12 canções de ninar para conhecer e cantar para o seu bebê

Relaxe seu bebê e aproveite esse momento tão íntimo entre vocês

Escrito por Lucila Vilarins

Foto: iStock

Não há relação humana mais bonita e laço de amor mais profundo do que o de uma mãe com seu filho, concorda? É como observar uma nova parte de você sendo desenvolvida em outro corpo e ter a sensação de que é a sua melhor parte e também a mais vital!

Com tanto amor permeando essa relação tão bonita e tão pura, tudo o que você mais quer é que seu filho se desenvolva da melhor maneira possível e sinta-se muito, muito, muito amado – simplesmente porque ele efetivamente é.

Uma excelente maneira de demonstrar esse sentimento e motivar seu filho a reconhecer as emoções positivas que você transmite, é cantar para ele. Isso mesmo, as canções de ninar, além de serem uma ode ao amor, estimulam sentimentos e ajudam a acalmar o seu bebê.

Pensando nisso, confira o repertório de canções de ninar que preparamos para você e seu bebê desfrutarem de belos momentos de aconchego.

1. Brilha, Brilha, Estrelinha

Leia também: 5 medos que os pais de primeira viagem têm

Brilha, brilha estrelinha/ Quero ver você brilhar/ Brilha, brilha estrelinha/ Quero ver você brilhar/ Brilha, brilha lá no céu/ Brilha, brilha lá no mar/ Brilha, brilha estrelinha/ Quero ver você brilhar/ Brilha, brilha estrelinha/ Quero ver você brilhar/ Brilha, brilha estrelinha/ Quero ver você brilhar/ Brilha, brilha lá no céu/ Brilha, brilha lá no mar/ Brilha, brilha estrelinha/ Quero ver você brilhar/

Essa linda música deriva de uma canção francesa de autoria desconhecida, que inspirou o compositor Wolfgang Amadeus Mozart a compor 12 variações de sua melodia.

2. Meu anjo sim

Não sei se tu tens um anjo/ Que eu tenho um anjo sim/ Meu anjo é um pequenino/ Que agora vai dormir/ Dorme meu anjo lindo/ Meu menino serafim/ Que o sono vem vindo/ Pra levar você de mim/ Porque está na hora/ Na hora de dormir/ Dorme meu pequenino/ Dorme meu querubim

Nesta canção, a mãe se refere ao seu filho carinhosamente como um anjo, abençoando-o e desejando-lhe que tenha uma boa noite de sono.

Leia também: 6 benefícios da leitura para seu bebê

3. Carnerinho, Carneirão

Carneirinho, carneirão-neirão-neirão/ Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão, pro chão/ Manda o Rei, o Rei, Senhor, Senhor/ Para todos se ajoelharem/ Carneirinho, carneirão-neirão-neirão/ Olhai pro céu, olhai pro chão, pro chão, pro chão/ Manda o Rei, o Rei, Senhor, Senhor/ Para todos se levantarem.

Há outras versões desta linda canção que são cantadas nas cirandas e que estimulam as crianças a se socializarem e desenvolverem suas habilidades motoras.

4. Alecrim Dourado

Alecrim, alecrim dourado/ Que nasceu no campo/ Sem ser semeado/ Alecrim, alecrim dourado/ Que nasceu no campo/ Sem ser semeado/ Foi meu amor/ Que me disse assim/ Que a flor do campo é o alecrim/ Foi meu amor/ Que me disse assim/ Que a flor do campo é o alecrim/ Alecrim, alecrim dourado/ Que nasceu no campo/ Sem ser semeado/ Alecrim, alecrim dourado/ Que nasceu no campo/ Sem ser semeado/ Foi meu amor/ Que me disse assim/ Que a flor do campo é o alecrim/ Foi meu amor/ Que me disse assim/ Que a flor do campo é o alecrim/

Leia também: Disciplina Positiva: eduque seu filho com amor e carinho

Com origem portuguesa, essa canção fala do alecrim, que é uma planta muito resistente e, por isso, algumas pessoas associam os atributos da coragem, da fidelidade e da confiança a sua flor azul.

5. Dona Aranha

A dona aranha/ Subiu pela parede/ Veio a chuva forte/ E a derrubou/ Já passou a chuva/ E o sol já vem surgindo/ E a dona aranha/ Continua a subir/ Ela é teimosa/ E desobediente/ Sobe, sobe, sobe/ E nunca está contente/ A dona aranha/ Subiu pela parede/ Veio a chuva forte/ E a derrubou/ Já passou a chuva/ E o sol já vem surgindo/ E a dona aranha/ Continua a subir/ Ela é teimosa/ E desobediente/ Sobe, sobe, sobe/ E nunca está contente/

Uma música que aparentemente foi feita somente para divertir pode trazer um significado maior por trás de sua letra. Se observada de maneira positiva a atitude da dona aranha, mencionada na música como teimosa e desobediente, pode se referir à sua perseverança em alcançar seu objetivo de subir a parede e de não desistir diante das adversidades da vida. Melhor enxergar por esse aspecto, não é?!

6. O cravo brigou com a rosa

Leia também: Criação com apego estimula vínculo forte entre pais e filhos

O cravo brigou com a rosa/ Debaixo de uma sacada/ O cravo saiu ferido/ E a rosa despedaçada/ O cravo ficou doente/ E a rosa foi visitar/ O cravo teve um desmaio/ E a rosa pôs-se a chorar/ O cravo brigou com a rosa/ Debaixo de uma sacada/ O cravo saiu ferido/ E a rosa despedaçada/ O cravo ficou doente/ E a rosa foi visitar/ O cravo teve um desmaio/ E a rosa pôs-se a chorar

Você sabia que essa canção integra um conjunto de 16 peças inspiradas no folclore brasileiro e criadas por Villa Lobos?

7. Se essa rua fosse minha

Se essa rua, se essa rua fosse minha/ Eu mandava, eu mandava ladrilhar/ Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhante/ Para o meu, para o meu amor passar/ Nessa rua, nessa rua tem um bosque/ Que se chama, que se chama solidão/ Dentro dele, dentro dele mora um anjo/ Que roubou, que roubou meu coração / Se eu roubei, se eu roubei teu coração/ É porque, É porque te quero bem/ Se eu roubei, se eu roubei teu coração/ Tu roubaste, tu roubaste o meu também

Essa música é cheia de significado, já reparou? Fala de tornar mais belo e agradável o caminho de quem se ama – que é visto com um ser sagrado. E, ainda, usa a palavra roubar para expressar algo que ocorre independentemente da vontade de quem sofre o roubo; ou seja, sem que a moça quisesse, se apaixonou pelo rapaz (que roubou o coração dela), que afirma ter acontecido com ele também.

8. Feche os olhos

Feche os olhos, meu bem/ Não há nada que possa te assustar/ Não há medo que te impeça de sonhar/ Feche os olhos, meu bem/ Não há nada que possa te assustar/ Não há medo que te impeça de sonhar/ Como penas bailando levemente no ar/ Cantarei docemente/ Nada vai te acordar

Nesta canção, a mãe transmite segurança ao filho, dando-lhe a certeza de que ela o protegerá e velará pelo seu sono, para que assim, ele possa sonhar.

9. Chove

Chove bem devagar/ Fica lindo lá fora/ O soninho já vem/ Logo, logo, não demora/ Chove bem devagar/ Que caminha gostosa/ O papai vai chegar/ Logo, logo, não demora/ Chove bem devagar/ Fica lindo lá fora/ O soninho já vem/ Logo, logo, não demora/ Chove bem devagar/ Que caminha gostosa/ O papai vai chegar/ Logo, logo, não demora

Essa música relembra o quanto é bom dormir com chuva, aquela chuva tranquila, que refresca a noite e acalma o espírito; chuva que ajuda a tranquilizar a criança que está à espera do papai para dormir.

10. Ursinho Pimpão

Vem meu ursinho querido/ Meu companheirinho/ Ursinho Pimpão/ Vamos sonhar aventuras/ Voar nas alturas/ Da imaginação/ Como na história em quadrinhos/ Eu sou a Sininho/ Você Peter Pan/ Vamos fazer nossa festa/ Brincar na floresta/ Ursinho Tarzan/ Enquanto o sono não vem/ Eu sou Chapeuzinho/ Você meu galã/ Dança também (Pimpão)/ Pelo salão (Pimpão)/ É tão bonita, nossa canção/ Manhã já vem (Pimpão)/ Dorme Pimpão (Pimpão)/ Urso folgado, não tem lição/ Vem meu mocinho querido/ Ator preferido/ Da minha estação/ Vou te sonhar colorido/ Pegando bandido/ Na televisão/ Vamos deixar o cansaço/ Dormir num abraço/ Meu velho amigão/ Não fique triste zangado/ Se eu viro de lado/ E te jogo no chão/ Ah! Meu ursinho palhaço/ Seu circo é um pedaço/ Do meu coração/ Dança também (Pimpão)/ Pelo salão (Pimpão)/ É tão bonita nossa canção / Manhã já vem (Pimpão)/ Dorme Pimpão (Pimpão)/ Urso folgado, não tem lição

Essa canção (tão lúdica!), remete ao imaginário infantil, em que a criança pode ser o que quiser e no qual nunca estará sozinha – sempre terá seu melhor amigo, o Ursinho Pimpão.

11. Vagarinho

Vagarinho, vagarinho/ Fecha o olho no seu ninho/ E o sono vai chegar/ E o sono no escurinho/ Vagarinho, vagarinho/ Põe o mundo pra sonhar…

Com uma melodia bem calma e letra cheia de rimas, essa canção dá um soninho gostoso… Perfeita para fazer seu bebê relaxar!

12. A chuva

A chuva cai faz ti lim/ O sapo coacha cha cha/ O sino bate dim dom/ Eu canto la la la la/ A noite vai começar/ Só falta você nanar.

Essa canção lúdica e tranquila reproduz o som do significado das palavras que traz consigo, como o barulho do sino, por exemplo.

Que delícia aprender ou relembrar todas essas canções e transformar um momento que já é muito especial – o de aconchegar e ninar seu filho -, em um momento verdadeiramente mágico e que transborda amor. Que seu filho tenha sempre bons sonhos e que você possa sempre sonhar com ele!

Assuntos: Bebês

Dicas pela Web
Comentários