Como aproveitar melhor sua ‘DR’

Saiba como evitar que a discussão vire uma briga feia e tire algo de bom desse momento

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Basta pronunciar as palavras mágicas (ou mesmo apenas sua sigla) e o feitiço do desaparecimento acontece de imediato. O mundo evolui, as mentes evoluem, mas os homens continuam detestando discutir a relação. A famosa DR é capaz de mantê-los a quilômetros de distância até que a ameaça seja esquecida ou substituída por chocolate.

Entender a dinâmica da DR é princípio fundamental para não cair nos erros costumeiros, aproveitando a situação desconfortável para efetivamente obter resultados positivos. A verdade é que discutir a relação deveria ser uma maneira de fugir da discussão propriamente dita, dialogando com mais tranquilidade a respeito dos assuntos delicados afim de chegar a um acordo positivo para as duas partes. O problema é que o costume se transformou em motivo para mais brigas e o sexo masculino aprendeu que dar brecha para essas situações é como atirar no próprio pé.

Muitos casais acreditam que brigar é normal em qualquer relacionamento. Que esta é uma peça comum – e mesmo importante – para que as relações continuem funcionando como devem. Mas a verdade é que quando uma conversa se transforma em briga é porque está havendo algum ruído grave na comunicação do casal. Algumas dicas podem ajudar a eliminar a prática da DR da sua vida conjugal.

Evite discutir problemas antigos

Ao iniciar uma discussão, ninguém pretende voltar a brigar pelos motivos de sempre. Mas, à medida que o assunto progride, é comum voltar a discutir mágoas passadas. Procure se controlar porque, se o tema não foi resolvido em outras brigas, é provável que continue sem solução, servindo apenas para mexer novamente em feridas que só o tempo dará conta de cicatrizar.

Não entre no jogo

É claro que, em uma conversa de casal, há duas partes envolvidas. Você, como representante de uma delas, deve fazer sua parte para que o diálogo não se torne uma briga feia. Se o seu parceiro provocar, não entre no jogo. Isso só aumenta a tensão e diminui as chances de que o papo seja produtivo.

Troque de lugar

Não é fácil, mas tente trocar de lugar com seu amor. Enxergar os fatos pelo ponto de vista dele pode ser uma boa maneira de entender os motivos que levaram ao ponto em que vocês se encontram agora. Pergunte-se o que faria, se estivesse no lugar dele – e deixe claro que você está tentando compreendê-lo. Se, ainda assim, você achar que tem razão, peça com cuidado que ele se coloque no seu lugar.

Brigar nunca é uma boa maneira de solucionar problemas. O diálogo, por sua vez, permite que a comunicação se reestabeleça e que as soluções sejam satisfatórias para os dois lados.

Assuntos: Relacionamentos

Dicas pela Web