5 receitas caseiras com óleo de alecrim para queda e crescimento capilar

O óleo de alecrim oferece muitas propriedades benéficas para a saúde do couro cabeludo e pode ser usado em várias receitas caseiras

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Foto: iStock

Se você tem observado que seu cabelo está caindo muito, seja devido ao estresse ou a alguma doença que você enfrentou, como uma gripe, você pode se interessar pelo óleo de alecrim.

Embora não haja comprovação científica, o óleo de alecrim é usado tradicionalmente por muitas culturas, principalmente nos países mediterrâneos, com o objetivo de acelerar o crescimento e combater a queda dos cabelos, prevenindo a calvície.

Esse efeito seria obtido devido a uma série de benefícios do óleo de alecrim, como o fato de ele ser rico em antioxidantes – substâncias que combatem o dano causado por radicais livres derivados da poluição e de agentes químicos –, deixando os folículos capilares mais saudáveis.

Outra propriedade desse óleo é seu poder antimicrobiano. Em função dessa característica, ele seria capaz de combater bactérias e fungos, evitando o surgimento da caspa e de inflamações que poderiam provocar a queda do cabelo.

Além disso, o óleo essencial de alecrim teria a capacidade de combater inflamações no couro cabeludo, favorecer a divisão celular e provocar uma vasodilatação local, aumentando o fluxo sanguíneo.

Leia também: Óleo de baobá proporciona mais beleza à pele, cabelos e unhas

Tudo isso funcionaria como um estímulo muito benéfico para os folículos capilares, resultando em uma diminuição da queda e na aceleração do crescimento dos fios.

Como usar o óleo de alecrim

Se você ficou curiosa com os benefícios atribuídos ao óleo de alecrim, você pode seguir algumas receitas caseiras para testar os efeitos no seu cabelo. Importante: não utilize o óleo de alecrim se você estiver grávida ou sofrer com epilepsia ou hipertensão.

1. Óleo de alecrim com óleo de coco para hidratar os fios

Foto: iStock

Esta receitinha é bem simples: basta misturar algumas gotas do óleo de alecrim ao óleo de coco e utilizá-lo para hidratar os cabelos.

2. Sérum de alecrim para estimular o crescimento

Foto: iStock

Em 50 ml de óleo de amêndoas-doces, adicione 8 gotas de óleo essencial de alecrim, 6 gotas de óleo essencial de lavanda e 3 gotas de óleo essencial de sálvia.

Aplique este sérum nos cabelos e no couro cabeludo a cada 2 dias depois de lavar os fios. Além de estimular o crescimento, ele ainda deixa os cabelos com um perfume maravilhoso.

Leia também: 9 formas de usar o óleo de coco nos cabelos e usufruir dos seus benefícios

3. Máscara de óleo de alecrim para fazer o cabelo crescer

Foto: iStock

Em um recipiente pequeno, misture 1 ovo, 1 colher de chá de mel orgânico, 1 colher de chá de óleo de coco e 6 gotas de óleo essencial de alecrim. Aplique nos cabelos e deixe agir por 60 minutos. Enxágue em água morna e deixe secar naturalmente.

4. Óleo de alecrim para massagear o couro cabeludo

Foto: Getty Images

Massagear o couro cabeludo é uma boa forma de ativar a circulação, aumentando o fluxo de oxigênio e nutrientes para essa região. Para potencializar o efeito da massagem, você pode utilizar uma receitinha feita com 5 ml de óleo de jojoba e 8 gotas de óleo de alecrim.

Com a ponta dos dedos, massageie todas as áreas do couro cabeludo começando pela frente, seguindo pelas laterais e terminando na parte de trás. Faça movimentos circulares e exerça uma pressão constante. Dica: a massagem será ainda mais agradável se você e seu parceiro a fizerem um no outro.

5. Tratamento noturno com óleo de alecrim

Foto: Reprodução / Espaço dos Aromas

Se o seu cabelo está precisando de uma hidratação e uma nutrição mais potentes, você pode experimentar esse tratamento noturno.

Para isso, misture 2 colheres de chá de óleo de coco orgânico, 1 colher de chá de mel e 3 gotas de óleo essencial de alecrim. Antes de dormir, aplique o produto nos fios, especialmente nas pontas, e prenda o cabelo em um coque, cobrindo-o com uma touca. Proteja o travesseiro com uma toalha para evitar qualquer mancha. Lave o cabelo pela manhã para remover o produto.

Leia também: Óleo de linhaça: benefícios para cabelos, pele e saúde em geral

Caso essas receitas não surtam o efeito desejado e você continue observando que seu cabelo não cresce ou que você está perdendo muitos fios, vale a pena marcar uma consulta com um dermatologista para averiguar e tratar a causa do problema.

Assuntos: Cabelos

Para você