3 motivos pelos quais seu cabelo está ficando branco muito cedo

Se ninguém da sua família teve cabelos brancos antes dos 35 anos, estas podem ser as explicações para seu cabelo estar ficando grisalho

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Foto: iStock

O embranquecimento dos cabelos é um fenômeno natural que marca a passagem do tempo nos seres humanos, mesmo que muitas pessoas não gostem muito desse fato.

Esse fenômeno acontece pela falta de melanina, pigmento que dá cor aos fios, no folículo capilar.

Na maior parte dos casos, as células que produzem a melanina ainda estão presentes no folículo, mas, com o passar do tempo, elas deixam de exercer sua função com tanta eficiência.

Nas mulheres, o mais comum é que os primeiros fios brancos aparecem depois dos 35 anos, então é compreensível que você possa ficar um pouco decepcionada se a sua cabeleira começar a embranquecer antes disso.

Mas não há muito que fazer além de tingir as madeixas, pois o principal fator envolvido nesse processo é a genética: se seu pai ou sua mãe tiveram um embranquecimento precoce dos fios, é bem possível que você também venha a ter.

Leia também: 10 motivos para amar seus cabelos brancos e rugas

Contudo, se ninguém da sua família tem essa característica, seus cabelos podem estar ficando brancos por outros motivos que não sejam a genética. Saiba quais são:

1. A deficiência de vitamina B12 pode ser um dos motivos

Foto: iStock

A vitamina B12, também chamada de cobalamina, é essencial na formação das nossas hemácias e no bom funcionamento do sistema nervoso. Além disso, de acordo com alguns estudos, como este realizado na Índia em 2016, a deficiência dessa vitamina pode estar relacionada ao embranquecimento precoce dos cabelos.

Embora os pesquisadores ainda não tenham certeza sobre como a falta desse nutriente afeta a pigmentação dos cabelos, existem algumas pistas de por que isso acontece. A proliferação das células do folículo capilar depende da síntese de DNA, que por sua vez é dependente da vitamina B12. Além disso, a cobalamina participa da estabilização da fase de crescimento dos fios.

Por isso, é importante incluir na dieta alimentos que forneçam a vitamina B12 para o nosso organismo, como salmão, atum, carne de porco, fígado, leite e derivados e ovos. Os veganos e vegetarianos podem ter mais dificuldade em manter níveis adequados dessa vitamina, de forma que pode ser necessário fazer uma suplementação sob orientação médica.

2. O cigarro envelhece a pele e os cabelos

Foto: iStock

Você já sabe que o cigarro causa uma série de doenças graves, como a enfisema pulmonar e vários tipos de câncer, além de contribuir para o envelhecimento precoce da pele. E se você desconfia que o cigarro pode acelerar o surgimento dos cabelos brancos, você está certa. Inclusive, existem estudos científicos comprovando isso.

Leia também: Cabelos brancos e grisalhos: como adotá-los com charme e leveza

Os cientistas ainda não têm certeza sobre como o cigarro faz com que o cabelo fique branco, mas, assim como no caso da falta da vitamina B12, eles têm alguns palpites. A principal teoria defende que o cigarro está associado à formação de radicais livres, os quais prejudicam as células produtoras de melanina, substância que dá cor aos fios.

3. Vida estressante: o debate continua

Foto: iStock

Outro fator comumente associado aos cabelos brancos em idades precoces é o estresse do dia a dia. Embora esse motivo ainda seja posto em xeque, essa crença tem encontrado algumas comprovações entre a comunidade científica.

Um estudo de 2013 realizado na Universidade de Nova York demonstrou que, ao serem submetidos a situações de estresse, os camundongos testados apresentaram um aumento na quantidade de pelos brancos.

Isso seria resultado da migração das células produtoras de melanina, que abandonam seu local original, na base do folículo capilar, sem que haja células substitutas para produzir o pigmento que dá cor aos fios. Esse abandono seria causado justamente pela ação dos hormônios ligados ao estresse, como o hormônio adrenocorticotrófico.

Outra linha de pesquisadores, porém, defende que os resultados obtidos em camundongos não podem ser extrapolados para os seres humanos.

Leia também: Como tingir cabelos brancos

De qualquer forma, mesmo que haja uma influência do estresse no embranquecimento dos cabelos, ela parece agir somente em pessoas que já tenham uma predisposição genética a apresentar essa característica. Ou seja, a maior “culpada” pelos seus cabelos brancos antes dos 35 anos ainda é a herança familiar.

Assuntos: Cabelos

Dicas pela Web
Comentários