Chá de boldo: um grande aliado para a digestão

Esta poderosa planta pode tratar a má digestão e trazer outros benefícios para sua saúde

Escrito por Carol Romani

Foto: iStock

O chá de boldo é um dos mais procurados quando se trata de má digestão e possui várias propriedades benéficas à saúde.

Se você é simpatizante da medicina natural, vai amar conhecer esta poderosa planta e suas funções no nosso organismo.

Todas as funções do chá de boldo

Foto: iStock

O boldo é uma planta originária do Chile, muito utilizado para tratar problemas digestivos, pois ele age de forma direta sobre o estômago. Suas folhas são utilizadas em forma de chá, para extrair suas propriedades. Veja só quantos benefícios o chá de boldo possui:

  • Digestivo: reduz os sintomas da azia e gastrite, auxilia na digestão de alimentos pesados e é ótimo no combate à prisão de ventre.
  • Diurético: suas propriedades diuréticas atuam no melhor funcionamento do sistema urinário.
  • Calmante: possui um leve efeito relaxante e pode ser consumido antes de dormir para auxiliar no sono.
  • Antioxidante: atua na proteção das células do corpo conta a ação dos radicais livres, principalmente quando atingem o fígado.

Em contato com a fitoterapeuta Jéssica Spinelli, a especialista cita ainda mais benefícios do boldo, como por exemplo, o seu uso para alívio de cólicas menstruais, além de auxiliar no tratamento das hepatites crônicas e agudas.

Como fazer chá de boldo

Foto: iStock

Você pode encontrar a folha de boldo em mercados, farmácias ou lojas de produtos naturais. Veja como é fácil o seu preparo:

Leia também: 20 receitas de chás gelados energizantes e refrescantes

Ingredientes

  • 200 ml de água filtrada
  • 1 colher de chá de folhas de boldo picadas

Modo de preparo

  1. Coloque a água para ferver. Assim que o processo de ebulição começar, desligue o fogo e acrescente as folhas de boldo;
  2. Feche com uma tampa e deixe descansar por cerca de 10 minutos;
  3. Passe uma peneira para retirar as folhas do boldo e estará pronto para servir.

Como consumir

O ideal é consumir sempre quentinho e sem adicionar nenhum tipo de açúcar ou adoçante, pois estes podem anular alguns de seus efeitos.

É recomendado que a dose diária não ultrapasse duas xícaras, salvo quando sobre recomendação médica. Jéssica Spinelli ainda alerta: “Mulheres grávidas e lactantes não devem consumir o boldo, pois ele pode estimular as contrações uterinas”.

É um chá poderoso, não é mesmo? Ah, e também se preferir, você pode plantar as folhas de boldo na sua casa. Assim você garante um produto mais natural e seguro, livre de agrotóxicos e outras intervenções.

Dicas pela Web