7 cuidados necessários para o alongamento de cílios fio a fio

Escrito por
Em 23.12.21

iStock

Por                                
Em 23.12.21

O desejo das mulheres em destacar os olhos move a indústria da beleza há várias décadas. Ao longo dos anos, produtos e técnicas foram desenvolvidos para tornar o olhar feminino ainda mais impactante. E não é à toa que os métodos de alongamentos ficaram famosos ao redor do mundo, sendo a extensão de cílios fio a fio uma das mais conhecidas. Quer saber mais? Confira o que as profissionais especialistas Vanessa Leão e Bárbara Bortoleto contam sobre o assunto!

Publicidade

O que é a técnica cílios fio a fio

Para contextualizar, a extensão de cílios fio a fio foi criada pelos japoneses, no início dos anos 2000. A técnica acabou caindo no gosto de muitas mulheres, uma vez que são mais resistentes e confortáveis, além de possuírem um efeito mais natural que os cílios postiços.

De acordo com a lash designer Vanessa Leão, a técnica “consiste em alongar os fios um a um” e se diferencia dos cílios postiços justamente pela colocação, visto que os postiços são colados na pálpebra, enquanto na extensões “um fio sintético é colado no seu fio natural”. Além disso, segundo a especialista Bárbara Bortoleto, o método tem como objetivo “dar mais volume aos cílios destacando o olhar e auxiliando na praticidade do dia a dia”.

Como funciona

iStock

A técnica consiste na união de um fio sintético ao cílio natural. Contudo, Vanessa explica que no procedimento “primeiro é feita uma avaliação da saúde dos cílios para fazer a escolha da espessura do fio sintético, que normalmente vai de 0.10mm a 0.20mm. Então, é colocado o fio um pouco maior ou do mesmo tamanho do fio da cliente”.

Segundo as profissionais, tudo começa com a higienização da área dos olhos, seguido da aplicação do primer, colocação do protetor, mapeamento dos cílios, aplicação dos fios e secagem. Além disso, o procedimento dura em média uma hora e meia e é indolor. O material dos fios sintéticos podem variar de acordo com cada profissional e até mesmo com a técnica escolhida.

Cílios fio a fio X cílios tufinho X volume russo

Há vários métodos diferentes, e todos possuem acabamentos igualmente lindos. Entretanto, essas técnicas podem gerar dúvidas na hora de fazer a escolha, principalmente em relação àqueles mais famosas e comentadas, como é o caso dos cílios fio a fio, o tufinho e o volume russo.

Para esclarecer, Vanessa conta que “a técnica fio a fio nada mais é que a implantação de um fio sintético em um fio natural, um a um” que, consequentemente, deixa o acabamento mais natural de fios alongados e levemente volumosos. Já no caso dos cílios tufinho, a profissional explica que “são vários fios sintéticos unidos por um nó que vem pronto e prejudicam os fios naturais por serem muito pesados”. Por sua vez, a lash designer Bárbara acrescenta que “os tufos são feitos para usar com cola de cílios postiços, uma vez que eles possuem a ponta mais grossa e, com isso, acabam danificando os cílios naturais quando usados com a cola para extensão”.

Por fim, a profissional Vanessa explica que “o volume russo é a junção de 3 a 10 fios feitos artesanalmente e colados a um fio natural”. Ela afirma ainda que esse tipo de extensão, diferentemente dos cílios tufinho, “não prejudica o desenvolvimento dos fios da cliente”. Bárbara, por sua vez, pontua também que a técnica do volume russo “tem um aspecto harmônico e mais bonito” e, como o nome diz, dá mais volume aos cílios naturais.

Publicidade

7 cuidados para manter seu alongamento perfeito por mais tempo

A extensão de cílios é mais resistente e duradoura, contudo, alguns cuidados básicos precisam ser tomados para preservar sua beleza e encanto. É isso que as profissionais respondem a seguir:

  • Não molhe a extensão nas primeiras horas: ambas as profissionais afirmam que não é indicado molhar os cílios durante, pelo menos, 24 horas após a aplicação. Isso porque a cola utilizada ainda não estará totalmente seca e o contato com a água nesse primeiro momento pode comprometer a durabilidade do alongamento.
  • Higienização diária: Vanessa ressalta a importância da higienização correta da extensão “com água fria e tomando cuidado ao enxugar”. Além disso, a lash designer Bárbara abandonar a ideia de “nunca deixar de lavar as extensões de cílios achando que se não lavar vai durar mais, pois ao não realizar a limpeza, os cílios começam a acumular bactérias e caspas, que se chama blefarite”.
  • Não use máscara para cílios: além de não haver necessidade, os cílios podem ficar com um aspecto pesado, com alguns fios embolados e até mesmo arrancar alguns deles na hora da retirada da maquiagem, afirmam as profissionais.
  • Evite o uso de demaquilantes a base de óleos: Bárbara afirma que os demaquilantes a base de óleo podem comprometer o alongamento, uma vez que “o óleo pode acabar retirando parte da cola dos fios sintéticos”, deixando os cílios com falhas.
  • Evite banhos quentes ou saunas: ambas profissionais ressaltam esse cuidado, pois a cola utilizada para a realização do alongamento pode amolecer quando exposta a altas temperaturas, o que consequentemente compromete a durabilidade da extensão.
  • Evite esfregar ou coçar os olhos: Vanessa e Bárbara explicam que apesar da ação de coçar os olhos ser um habito comum, ele é prejudicial para as extensões de cílios. Isso porque o atrito causado pelo movimento pode acabar arrancando os fios naturais.
  • Penteie delicadamente os cílios: Bárbara explica que ao longo dos dias os cílios acabam se enroscando, o que tira a beleza e a naturalidade do acabamento e, por isso, é importante “pentear com um pente específico para cílios, que se parecem com aquelas escovinhas de rímel”.

Se você já tem alongamento de cílios ou pretende colocar, anote essas dicas! Com esses cuidados, não há como não ter um alongamento sempre impecável!

Dúvidas frequentes e curiosidades sobre o alongamento de cílios fio a fio

iStock

O alongamento de cílios fio a fio prejudica os fios naturais?

Vanessa Leão: Realizando a técnica da forma correta, não.

Bárbara Bortoleto: Não prejudica os cílios naturais desde que seja feito de forma correta.

A aplicação ou remoção deste tipo de alongamento causa dor?

Vanessa Leão: não! É um procedimento indolor. Para remover, temos um produto específico que solta os fios sintéticos sem danificar os naturais.

Bárbara Bortoleto: não dói. Algumas clientes chegam a dormir enquanto realizam o procedimento. Para a remoção, é indicado usar um bom removedor, porque existem alguns que causam ardência na hora da remoção.

Quanto tempo dura o alongamento de cílios fio a fio?

Publicidade

Vanessa Leão: de 20 a 40 dias, dependendo do cuidado da cliente.

Bárbara Bortoleto: até 3 meses! Mas claro que depende do cuidado da cliente. As manutenções devem ser feitas no prazo entre 15 a 21 dias.

Como é realizada a manutenção deste tipo de alongamento de cílios? E de quanto em quanto tempo ela precisa ser feita?

Vanessa Leão: de 15 a 20 dias podemos fazer a manutenção, com a reposição dos fios que caíram e removemos alguns fios que já estão para cair.

Bárbara Bortoleto: A manutenção é feita somente naqueles fios que caíram a extensão. Precisa ser feita entre 15 a 20 dias.

Qual a média de preço para fazer o alongamento de cílios fio a fio?

Vanessa Leão: pode variar de R$80,00 a R$500,00.

Bárbara Bortoleto: o preço varia de acordo com a técnica e o profissional. A técnica fio a fio clássico sai em média 140 reais, mas tudo depende do lugar e da profissional.

Como retirar o alongamento de cílios?

Vanessa Leão: a extensão nunca deve ser removida em casa. O profissional capacitado tem um produto específico para realizar a remoção, para não prejudicar os fios naturais.

Publicidade

Bárbara Bortoleto: somente com profissional, pois a retirada é feita com um produto de remoção, na qual a cliente deve permanecer de olhos fechados.

Existem contraindicações para a realização da técnica de alongamento de cílios fio a fio?

Vanessa Leão: sim, clientes que já tem predisposição a ter alergia a produtos químicos como maquiagem e esmalte não devem realizar, e também quem tem algum problema oftalmológico.

Bárbara Bortoleto: sim, tem pessoas que pode ter alergia, então é necessário fazer um teste, colocar alguns fios e esperar 24 horas para ver se a cliente não vai ter nenhuma irritação, dor, coceiras, etc.

Quais as vantagens de realizar essa técnica de alongamento?

Vanessa Leão: estar sempre linda e pronta, mesmo ao acordar. Os cílios valorizam o olhar e são práticos.

Bárbara Bortoleto: ele facilita a rotina diária, não há necessidade de usar rímel, não precisa usar cílios postiços, realça o olhar, você economiza tempo no dia a dia.

É preciso fazer uma pausa entre um alongamento e outro?

Vanessa Leão: não!

Bárbara Bortoleto: não há necessidade de fazer uma pausa, pois os nossos cílios caem e nascem normalmente. A pausa só é necessária quando a pessoa começa a ter alguma alergia ou faz a técnica do “tufinho” e danifica os cílios naturais, então tem que esperar crescer, fortalecer para poder fazer a extensão novamente.

É sempre importante reforçar que se você deseja uma extensão impecável, busque por profissionais confiáveis e responsáveis, afinal, apesar de ser um procedimento de beleza não invasivo, existem uma série de coisas que necessitam de atenção! Se quiser saber mais a respeito do assunto, confira também essa matéria completa sobre alongamento de cílios!

Este conteúdo foi útil para você?
SimNão