casamentos oficializados tenha diminuído de 49,4% para 42,9% nesse período de dez anos, ainda há quem acredite no “até que a morte nos separe”.

O casamento é um passo muito importante que, por sua natureza quase irrevogável, deve ser muito bem pensado antes de ser consumado. Caso você já tenha se decidido pelo “sim”, confira nossas dicas para que dure por muitos anos, como você sempre sonhou.

1 – Não pare de trabalhar

Você pode ter se casado com o herdeiro de uma grande fortuna ou com um assalariado, não importa. Não deixe sua profissão para viver apenas o casamento. Trabalhar não é fundamental apenas para quem quer ganhar dinheiro, mas também para manter a individualidade. É importante que você tenha seu dinheiro para administrar como achar melhor.

2 – Passem algum tempo juntos

O ideal é que o casal reserve algum tempo ao menos uma vez por mês para curtir apenas a companhia um do outro. Pode ser uma viagem curta no fim de semana ou um jantar naquele restaurante especial. O importante é que ambos possam relaxar e conversar sobre temas que não envolvam finanças ou os filhos, por exemplo.

3 – Não dependam um do outro

Isso se aplica a todos os âmbitos da vida de casados. Um não pode depender do outro emocionalmente, financeiramente ou mesmo fisicamente. Casais cujos relacionamentos dão certo estão juntos simplesmente porque a vida é melhor dessa forma. A dependência, em qualquer nível, pode prejudicar seriamente a relação.

5 – Procurem planejar

Seja sobre a aquisição de um imóvel, de um carro ou mesmo a decisão de ter filhos, é fundamental que o casal esteja em pleno acordo e ciente das consequências. Embora o elemento surpresa (no caso de um filho, principalmente) possa ser um estímulo para mudanças, é sempre melhor que as duas partes conversem e tomem as decisões juntas.

6 – Mantenham amizades

Conforme o tempo passa, a tendência é que o número de amigos diminua. Mesmo assim, procurem manter alguns para que a vida dos dois não se limite ao que acontece dentro de casa. Amigos são ótimos para desabafar e pedir conselhos quando o relacionamento passa por alguma dificuldade e, sim, todos os relacionamentos passam por elas.

7 – O diálogo não pode parar

Ainda que vocês já tenham conversado sobre todos os assuntos do mundo, não parem de compartilhar opiniões e trocar ideias. Casais que dialogam constantemente tendem a se desentender menos.

8 – Não queira controlar o outro

Seu marido está com você, salvo raras exceções, porque escolheu estar. Isso quer dizer que você não precisa saber cada passo que ele dá quando está longe. Nada de ficar ligando, perguntando onde está, com quem está, que horas volta. A menos que ele te dê motivos reais, tente controlar seu ciúme.

9 – Seja companheira

Talvez você não suporte futebol mas, de vez em quando, não custa fazer companhia ao seu amor no sofá enquanto ele assiste a uma partida. Você não precisa entender as regras ou mesmo torcer, o simples fato de estar compartilhando de uma paixão dele já demonstra que você se importa. O mesmo vale para a cervejinha do fim de semana e os demais programas para os quais ele te convida, mas você nunca topa.

10 – Invistam na vida sexual

O sexo é um componente importante para a qualidade da relação. Sem ser vulgar ou invasiva, procure perguntar as preferências do seu parceiro e revele as suas. Falar sobre o tema pode ajudar a desenvolver intimidade entre vocês. O sentimento que nutrem um pelo outro também é fator decisivo nesse quesito, portanto tentem não deixar de lado o romantismo.

Assuntos: Relacionamentos

Dicas pela Web