Acelga: surpreenda-se com 14 benefícios fantásticos desse ingrediente

Escrito por Ana Kordelos

Foto: iStock

Hortaliça rica em nutrientes e com sabor característico, a acelga também é conhecida como beterraba branca, apesar de não produzir raiz comestível como o vegetal da mesma família. Possuindo caule grosso, folhas longas em tons de verde, podendo ser onduladas ou lisas, possui sabor amargo e levemente picante.

Muito comum nos países do Mediterrâneo, este vegetal possui origem desconhecida, com relatos de sua popularidade entre os povos romanos, gregos e egípcios. Outra curiosidade é que este é um dos alimentos mais consumidos na Coreia, sendo apresentado em forma de conserva, conhecido como kimchi.

14 benefícios surpreendentes da acelga

Foto: iStock

Apesar de não ser muito popular no nosso país, esta hortaliça possui vários benefícios se consumida com regularidade, merecendo uma chance para ganhar espaço no cardápio semanal. Confira alguns destes benefícios segundo a nutricionista Ana Paula Moura:

1. Seu alto valor nutricional

Rica em nutrientes, muitas vezes a acelga é considerada um dos vegetais mais completos para a alimentação. Em uma porção de 100 g desta hortaliça, existem apenas cerca de 20 kcal, 4,6 g de carboidratos, 1,4 g de proteína e 1,1 g de fibra alimentar. Em relação aos sais minerais presentes neste alimento, destacam-se o cálcio, fósforo, magnésio, manganês, ferro e potássio. Já em relação as vitaminas, a acelga possui vitaminas A, C, E, K, e as vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5 e B6).

2. Auxilia no emagrecimento

Conforme a nutricionista revela, a acelga possui baixo valor calórico, tornando-se uma boa opção de alimento a ser adicionado em uma dieta que visa a perda de peso.

Leia também: Abobrinha: 10 motivos e receitas para se apaixonar pelo ingrediente

3. Alívio da constipação

“Por ser um alimento que possui alto teor de fibra alimentar, a acelga auxilia no bom funcionamento intestinal, aliviando sintomas de constipação”, explica Ana Paula.

4. Ação antioxidante

De acordo com a profissional, a acelga é um dos alimentos mais ricos em antioxidantes, substâncias responsáveis pelo combate dos radicais livres, os causadores do envelhecimento das células e de doenças mais graves como o câncer.

5. Ajuda na regulação da glicemia

“Esta é outra ação resultante da sua composição rica em fibras, a qual ajuda a manter a glicose sanguínea estável”, revela a nutricionista.

6. Combate as alterações de humor

Por ser rica em magnésio, a acelga acaba sendo relacionada ao melhor controle do estresse, combate à insônia e prevenção de dores de cabeça.

7. Protege o trato digestivo

“Consumir regularmente este vegetal ajuda a diminuir a inflamação do trato gastrointestinal, além de regular os movimentos peristálticos do intestino”, evidencia a profissional.

Leia também: Berinjela: benefícios e receitas para você incluir o vegetal no cardápio já

8. Melhora a saúde cardíaca

Além da grande quantidade de fibras, a nutricionista ainda destaca a presença de potássio, onde a associação deste nutrientes irá ajudar na proteção do coração, melhorando o controle dos níveis de colesterol sanguíneo.

9. Benefícios para a saúde dos olhos

“Por ser rica em carotenoides, a acelga auxilia na saúde dos olhos, protegendo contra a catarata, degeneração macular, o glaucoma e a cegueira noturna”, enumera Ana Paula.

10. Regulação da pressão arterial

Conforme informa a profissional, esta ação se dá pela combinação de minerais presentes na acelga, como o potássio, ajudando a regular a pressão sanguínea.

11. Efeito anti-inflamatório

“Como este alimento é rico em vitamina C, ele pode prevenir inflamações. Um bom exemplo é usá-lo no tratamento da obesidade, onde o paciente possui uma inflamação crônica”, indica a profissional.

Leia também: Chuchu: muito além de um alimento “sem graça”

12. Para uma boa saúde óssea

Esta hortaliça possui quantidade consideráveis de cálcio, assim como a presença da vitamina K e magnésio, substâncias que atuam diretamente na manutenção de ossos fortes e saudáveis.

13. Melhora da imunidade

Outro feito garantido pela presença da vitamina C, a qual ajuda a melhorar o sistema imunológico, prevenindo grande gama de doenças.

14. Garante um cérebro saudável

A vitamina K presente em grande quantidade na acelga atua diretamente na manutenção da boa saúde do cérebro e do sistema nervoso.

A acelga é um alimento rico em sais mineiras e vitaminas, o qual proporciona uma melhora da saúde e manutenção do bem-estar. Insira já esta hortaliça em sua rotina alimentar e confira todos estes benefícios.

Como consumir a acelga

Foto: iStock

Segundo a profissional, esta hortaliça pode ser consumida de diversas formas. Uma boa dica é utilizá-la em saladas, aproveitando suas folhas e talos. As folhas podem ser consumidas cruas, cozidas ou refogadas e as mesmas opções de preparos podem ser utilizadas para aproveitar o seu caule, evitando desperdício. Como possui textura mais dura, é possível ainda utilizar o caule em sopas, sucos, chás ou até mesmo frito.

Leia também: Jiló: conheça 8 benefícios que vão te fazer dar uma chance a este fruto

Uma boa dica é adicionar este vegetal a receitas variadas, incrementando seu valor nutricional. Boas sugestões incluem receitas orientais, refogados variados e até o tradicional charuto. Vale lembrar da importância de lavar bem suas folhas e talos antes do consumo, evitando possíveis intoxicações.

Alertas sobre o seu consumo

Foto: iStock

A nutricionista revela que não existem efeitos colaterais do seu consumo. Segundo ela é recomendável que pacientes com problemas renais como cálculos consumam este alimento com moderação, já que esta verdura é rica em oxalato, conhecido produtor das populares “pedras no rim”.

Pessoas que fazem uso de medicações anticoagulantes também devem evitar este alimento, já que as grandes concentrações de vitamina K podem interferir na ação do medicamento.

Vegetal de fácil acesso e sabor marcante, é simples incluir esta hortaliça na sua rotina alimentar. Adicione já a acelga ao seu cardápio semanal e comprove todos os seus benefícios.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web