Saiba o que é o peeling ultrassônico e os seus benefícios para a pele

Escrito por
Em 25.05.21

iStock

Por                                
Em 25.05.21

O peeling ultrassônico possui benefícios significativos à pele, principalmente para quem tem acne, manchas, cicatrizes e rugas. A dermatologista Drª Anelise Dutra Ramos (CRM/SP 130.495 | RQE 61.946), da clínica Unique, falou mais sobre a técnica, os cuidados, as contraindicações e respondeu as principais dúvidas. Confira na matéria!

Publicidade

O que é peeling ultrassônico?

iStock

A dermatologista explicou que o “peeling ultrassônico é um procedimento que utiliza um sistema de microvibrações ultrassônicas para eliminar as camadas mais superficiais da pele e estimular renovação do tecido cutâneo, promovendo melhora na sua aparência, elasticidade e luminosidade. É feito por meio de um equipamento semelhante a uma espátula que vibra sobre a pele úmida, transmitindo ondas ultrassônicas, sem gerar traumas ou dor no local”.

“O peeling ultrassônico é seguro, pode ser realizado em qualquer área do corpo e em qualquer tipo de pele. Mas o ideal é que seja feito por profissionais de saúde que estejam treinados a usar o aparelho”, ressaltou a dermatologista.

Para que serve o peeling ultrassônico

Confira abaixo, quais são as suas principais aplicações da técnica de acordo com a profissional:

  • Suaviza manchas: Anelise explicou que “o peeling ultrassônico promove descamação das camadas superficiais da pele deixando-a mais clara e uniforme”.
  • Clareia olheiras: “por fazer a remoção das células superficiais pigmentadas, o peeling ultrassônico promove o clareamento das olheiras”, informou.
  • Atenua cicatrizes e rugas: a dermatologista apontou que devido o aumento do tônus da pele pela indução da produção de colágeno e elastina, a técnica minimiza cicatrizes e rugas.
  • Diminui o tamanho dos poros: “a onda ultrassônica remove as células mortas que rodeiam os poros, melhorando esse aspecto”, explicou Anelise.
  • Redução da acne: a dermatologista informa que o peeling ultrassônico “elimina células mortas, diminui a oleosidade e toxinas na pele e, como consequência, ocorre a melhora da acne”.
    • Os benefícios mencionados acima podem ser obtidos por meio de cinco etapas: limpeza, hidratação, esfoliação, nutrição e tonificação da pele.

      Riscos, cuidados e contraindicações do peeling ultrassônico

      Anelise informou que “o procedimento não necessita de preparo prévio e não costuma agredir a pele, mas pode gerar leve vermelhidão nos primeiros minutos após a aplicação, porém desaparecerem rapidamente. Orienta-se evitar qualquer tipo de maquiagem, tintura de cabelo, idas à piscina ou sauna e fazer exercícios vigorosos nas primeiras 12 horas após o procedimento. Além disso, depois da sessão recomenda-se usar filtro solar adequado”.

      O peeling ultrassônico é contraindicado para pessoas “portadoras de marca-passo, próteses metálicas, gestantes ou lactantes. Também não é indicado para quem tem pele sensível, doenças pustulosas e virais de pele, doenças inflamatórias agudas na pele (acne fase inflamatória, rosácea, psoríase, dermatite crônica), paralisia do nervo facial, neurite trigeminal, sinusite aguda, cálculo renal e biliar, e doenças cardiovasculares e oncológicas”, alertou a dermatologista.

      Mais dúvidas respondidas

      A seguir, a Dra Anelise respondeu mais algumas dúvidas sobre o procedimento. Acompanhe:

      Publicidade

      1. Quanto tempo dura o peeling ultrassônico?

      Adenise Ramos (AR): “os procedimentos duram em torno de 30 a 60 minutos, devendo ser realizado mensalmente”.

      2. Quanto custa o peeling ultrassônico?

      AR: “o custo médio é de 40,00 por sessão”. Lembrando que o preço pode variar de acordo com a região e/ou profissional.

      3. Peeling ultrassônico descama?

      AR: “o peeling ultrassônico não costuma descamar”.

      4. Existe algum efeito colateral pós-procedimento?

      AR: “não costuma dar efeitos colaterais, mas pode ocorrer hiperemia leve e passageira no pós-imediato”. Além disso, como já citado anteriormente, é necessário realizar os cuidados básicos após o procedimento como evitar idas à piscina e usar o filtro solar.

      5. Em qual frequência pode ser aplicado? 

      AR: “pode realizar 1 vez ao mês, respeitando as frequências adequadas para cada área – frequências menores para tecidos mais profundos; médias para áreas da face, músculos e peles mais finas e; maiores para regiões muito sensíveis, como área ao redor dos olhos”.

      Publicidade

      É fundamental consultar um profissional habilitado para realizar a técnica adequadamente e com segurança.

      Vídeos sobre peeling ultrassônico

      Para você entender como é feito o procedimento, veja os vídeos abaixo que falam sobre a técnica e demonstram o precedimento. Vale a pena assistir!

      Hidratação da pele com peeling ultrassônico

      Nesse vídeo, você confere o passo a passo da etapa de hidratação da pele com o peeling ultrassônico. Se você ainda não sabe como a técnica funciona, assista ao vídeo e confira!

      Peeling ultrassônico em pele acneica

      A técnica é uma das aliadas para tratar a acne e atenuar cicatrizes. Aperte o play e confira como o tratamento é realizado na pele acneica!

      Limpeza de pele com peeling ultrassônico

      Outro grande benefício do procedimento é auxiliar na remoção de impurezas e células mortas da pele. Isso garante a melhora da hidratação e absorção de substâncias terapêuticas. A limpeza da pele com o aparelho é totalmente indolor e traz bons resultados. Assista!

      Existem diversos tipos de tratamentos estéticos que garantem bons resultados no tratamento da pele. Aproveite e conheça o peeling capilar, outro procedimento que cuida da saúde do couro cabeludo e dos fios.