Anchova: o peixe que traz sabor e diversos benefícios para o seu prato

Acessível e marcante, a anchova oferece proteção ao coração, aos olhos e pode ajudar até mesmo na perda de peso

Escrito por Tais Romanelli
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

De nome científico “Pomatomus saltator”, a anchova é um peixe conhecido também como enchova ou bluefish, por apresentar uma coloração azulada no dorso.

De acordo com Renata Amorim, nutricionista da All Clinik, esse peixe está presente nos mares tropicais do mundo todo. No Brasil, incide em toda a costa, da região Norte à região Sul.

“A anchova é um peixe de excelente qualidade e bastante apreciado pelo seu sabor. Facilmente encontrado em feiras, peixarias e mercados”, destaca a nutricionista.

Apesar disso, muitas pessoas ainda não conhecem os benefícios da anchova e/ou não sabem como utilizar este peixe. Abaixo você conhece mais sobre ele e confere receitas práticas para consumi-lo no dia a dia! Até mesmo quem “torcia o nariz” para comer este peixe provavelmente vai querer experimentá-lo!

5 bons motivos para consumir anchova

Esse peixe é rico em proteínas, vitaminas e minerais que ajudam na manutenção da boa saúde. Veja quais benefícios ele pode te oferecer:

Leia também: 11 alimentos enlatados que você deve evitar

1. Proteção ao coração: Renata destaca que a anchova é fonte de ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 (“a gordura que protege o coração”), com destaque para os ácidos graxos EPA (ácido eicosapentaenoico) e DHA (ácido docosahexaenóico). “O aumento do consumo de ômega-3 está fortemente atrelado à redução do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, especialmente os eventos ligados à aterosclerose”, explica.
2. Beleza e saúde para a pele: além de ser fonte de ácidos gordos essenciais, a anchova é fonte de Vitamina E e minerais como o selênio – nutrientes que contribuem para a saúde e, consequentemente, para a beleza da pele.
3. Melhora da saúde óssea e saúde dos dentes: sendo fonte de cálcio e vitamina A, a anchova contribui para o crescimento ósseo, ajudando a combater a degradação óssea. Também garante maior proteção aos dentes, mantendo-os mais fortes e saudáveis.
4. Ajuda na perda de peso: tendo poucas calorias e quantidades significativas de proteínas, a anchova pode ser boa aliada para quem quer perder peso, visto que o aumento dos níveis de proteína ajuda a fornecer saciedade (evitando que a pessoa exagere na alimentação).
5. Proteção para os olhos: devido à presença de vitamina A, o consumo de anchova pode ajudar a combater a degradação do olho e degeneração macular, bem como a catarata.

12 receitas para incrementar sua anchova

Quer aproveitar as vantagens deste peixe, mas não sabe como prepará-lo? Confira algumas ideias:

Foto: Reprodução / Cozinha Vibrante

Foto: Reprodução / Cozinha Vibrante

1. Anchova grelhada com nhoque de banana ouro: se tem uma coisa que combina com peixe é banana, ainda mais nesta receita. O doce da banana cai muito bem com a “potência” da anchova. O preparo do prato completo é fácil e o resultado é delicioso!

2. Anchovas no sal grosso: você precisará de anchovas limpas, sal grosso, ramos de alecrim e pimenta dedo-de-moça. Para o vinagrete, que será colocado dentro do peixe, usará tomate, cebola, alho-poró, ramos de funcho, salsinha, azeite e sal.

3. Pasta de azeitonas pretas e anchovas: a dica é servir a pasta de azeitona numa taça, decorada com bagas de pimenta vermelha. Uma ótima ideia de petisco, para o início de uma refeição, por exemplo. A pasta pode ser passada no pão, em tostas ou bolachas de água e sal.

4. Molho vermelho com filé de anchovas e manjericão: com ótima textura, servirá de base para você fazer uma massa, bruschetas, pães e massas de pizza. Para fazer o molho, você usará tomate pelado, cebola, azeite extravirgem, vinho branco, filés de anchova, alho picado, manjericão, orégano e molho de pimenta.

Leia também: 12 alimentos que você deve comer todos os dias

5. Abobrinha crua e refrescante com anchovas: receita simples e light, que leva anchova, ricota ou mussarela de búfala e um molho delicioso com limão, hortelã e pimenta dedo-de-moça.

6. Salada Caesar: a anchova é o destaque, ou melhor, o “toque a mais” do molho que vai na deliciosa salada. Além dela, você usará gema, alho, parmesão, vinho tinto, limão Tahiti, mostarda Dijon, molho inglês, sal, pimenta-do-reino, azeite de oliva e tabasco.

7. Salada de trigo e beterraba com vinagrete de anchovas: a beterraba e as anchovas fazem uma dupla dinâmica, com o perfume picante da anchova complementando a textura da beterraba. Neste prato, o perfume das anchovas não é tão marcante, mas elas vão dar uma profundidade à salada que, inclusive, pode ser uma refeição completa.

8. Salada de macarrão com tomate e anchova: boa dica para quem, nos dias quentes, preza por uma alimentação fria, saudável e rápida de preparar. O tempo de preparo é basicamente o do cozimento da massa e os ingredientes combinam o carboidrato do macarrão, as excelentes propriedades do tomate e a proteína (e o sabor!) da anchova.

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

9. Espaguete com molho de alho e anchova: uma deliciosa massa, muito parecida com o tradicional macarrão alho e óleo, a não ser pelo uso da anchova e da abobrinha, que dão um toque todo especial ao prato.

Leia também: 21 alimentos bons para a saúde dos olhos

10. Penne integral com anchovas e tomate confit: nesta receita foi usado tomate cereja do tipo sugar grape, que é bem docinho, mas você pode usar qualquer outro. O preparo, tanto do tomate, como do penne em si, é fácil e o prato torna-se uma refeição completa e saborosa.

11. Orecchiette com molho de tomate, alcaparras e anchova : massa com molho sugo é incrível, mas, às vezes, torna-se entediante. O jeito então é acrescentar pequenos toques que dão outra dimensão de sabor, como alcaparras e anchova. Mas vale destacar que o sabor forte desses dois ingredientes, quando incorporados ao molho, são atenuados, acrescentando apenas profundidade ao prato.

12. Vitello Tonnato: uma clássica receita italiana à base de carne com um molho à la maionese de atum e anchovas. É indicado o uso de carne de vitela, mas ela pode ser substituída por lagarto.

Como escolher a anchova?

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Renata destaca que, para aquisição de um pescado fresco, deve-se reconhecer alguns sinais:

  • A carne é firme, elástica e resistente à pressão dos dedos;
  • Olhos salientes e brilhantes;
  • A cauda é firme e na direção do corpo;
  • O ventre não deve estar abaulado;
  • Escamas bem aderidas à pele;
  • Guelras vermelhas e com cheiro característico;
  • Pele brilhante e úmida.

Contraindicações da anchova

Se a anchova for consumida fresca, não existe qualquer tipo de contraindicação. “Já a anchova em conserva é rica em sódio e por isso deve ser evitada por hipertensos, pois pode haver aumento da pressão arterial”, destaca a nutricionista Renata.

Leia também: Ômega-3: a gordura que protege o coração e é aliada da boa saúde

Agora você já conhece bons motivos para consumir anchova e tem ainda receitas deliciosas para incluir este delicioso peixe na sua alimentação!

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web
Comentários