10 truques simples e eficazes para fazer seu filho comer legumes e verduras

Fazer pratos divertidos e coloridos não são a única forma de convencer os pequenos a comerem legumes e verduras

Escrito por Beatriz Castells

Foto: iStock

Quem é pai, mãe ou convive com crianças sabe como é difícil fazê-los comer verduras e legumes. Principalmente nos primeiros anos de vida, o paladar da criança está se formando, mas é importante que ela experimente os alimentos para conhecer o sabor dos alimentos.

Nós, adultos, já estamos acostumados a consumir legumes e verduras, não podemos nos esquecer que essa é uma questão de hábitos e hábitos se criam com o tempo. No início pode não ser tão simples fazer com que as crianças comam todos os alimentos que vão fazer bem para a saúde deles. Para te ajudar, selecionamos 10 truques simples que vão tornar essa tarefa mais fácil.

1. Use os temperos certos

Foto: iStock

O paladar de todos nós é diferente, não tem como dizer quais temperos as crianças mais gostam. Aqui, a regra é testar. Use diferentes tipos de tempero e vá prestando atenção qual tem maior aceitação por parte dos pequenos. Anote algumas combinações que costumam fazer sucesso: cenoura com gengibre, verduras verdes, como o brócolis, com alho e salada de folhas temperada com mostarda e mel.

2. Insista para que eles provem mais de uma vez

Foto: iStock

Alguns estudos apontam que crianças que recusaram algum alimento, geralmente começam a aceitá-lo depois de ter provado de 8 a 10 vezes. Após algumas vezes experimentando, a comida inicialmente rejeitada passa a ter um sabor familiar e o paladar se acostuma.

3. Asse os vegetais

Foto: iStock

Além de ser uma forma de preparo fácil, assar os vegetais faz com que o açúcar presente nesses alimentos caramelize. Dessa forma, eles ficam mais “docinhos” e o aroma também se torna mais atraente. Você pode usar azeite para dar um toque especial e deixar os vegetais ainda mais deliciosos!

Leia também: 50 receitas de papinha para bebê completas e saborosas

4. Deixe as crianças escolherem

Foto: iStock

Levar as crianças ao supermercado nem sempre é uma tarefa fácil, mas pode ser uma saída para que eles possam escolher quais legumes e verduras eles querem comer. Além disso, essa atitude estimula a independência das crianças. Quando for servir, lembre-os que aqueles são os alimentos que elas mesmo escolheram.

5. Rale os vegetais no formato de espaguete

Foto: iStock

Macarrão as crianças gostam, certo? Você já pensou em fazer macarrão de vegetais? Você pode cortar normalmente com a faca ou usar algum tipo de ralador que dê esse efeito. Abobrinha, cenoura, beterraba e abóbora são apenas alguns exemplos de vegetais que podem ser usados para fazer esse tipo de espaguete.

6. “Camufle” os vegetais com outros alimentos

Foto: iStock

Manteiga, bacon, queijo… Se a criança gosta de alguns alimentos mais calóricos e menos saudáveis, introduza os vegetais misturados a esses ingredientes. Uma ideia legal é gratinar legumes com queijo e salpicar pedacinhos de bacon por cima. Muito mais atraente que o vegetal puro, não é mesmo? Com o tempo os pequenos se acostumam e você pode ir deixando os pratos mais saudáveis e menos calóricos.

7. Faça purê de vegetais

Foto: iStock

Transformar os legumes em purê é uma ideia prática, já que você pode congelar em pequenas porções e servir de várias formas. Pode ser com carnes ou peixes, almôndegas, tortas ou com arroz. Cenoura, brócolis, batata-doce, abóbora e ervilha são alguns exemplos de vegetais que podem ser congelados.

8. Faça sucos de vegetais

Foto: iStock

Fazer sucos de verduras e legumes é outra boa dica para incluir vegetais na alimentação das crianças. Couve, beterraba, espinafre, pepino são ótimos ingredientes para fazer um suco delicioso. O ideal é não adicionar açúcar a esses sucos, mas se a criança fizer careta pode colocar um pouco de mel. Mas lembre-se: mastigar é importante para o desenvolvimento dos pequenos. Eles não devem se alimentar exclusivamente de líquidos e alimentos pastosos.

Leia também: 7 dicas para escolher a cadeira de alimentação do bebê

9. Use cremes e molhos

Foto: iStock

Requeijão, cream cheese, pasta de amendoim, ketchup… Por que não mergulhar um pedacinho de cenoura em um desses cremes? Tenho certeza que ela ficará mais atraente. Qualquer creme ou molho que é adorado pelas crianças pode ser usado a seu favor na hora das refeições, apenas tome cuidado para que eles não sejam utilizados em excesso.

10. Encoraje as crianças e dê bons exemplos

Foto: iStock

Não vai adiantar nada você ficar citando para as crianças os benefícios que os vegetais trazem para a saúde deles. Nessa fase, eles não estão muito preocupados com essas coisas. Em vez disso, fale que as verduras e legumes vão deixá-los mais fortes e maiores. Se for preciso, mostre exemplos de pessoas ou personagens que ele admira, reforçando que eles também se alimentam de forma saudável. E nunca se esqueça: a criança segue os exemplos que ela têm em casa.

Dica extra: não desista!

Foto: iStock

Todas essas dicas são para te ajudar nessa difícil jornada que é criar uma criança e ninguém disse que seria fácil. Uma regra de ouro é não fazer comparações. O filho da sua amiga adora brócolis e nem liga pra chocolate? Ótimo. Não fique se culpando porque o seu se joga no chão toda vez que vê uma cenoura. Nesses momentos, paciência é a palavra-chave. Mais que paciência, persistência. E se depois de muita insistência ele continua não comendo, tudo bem também. Não se cobre tanto! Nenhuma criança é igual a outra. Uma hora ou outra seus esforços vão ser recompensados.

Você tem mais algum truque para fazer com que as crianças não tenham paladar infantil para sempre? Conte para nós aqui nos comentários e compartilhe este poste com aquela pessoa que está precisando de uma ajudinha com a alimentação dos pequenos.

Leia também: Meu bebê não ganha peso: o que fazer?

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web
Comentários