Gérmen de trigo: confira seus benefícios e como adicioná-lo ao cardápio

Escrito por
Em 21.09.20

iStock

Continua após o anúncio

A farinha de trigo é um ingrediente comum no dia a dia de muita gente. Mas você já ouviu falar no gérmen de trigo? Essa é a parte interna do grão, que é altamente nutritiva, mas acaba sendo descartada durante o processamento da farinha. Para falar sobre o assunto, conversamos com a nutricionista Carolina Queiroga (CRN 08101734), da Clínica Joana D’arc Diniz.

O que é gérmen de trigo

Também conhecido como germe de trigo, esse é o embrião do grão de trigo. Segundo a nutricionista, ele é removido no processo de refinamento do grão, que será transformado em farinha de trigo. Apesar disso, ele é considerado uma das partes mais nobres do cereal. É nele que está presente o maior valor nutricional, pois é rico em vitaminas e minerais. Quer saber mais sobre suas informações nutricionais, então, veja os dados que Carolina separou:

Dicas de Mulher

  • Vitamina E
  • Vitamina K
  • Vitaminas do complexo B
  • Ferro
  • Ácido fólico
  • Cromo
  • Potássio
  • Zinco
  • Cálcio
  • Fósforo
  • Selênio

Viu só como o germe de trigo é um alimento repleto de nutrientes? Tudo isso faz com que ele seja uma ótima aposta de ingrediente para ser incluído no seu dia a dia.

10 benefícios do gérmen de trigo para aproveitar

iStock

São inúmeros os benefícios da ingestão do germe de trigo para o organismo, Carolina destaca e explica os seguintes:

  • Alto teor de fibras: com isso, promove saciedade ajuda a controlar a compulsão alimentar. Além disso, melhora as funções do intestino, diminui a absorção de gordura e glicose, o que também faz com que seja um coadjuvante na redução de peso e manutenção do peso.
  • Age na desintoxicação do organismo: contribui para a liberação de toxianas, por isso, ajuda a desintoxicar o corpo, o que reflete nele como um todo.
  • Melhora o funcionamento do intestino: isso porque o consumo do grão aumenta o bolo fecal e acelera o trânsito intestinal. Essas são funções que ajudam a controlar e reduzir o peso. Além disso, o bom funcionamento do intestino ajuda a manter a pele mais saudável, assim como o couro cabeludo.
  • Aumenta a massa muscular: devido ao alto teor de proteínas, o grão é indicado para quem quer desenvolver a massa muscular. Isso sem contar que auxilia no combate a fadiga e fraqueza muscular.
  • Ajuda a combater a anemia: isso porque é uma ótima fonte de ácido fólico e ferro.
  • Ação antioxidante: como contém uma grande quantidade de vitamina E em sua composição, ajuda a reduzir os danos causados pela ação dos radicais livres e o estresse oxidativo (que provoca o envelhecimento celular), que são prejudiciais ao organismo e, consequentemente, à pele e aos cabelos.
  • Nutrição para tecido cutâneo e do cabelo: os minerais presentes no germe de trigo auxiliam nessa nutrição, que é necessária para obter a saúde do tecido cutâneo e dos fios de cabelo.
  • Mantém os níveis de insulina estáveis: por apresentar um alto teor de cromo, um mineral que auxilia a regular a fome e a vontade por doces, funciona como um dispositivo que controla a quantidade de açúcar no sangue, mantendo os níveis de insulina estáveis. Logo, atua na resposta glicêmica e insulinêmica, porque também ajuda na redução da absorção de glicose. Por isso, controla e diminui, geralmente, os níveis de glicose sanguínea.
  • Auxilia na redução de doenças cardiovasculares: além disso, também participa da função imunológica e na reparação do DNA.
  • Regula a pressão arterial: isso acontece por o potássio estar presente no grão, o que contribui para a circulação e também para regular a pressão arterial.

Esses são apenas alguns dos benefícios que o consumo do gérmen de trigo gera ao organismo. Mesmo assim, já dá para perceber como ele é um alimento vantajoso, não é mesmo?

Existe contraindicação?

Como o grão possui glúten em sua composição, seu consumo é contraindicado para pessoas que tenham intolerância à substância e doença celíaca, afirma a nutricionista.

Gérmen de trigo, fibra de trigo e farelo de trigo: qual a diferença?

O gérmen de trigo é um elemento do grão de trigo, do qual ele se origina e desenvolve, também é onde há a maior concentração de nutrientes. Por isso, é considerado a parte mais rica do grão. Já a fibra de trigo e o farelo de trigo são sinônimos para a camada externa do grão, obtida por meio do processo de moagem que ocorre durante a produção de farinha de trigo, diz Carolina.

Continua após o anúncio

Como consumir o gérmen de trigo: 8 receitas para testar já

Versátil, o gérmen de trigo pode ser incluído de diferentes maneiras na sua alimentação. Assim, fica fácil variar no cardápio e ainda aproveitar todos os benefícios desse grão. Quer saber como? Então, confira a seleção de receitas que separamos a seguir:

1. Mix de grãos caseiros com gérmen de trigo

Quer deixar suas refeições muito mais nutritivas? Então, chega mais conferir esse mix que conta com 12 grãos. Dá para adicioná-los ao arroz, sucos, saladas ou qualquer outro prato e bebida que você preferir. Tudo isso sem ter quase nada de trabalho na cozinha.

2. Abobrinhas empanadas com gérmen de trigo

Nessa receita, as abobrinhas são cortadas, passadas em ovos batidos, em gérmen de trigo temperado e, depois, levadas para assar cobertas por queijo parmesão ralado. Sem complicações, esse é um prato que cai bem na hora do petisco, como entrada ou acompanhamento para suas refeições principais.

3. Farofa de gérmen de trigo

iStock

Farofa é aquele tipo de acompanhamento certeiro: seja para acompanhar o arroz com feijão do dia a dia ou o churrasco de domingo. Nessa receita, além de contar com o gérmen de trigo, a farofa ainda conta com azeitonas e uvas-passas para ficar mais incrementada. Veja o passo a passo.

4. Cookies integrais com gérmen de trigo

Seja para comer na sobremesa ou na hora do lanche, um cookie sempre cai bem, não é mesmo? Se for saudável, melhor ainda! Ficou interessada? Então, anote os ingredientes que você vai precisar ter em mãos: gérmen de trigo, farinha de trigo integral, açúcar mascabo, coco ralado, aveia, lecitina de soja, água, óleo e extrato de baunilha.

5. Panqueca fit com gérmen de trigo

Continua após o anúncio

Está com pouco tempo na cozinha e quer testar uma receita bem rápida e prática? Então, chega mais conferir essa panqueca que é feita apenas com ovo e gérmen de trigo. Além disso, a dica é untar a frigideira com óleo de coco para fritar a sua massa, assim, você evite que ela grude.

6. Quiche de alho-poró vegano com gérmen de trigo

Com uma base crocante e um recheio cremoso, essa receita fica com um contraste de texturas muito interessante. Mas não pense que é só isso, viu? Aqui, o sabor fica simplesmente irresistível. Tudo isso sem usar ingredientes de origem animal.

7. Pastel integral com gérmen de trigo

Essa receita vegetariana sugere que o gérmen de trigo entre em cena no preparo da massa. Já o recheio fica por conta de espinafre e requeijão. Além disso, esse é um pastel que não é supergorduroso, pois é preparado no forno.

8. Pão integral com gérmen de trigo

Para finalizar a lista, um pãozinho coringa para você comer a qualquer momento do seu dia. Saudável, essa receita também é liberada para os veganos, pois não leva ovo, nem leite.

É impressionante saber que um alimento tão pequeno conta com tantos benefícios e ainda pode ser usado de diversas maneiras no seu cardápio, não é mesmo? Se você gosta de incluir novos ingredientes à sua alimentação, saiba mais sobre o trigo sarraceno, uma opção sem glúten e extremamente versátil.