Conheça as causas de uma tatuagem inflamada e veja como evitar

Escrito por
Em 03.03.21

iStock

Por                                
Em 03.03.21

A tatuagem inflamada pode ser uma grande dor de cabeça. Afinal, ninguém gostaria de ver sua tattoo dos sonhos com problemas de cicatrização ou algo mais grave, né? Pensando nisso, conversamos com a tatuadora Dani Vanzella para tirar dúvidas sobre o assunto, aprender como evitar a inflamação e saber quais são os cuidados necessários. Acompanhe!

Publicidade

Índice do conteúdo:

Por que a tatuagem inflama?

iStock

A tatuagem pode inflamar por diversos fatores. Dani explica que as causas podem variar de pessoa para pessoa. Os 3 principais fatores para a tatuagem inflamar são a falta de assepsia adequada pelo tatuador, a ingestão de alimentos contraindicados na primeira semana após a realização da tatuagem e a exposição ao sol antes do período mínimo de cicatrização.

O nosso organismo reconhece a tatuagem como uma ferida, por isso é natural tratá-la como inflamação na pele. É necessário cuidar adequadamente da sua tattoo para que não desenvolva uma inflamação grave ou outras complicações. A seguir, saiba como reconhecer se sua tatuagem está ou não inflamada.

Sintomas da tatuagem inflamada

Depois de tatuar, é normal sentir dor e febre no local após 2 ou 3 dias. Afinal, é necessário lesionar a pele para inserir o pigmento, porém alguns sintomas podem indicar que a tatuagem inflamou. Confira a seguir esses sintomas:

  1. Irritação e aumento da vermelhidão no local da tatuagem;
  2. Secreção amarelada;
  3. Mau cheiro;
  4. Dor e febre prolongada.

Dani recomenda entrar em contato com o tatuador caso você perceba alguns desses sintomas. Além disso, caso os sintomas persistirem, é recomendado procurar um profissional da saúde.

Como cuidar de tatuagem inflamada

iStock

Quer saber como cuidar da inflamação da sua tattoo? Fique tranquila! Aqui, vamos citar alguns cuidados básicos para você ter com a sua tatuagem e evitar a inflamação. Acompanhe:

  1. Faça a higienização adequada: é importante fazer a limpeza correta do local tatuado com um sabonete neutro e água gelada.
  2. Evite o contato de plásticos e roupas: o plástico e as roupas podem abafar a região, impedindo que a pele respire. Isso acaba tornando o local mais propício para o desenvolvimento de uma inflamação.
  3. Evite exposição ao sol: a luz solar dificulta o processo de cicatrização e pode interferir no alojamento do pigmento nas camadas da pele.
  4. Não retire as casquinhas ou coce a tatuagem: isso pode facilitar a infecção da região, já que ela está mais expostas às bactérias.
  5. Utilize uma pomada do tipo antibiótico bacteriostático: esse tipo de pomada é indicada para infecções cutâneas, evita o desenvolvimento de bactérias e ajuda na cicatrização.

Para evitar a inflamação da tatuagem, é preciso seguir as recomendações do seu tatuador. Não deixe de tirar todas as suas dúvidas antes de sair do estúdio. Assim, você terá um processo de cicatrização tranquilo e sem inflamações.

Publicidade

Dúvidas sobre tatuagem inflamada

Aproveitamos nossa conversa com a Dani para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto. Confira:

  1. Quais tipos de tatuagem costumam inflamar, as coloridas ou as pretas? De maneira geral, as tatuagens pretas causam menos reação alérgica. “O pigmento de cor vermelha é o que mais causa alergia, uma vez que, na composição dessa, é usado mercúrio, um metal bastante agressivo”, diz a tatuadora. Ela ainda destaca que a tatuagem inflamar ou não está relacionado a um conjunto de fatores e não só ao pigmento ser vermelho ou colorida.
  2. A tatuagem inflamada perde cor? Segundo a Dani, “a tatuagem, depois que passa pelo processo inflamatório, se cuidada adequadamente desde o início, não perde a cor”. Se a pessoa ingeriu alimentos contraindicados e não tomou os devidos cuidados, porém, a tatuagem desbota e fica com uma aparência falhada.
  3. É possível retocar a tatuagem que inflamou? “Sim, pode ser retocada após o intervalo mínimo de 30 dias após a primeira sessão.”
  4. Uma tatuagem pode inflamar depois de algum tempo? “Sim, ela pode inflamar após o período mínimo de cicatrização, que é de 30 dias. No entanto, essa não é uma regra, já que cada pessoa tem um processo de cicatrização.”
  5. Como evitar a inflamação da tatuagem? “A tatuagem é um ferimento na pele. Então é essencial cuidar de forma adequada. A higiene e hidratação do local são as principais formas de evitar a inflamação da área tatuada.”

Além disso, é essencial proteger adequadamente a tatuagem do sol. “O sol é inimigo das tatuagens. Leve sua tattoo a sério, ela vai ficar com você para sempre!”, recomenda Dani. Agora que você já sabe como cuidar da tatuagem inflamada, conheça a nova tendência de tatuagem branca e aprenda como cuidar.

Assuntos: Tatuagens