Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Vinagre de maçã emagrece? Nutricionista esclarece o assunto

O uso diário de 2 colheres do vinagre, diluído em água antes do almoço e jantar, teve resultados na redução média de 2kg em 1 mês nos participantes de uma pesquisa

em 24/06/2015

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Quando o assunto é emagrecimento e saúde, o tempo todo surgem novidades: é um chá que ajuda a acelerar o metabolismo; um suplemento que garante mais saciedade; um tipo de tempero que pode deixar seus pratos mais saudáveis etc.

E é exatamente neste contexto que há certo tempo o vinagre de maçã se destaca. Ele é apontado por oferecer uma série de benefícios à saúde, mas, sobretudo, por ajudar no processo de emagrecimento.

Em muitos sites e revistas fala-se, por exemplo, da “dieta do vinagre de maçã”, que prevê que a pessoa tome duas colheres de sopa de vinagre de maçã diluídos em água antes das refeições. Isso supostamente a faria perder em média dois quilos em um mês.

Mas, é inevitável questionar: esse tipo de dieta tem fundamento? O vinagre de maçã pode mesmo ajudar a emagrecer?

“Afirmar que a ingestão de vinagre faz emagrecer dois quilos ao mês é algo muito subjetivo, pois o emagrecimento depende de vários outros fatores. Porém, o vinagre de maçã, pelas suas propriedades, vindas especialmente da maçã, pode sim ser um aliado no tratamento de obesidade e sobrepeso ou, até mesmo, incluído no cardápio de quem quer perder peso”, esclarece a nutricionista funcional e esportiva Helouse Odebrecht.

Então, qual é a melhor maneira de consumir o vinagre de maçã? Quais benefícios, de fato, ele oferece? Há contraindicações? Abaixo você confere o esclarecimento para essas e outras dúvidas comuns sobre o tema.

Perguntas e respostas sobre o vinagre de maçã

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Tire suas principais dúvidas sobre o vinagre de maçã:

1. O que é e quais benefícios o vinagre de maçã oferece à saúde?

O vinagre é um condimento utilizado na culinária em geral para temperar salada. “Porém, a sua característica ácida pode estar relacionada a outras ações benéficas, como a redução do crescimento de fungos e bactérias em vegetais, sendo um excelente sanitizante (que reduz o número de bactérias a níveis seguros), devido ao seu alto teor de ácidos orgânicos com ação antibactericida. Mas também é reconhecido por suas propriedades nutritivas e medicinais”, explica Helouse.

A nutricionista acrescenta que o vinagre é um produto obtido através da fermentação alcoólica, seguida de fermentação acética. “O vinagre de maçã, também conhecido como vinagre de sidra, é obtido através da fermentação do suco da maçã inteira, obtendo uma coloração amarelo-dourada devido aos taninos, e contém as qualidades da maçã, como aminoácidos essenciais, vitaminas e minerais, sendo considerado até mesmo um remédio, prometendo prolongar a vida e a juventude, desde que ingerido diariamente conforme citam estudos”, diz.

Helouse explica que, por ser feito de frutas frescas e inteiras, o vinagre contém pectina, que é a fibra solúvel encontrada na casca da maçã. “Ela é capaz de absorver água criando volume e, com isso, ter a função de retardar o esvaziamento gástrico, retardando a absorção dos alimentos e carregando o colesterol para fora do organismo, pois o colesterol se aglutina à fibra”, diz.

O vinagre de maçã pode mesmo ser uma boa opção no cardápio de quem deseja perder peso, pois, além de retardar o esvaziamento gástrico, “seus benefícios vêm do ácido acético que inibe a ação de algumas enzimas que atuam na digestão de carboidratos, bloqueando assim a absorção de amidos e açúcar. Permite também uma absorção mais lenta da glicose”, explica Helouse.

“Ele está associado também ao controle e prevenção do diabetes devido à capacidade de reduzir os níveis de glicose no sangue e, assim, controlar a liberação de insulina, que quando produzida em grandes quantidades, gera o acúmulo de gordura, principalmente abdominal”, acrescenta Helouse.

“A quercetina, excelente antioxidante, melhora a imunidade e auxilia na redução de histamina, substância inflamatória e presente nas alergias”, destaca a nutricionista.

Então, resumidamente, entre os benefícios que o vinagre de maçã pode oferecer, destacam-se:

  • Longevidade;
  • Sensação de saciedade;
  • Combate ao colesterol alto;
  • Auxílio no emagrecimento;
  • Prevenção a diabetes;
  • Melhora da imunidade;
  • Melhora da digestão.

2. É preciso mesmo consumir duas colheres de sopa do vinagre diluídas em água antes das refeições?

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Helouse explica que a recomendação de duas colheres de sopa ao dia vem de um estudo feito no Arizona e publicado na revista Diabetes Care. “Foi observado que o uso diário dessa quantidade do vinagre, diluído em água antes do almoço e jantar, teve resultados na redução média de dois quilos de peso em um mês nos participantes da pesquisa”, diz.

“Esta é apenas uma recomendação de um estudo e o modo como foi disponibilizado para consumo. Mas podemos compreender que se colocarmos nas refeições como tempero de salada mesmo, teremos esse benefício”, acrescenta a nutricionista.

Vale lembrar que afirmar que a ingestão do vinagre faz emagrecer dois quilos ao mês é algo muito subjetivo, pois o emagrecimento depende de outros fatores. Mas, como destaca Helouse, o vinagre de maçã, pelas suas propriedades, pode, sim, ser um aliado na perda de peso.

3. O vinagre de maçã pode mesmo inibir o apetite?

O uso do vinagre de maçã pode aumentar a sensação de saciedade.

Helouse destaca que o vinagre de maçã contém pectina, que é a fibra solúvel encontrada na casca da maçã, e é capaz de absorver água criando volume. “E, com isso, conseguir retardar o esvaziamento gástrico, retardando a absorção dos alimentos”.

4. Qual é o reflexo do consumo do vinagre de maçã nos níveis de insulina do corpo?

O ácido acético presente no vinagre de maçã é um “bloqueador natural” da absorção de amidos e açúcar. Dessa forma, são eliminadas muitas calorias que, se fossem absorvidas, certamente iriam dificultar a perda de peso e resultariam, principalmente, no acúmulo de gordura abdominal.

Como possibilita uma absorção mais lenta da glicose, o vinagre de maçã controla a liberação de insulina, evitando o acúmulo de gordura, e também prevenindo e controlando o diabetes.

5. Qual é a quantidade segura de ingestão de vinagre de maçã por dia? E como utilizá-lo?

“As quantidades recomendadas no dia podem variar de duas a quatro colheres de sopa e podem ser colocadas nas refeições como tempero de salada, adicionadas ao azeite de oliva como um molho para salada”, explica Helouse.

Por isso, o ideal é sempre contar as orientações de um nutricionista para incluir o alimento na sua dieta, podendo, assim, usufruir melhor dos benefícios que ele pode oferecer.

6. Por que escolher o vinagre de maçã (em vez de outros vinagres)?

A escolha pelo vinagre de maçã se deve aos seus benefícios. “O vinagre de vinho, por exemplo, terá os benefícios da fermentação do vinho que são distintos aos da maçã”, diz Helouse.

“Portanto, se o objetivo é controle da glicose (para diabéticos, por exemplo), redução de peso e melhora de digestibilidade, o vinagre de maçã é mais interessante”, destaca a nutricionista.

7. Há contraindicações no uso do vinagre de maçã?

“Não há relatos de contraindicação para adultos, a não ser para pessoas que sintam desconforto no consumo”, explica Helouse.

8. Quais são os riscos do consumo do vinagre de maçã em excesso?

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Utilizar o vinagre de maçã em excesso pode causar danos ao estômago, duodeno e fígado devido à acidez.

Aliás, vale lembrar: nada em excesso faz bem! Atualmente, infelizmente, muitas pessoas procuram alternativas/dietas que prometem “efeitos milagrosos” quando o objetivo é emagrecimento. Mas, por mais que determinado alimento/produto possa oferecer benefícios à saúde, ele deve ser utilizado com consciência, dentro de uma alimentação balanceada.

“Para uma vida saudável e controle do peso duradouro e eficaz, as pessoas precisam aprender a comer, alimentar o corpo e fornecer nutrientes para nossa casa (organismo). Nenhum produto isolado, mesmo que citado em pesquisas ou comprovados em estudos sua eficácia para emagrecimento pode ter efeito no emagrecimento se não acompanhado de bons hábitos de vida, como alimentação equilibrada, exercício físico regular e eliminação de vícios, como tabagismo e bebida alcoólica em excesso”, finaliza a nutricionista Helouse.

Comentários
Dicas relacionadas