8 benefícios do mel que vão te fazer enxergá-lo com outros olhos

Mel possui propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e antibacterianas; conheça mais sobre o alimento

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

Além do consumo como alimento, o mel sempre foi muito usado também como remédio, pois é rico em componentes benéficos para a saúde, como vitaminas e minerais.

Os tipos mais escuros costumam ser ainda melhores. Veja alguns benefícios que já foram comprovados cientificamente.

1. Acaba com a tosse

É um dos usos mais comuns e é comprovado por vários estudos, alguns indicando inclusive que é mais eficaz que medicamentos para tosse. Mas deve ser evitado em crianças com menos de um ano de idade, pois pode haver riscos.

2. Reduz risco de doenças

Foto: iStock

O mel de alta qualidade contém muitos antioxidantes, incluindo compostos fenólicos como flavonoides, que ajudam a reduzir o risco de ataques cardíacos, derrames e alguns tipos de câncer.

3. Faz menos mal que o açúcar para diabéticos

Por um lado, o mel pode auxiliar com alguns fatores de risco comuns em diabéticos. Por outro lado, pode aumentar os níveis de açúcar no sangue, mas não tanto como o açúcar refinado. Por isso, faz menos mal e pode ser consumido com moderação.

Leia também: A importância do mel para a saúde

4. Pode baixar a pressão arterial

Foto: iStock

A pressão arterial alta é fator de risco para doenças cardíacas e o mel pode ajudar a baixá-la um pouco, pois possui compostos antioxidantes que têm sido associados a essa diminuição.

5. Melhora o colesterol

O colesterol LDL (ruim) alto é outro fator de risco para doenças cardíacas. E o consumo de mel ajuda a reduzir o colesterol total e o LDL, além de aumentar o colesterol HDL, considerado o colesterol bom.

6. Pode diminuir os triglicerídeos

Foto: iStock

Mais um fator de risco para doenças cardíacas, os triglicérides sanguíneos também podem ter seus níveis reduzidos com o consumo de mel, especialmente quando usado para substituir o açúcar.

7. Faz bem para a saúde do coração

O mel é fonte de fenóis e outros compostos antioxidantes, que ajudam as artérias do coração a dilatar, aumentando o fluxo sanguíneo para o coração e ajudando a prevenir a formação de coágulos sanguíneos, o que pode levar a ataques cardíacos e derrames.

8. Cura queimaduras e feridas

Foto: iStock

Aplicar mel sobre a pele ajuda a curar feridas e queimaduras. A prática vem desde o antigo Egito e funciona ainda hoje. Um estudo de 2015 comprovou sua eficácia na cicatrização, possivelmente por causa de seus efeitos antibacterianos e anti-inflamatórios e sua capacidade de nutrir o tecido.

Leia também: 10 alternativas saudáveis para matar sua vontade de comer doces

Viu só como esse ingrediente pode ser bom para você? Você pode usar o mel também em chás, em algumas sobremesas para substituir o açúcar e até mesmo em receitas salgadas, dando um sabor agridoce aos seus pratos. Vale a pena provar!

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web