Tipos de cabelo: as características dos fios e os cuidados para cada um

Escrito por
Em 03.06.19

Thaís Damasco

A tabela dos tipos de cabelo, que vai dos lisos escorridos aos crespos volumosos, foi criada para nos ajudar a conhecer as características específicas dos fios e saber quais cuidados devemos ter com cada um. São 4 categorias e cada uma delas apresenta 3 subdivisões que especificam a definição e a espessura das mechas.

Continua após o anúncio

Você sabe qual é o seu? Consultamos a cabeleireira Luísa Fregonezi, do estúdio de visagismo Cabelo’s Hair Peluqueria para saber mais sobre os tipos de cabelo, além de dicas e cuidados para cada um. Confira:

Cabelo tipo 1: liso

O primeiro tipo da tabela é o 1, os cabelos lisos. Eles se dividem em 3 subcategorias que se diferem pela espessura e movimento dos fios. Veja as diferenças entre eles e os produtos recomendados:

1A

Esse tipo de cabelo não possui nenhum tipo de ondulação e é conhecido como liso extremo, sem qualquer tipo de textura.

Leia também: Cortes de cabelo: 250 fotos para inspirar sua mudança de visual

Dicas e cuidados: como esse cabelo tende a ser finíssimo e frágil, aconselha-se pentear com cuidado, usar produtos leves para os fios não ficarem pesados e aparar as pontinhas com frequência.

1B

O cabelo 1B não possui nenhum tipo de ondulação, mas se diferencia do tipo 1A em sua espessura, sendo mais grosso que o anterior.

Dicas e cuidados: se você quer dar volume e movimento aos fios 1B, a dica é utilizar os shampoos a seco. Para fazer a limpeza e finalização das mechas, priorize os produtos leves e transparentes.

Continua após o anúncio

1C

Esse tipo de cabelo é mais grosso e pesado que os anteriores, resultando em madeixas volumosas. Além disso, o 1C tem tendência à oleosidade.

Dicas e cuidados: recomenda-se o uso de shampoos antiresíduos, que evitam a oleosidade e a caspa sem que você tenha que lavar o cabelo todos os dias.

Leia também: Texturização capilar: descubra técnicas para ter cachos deslumbrantes

Apesar dos fios tipo 1 serem fáceis de manter, não dispense a hidratação semanal. Lembre-se de usar produtos específicos para os fios lisos para que o cabelo não fique pesado ou oleoso.

Cabelo tipo 2: ondulado

O cabelo tipo 2 são os ondulados e suas subdivisões A, B e C possuem espessuras e formatos diferentes. Esses cabelos apresentam curvas e texturas no comprimento, mas a raiz é lisa. Veja as características e dicas para cada um:

2A

Também conhecidos como “lisos que armam”, esse tipo de fio apresenta um formato de onda pouco marcada. Ainda não é possível ver a formação de um S definido.

Dicas e cuidados: para o 2A, recomenda-se o uso de produtos leves para a limpeza, como os shampoos transparentes e os cosméticos em gel para que o cabelo não fique pesado. Os cortes em camadas dão movimento e volume aos fios.

2B

Nesse tipo de cabelo é possível ver a formação de um desenho de S. Os 2B, entretanto, não têm formato de mola ou gancho.

Leia também: Reconstrução capilar: o que é, produtos e dicas de como fazer em casa

Continua após o anúncio

Dicas e cuidados: os cabelos tipo 2 precisam de estímulos como a texturização capilar para apresentar cachos. Para dar movimento às mechas, você pode “amassar” o cabelo enquanto ele estiver molhado. Luisa alerta que os produtos muito umectantes podem fazer com que o cabelo fique pesado e perca sua definição.

2C

Esse tipo apresenta uma formação mais marcada do cacho e os fios costumam ser extremamente sensíveis. A raiz do 2C é lisa, e por isso a definição dos fios pode mudar ao longo do dia.

Dicas e cuidados: para esse tipo, recomenda-se cortes em camadas e penteados que desenvolvam a estrutura ondulada dos fios. Para manter a definição das ondas no cotidiano, utilize produtos leves e estimulantes.

De acordo com a especialista, o tipo 2 possui pouco grau de encolhimento e pode ser cortado molhado, sem que isso altere seu comprimento.

Cabelo tipo 3: cacheado

E os cabelos cacheados são definidos como tipo 3. Eles costumam ser volumosos e os formatos e definições dos cachos são diversos. Confira as diferenças entre o A, B e C, os cuidados necessários para cada tipo e recomendações de produtos.

3A

Esse tipo de cabelo se caracteriza pelos cachos bastante definidos porém mais soltos. Trata-se de fios sensíveis, largos e em formato de espiral. Sua raiz não é ondulada.

Dicas e cuidados: para os cacheados tipo 3A, aconselha-se produtos que ajudem delimitar a estrutura dos cachos. Para a manutenção, você pode alternar entre cremes e mousses para definir os cachos.

3B

Os cachos desse tipo de cabelo são menores e mais fechados. As pontas tendem a ser secas, pois a oleosidade natural não chega em todo o seu comprimento.

Dicas e cuidados: a partir desse tipo de cacho, é possível utilizar shampoos mais cremosos para a limpeza dos fios, além de cremes densos para a hidratação.

Continua após o anúncio

3C

Esse tipo de fio é caracterizado por cachos ainda mais estreitos se comparados ao 3B, mas ainda é possível ver a formação bem definida do cacho.

Dicas e cuidados: para esse tipo, recomenda-se umectações e hidratações com produtos cremosos. Como este fio possui um grau maior de encolhimento quando estão molhados, Luisa recomenda cortes a seco.

O tipo 3 permite que você use produtos mais cremosos para mantê-los hidratados e nutridos sem que os cachos fiquem pesados. Para maior definição, faça texturizações e invista em um creme ativador de cachos.

Cabelo tipo 4 e 5: Crespo

O tipo 4 e 5 são conhecidos como cabelos crespos e se caracterizam pelas madeixas volumosas e pela texturização desde a raiz. Algumas subdivisões formam cachos e outras possuem uma textura mais seca e mechas volumosas. Veja como cuidar desses fios:

4A

De acordo com a profissional, a diferença desse tipo de cacho em relação aos 3ABC é que mesmo molhado ele apresenta cachos bastante visíveis. É uma mistura de cachos e torções.

Dicas e cuidados: esses fios contam com uma camada fina de cutícula, o que faz com que eles retenham pouquíssima umidade. Por isso, recomenda-se o uso de produtos densos, como shampoos e condicionadores cremosos, e cremes amanteigados. Se você deseja manter os cachos definidos, aposte em texturizações artificiais.

4B

Esse tipo de cabelo se caracteriza pelos fios muito enrolados com formato de zigzag, sendo menos definidos. É um fio mais seco e extremamente fino, o que os torna muito sensíveis.

Dicas e cuidados: invista em óleos essenciais e produtos umectantes para manter os fios nutridos. Para esse tipo de cabelo é importante fazer hidratações semanais para que as mechas continuem saudáveis sem que fiquem ressecadas ou com texturas ásperas.

4C

Esse cabelo se caracteriza pelo grande volume e por cachos poucos definidos. É extremamente sensível por ter um fio muito fino e conta com graus altos de porosidade e encolhimento.

Dicas e cuidados: Por causa do encolhimento dos fios, o cabelo 4C seco é reduzido a ⅓ do tamanho, então os cortes devem ser feitos a seco. Luisa afirma que cortar esse tipo de cabelo significa esculpir sua forma. Para mantê-los saudáveis, é preciso fazer umectações e hidratações com produtos densos e extremamente cremosos.

5

O 5 foi incluído recentemente na tabela dos tipos de cabelos e trata-se de um fio ultratexturizado e crespo que não forma cachos, além de ser supervolumoso.

Dicas e cuidados: as umectações com óleos essenciais são indispensáveis para a manutenção das madeixas, pois elas ajudam a evitar a porosidade das mechas. Como trata-se de um cabelo seco, evite lavar todos os dias e utilize produtos cremosos.

A cabeleireira lembra que os fios tipo 4 e 5 devem ser cortados a seco para que o encolhimento das mechas não afete o comprimento e o resultado final. São cabelos poderosos mas que precisam de hidratações constantes para se manterem saudáveis.

Encontrou o tipo do seu cabelo? Luisa lembra que além de conhecer as características dos seus fios, é preciso levar em consideração o que você prefere nas suas madeixas. Há cortes, definições e caimentos diversos para cada fio, além de produtos variados para cada um.

Assuntos: Cabelos

Para você