Como terminar um relacionamento da melhor forma possível e sem crises

Escrito por
Em 07.08.19

iStock

Não existe fórmula de como terminar um relacionamento, afinal, colocar um ponto final no namoro, seja ele longo ou breve, não é tarefa fácil! E quando isso precisa partir de você, pode ser desafiador. Este deve ser um momento que venha após você considerar bem todos os lados da história e refletir os acontecimentos que te levaram a optar pelo fim. Porém, não tenha medo da sua decisão! Essa é a hora de pensar em você mesma e priorizar as suas escolha.

Continua após o anúncio

Se você está passando por esta situação, um conselho simples é: seja firme e não duvide de si mesma. Por mais que isso vá acarretar sofrimentos, com o tempo os caminhos seguirão separados para o melhor. Para tornar o fim do relacionamento mais fácil, você pode buscar alguns caminhos capazes de amenizar o término.

5 dicas para terminar um relacionamento da melhor forma possível

iStock

O fim de um relacionamento é uma situação que ninguém deseja viver, porém, quando sentimos que acabou, é importante saber colocar o ponto final na relação amorosa. Nesse momento, além de ter certeza da decisão, é hora de manter a calma e encontrar a melhor maneira de acabar o namoro, ferindo o menos possível os sentimentos do parceiro ou parceira. Confira mais algumas dicas para tornar esse momento mais fácil:

  1. Tenha certeza da sua opção: antes de qualquer decisão, pondere os prós e contras do relacionamento, para buscar a certeza. Converse com familiares e amigos, peça conselhos e tente considerar todas as alternativas. Para terminar é importante não ter dúvidas do fim da relação.
  2. Não termine por meio das redes sociais: converse com seu namorado ou namorada pessoalmente. Em hipótese alguma escolha terminar uma relação pelo WhatsApp, Facebook, Instagram ou qualquer outra rede social! Além de parecer um descaso com o namoro, pode ser que a conversa gere dúvidas e não passe um ar de decisão para o outro.
  3. Considere os bons momentos do relacionamento: por mais que você esteja decepcionada com seu parceiro ou parceira, busque lembrar dos bons momentos do namoro na hora do término, para que suas palavras não sejam duras demais. Lembre-se que por mais que o fim possa ter sido ocasionado por situações difíceis, vocês foram muito felizes em outros momentos.
  4. Seja honesta e breve: não faça rodeios e muito menos invente desculpas para terminar. Fale a verdade e explique para o outro seus sentimentos, por mais que não seja fácil admitir certas coisas.
  5. Preserve a privacidade de vocês: escolha um lugar discreto e privado para este momento. Não decida terminar em locais públicos, como um restaurante, por exemplo. Pode ser que isso vire um constrangimento para o casal e torne a situação ainda mais delicada. A casa de algum dos dois ou um parque mais vazio são bons locais, capazes de levar tranquilidade para o fim do namoro.

Seguindo essas dicas, com certeza o fim do seu relacionamento será mais leve! Tenha como regra colocar os sentimentos em primeiro lugar sempre e evite brigas e “cenas” desnecessárias das quais você poderá se arrepender no futuro, términos amigáveis são melhores para os dois lados da história.

Como terminar um relacionamento em situações específicas

iStock

Se o fim do seu namoro se deve a uma situação específica, passar a ser relevante considerar alguns detalhes no término, como a forma como você vai falar isso pra pessoa ou até onde é melhor comunicar sua decisão. Confira alguns exemplos:

A distância

Neste caso, fica complicado fugir das redes sociais, mas isso não quer dizer que não existam melhores alternativas dentro delas. Conversar por chamada de vídeo, por exemplo, é muito mais íntimo e pessoal do que por mensagens. Se você tiver a opção de ir até a pessoa para isso é melhor ainda. Mostrar consideração com quem você viveu bons momentos é essencial para que ainda existam lembranças legais do namoro.

Gostando da pessoa

Às vezes acontece de você perceber que não tem mais como salvar o relacionamento, mesmo gostando muito da pessoa, e isso deixa tudo mais difícil, afinal, admitir isso pra si mesma é desafiador. A dica nesta hora é começar a pontuar se nos últimos meses vocês têm tido mais alegrias ou brigas, se a vontade de se ver é a mesma de quando tudo começou e se ainda existe aquele friozinho na barriga quando ele ou ela te encontra. Lembre-se: é melhor acabar a relação enquanto ainda existe um pouco de amizade do que quando as brigas passam a dominar tudo.

Para mudar de cidade

A maioria das pessoas não está pronta pra viver um namoro a distância e, por isso, prefere terminar tudo ao conseguir um emprego ou oportunidade de estudo em outra cidade e isto é um direito de cada um! Ninguém deve se obrigar a viver os desafios do relacionamento separado se não se vê preparado pra isso. É neste caso que entra a honestidade! Deixa claro que o problema não é com seu parceiro ou parceira, mas com o fato de você querer priorizar sua vida profissional.

Continua após o anúncio

Por não conseguir lidar com a família dela/e

Quando você namora, passa a conviver também com uma nova família, que pode se tornar também a sua família caso tudo termine em casamento. E é aí que está o “ponto x” da questão: “e se eu não consigo conviver com aquelas pessoas?”. Bem, terminar um relacionamento por essa razão pode ser considerado um pouco extremo, porém, acontece! Se você olhar para o futuro e não conseguir colocar o amor acima dos problemas com a família do cônjuge, talvez realmente esteja na hora de colocar um fim no relacionamento.

Não existe mais atração física

Para uma relação amorosa funcionar, a atração física tem um grande peso. Namoro nenhum vai pra frente se você não curte estar junto, dar muitos beijos e se aventurar entre quatro paredes. É quase impossível esconder isso do outro. Ele ou ela vai perceber que as coisas não estão mais como antes e se incomodará com isso. Então, se essa for a razão do fim do seu relacionamento, a palavra-chave é “delicadeza”. Seja honesta, porém tome muito cuidado com as palavras que vai usar, porque quando se trata de intimidades, fica muito fácil destruir os sentimentos do outro, por mais que não seja a sua intenção.

Por fim, não se culpe! Você não é a primeira pessoa a terminar um relacionamento e com certeza não será a última. Fazer alguém sofrer é parte da vida, pode não ser uma tão feliz assim, mas é necessária para que se siga em frente.