Bigode chinês: o que é e como tratar essa marca de expressão

Escrito por
Em 16.10.19

iStock

O famoso bigode chinês é uma marca de expressão que com o tempo vai surgindo na face. São aqueles dois vincos, um de cada lado do rosto, que começam na base do nariz e vão até a lateral da boca. Ocorre, principalmente, devido à perda natural da elasticidade da pele. No entanto, hoje existem soluções preventivas e tratamentos para quem se incomoda com o problema. Vamos saber mais?

Continua após o anúncio

O que é bigode chinês?

O bigode chinês ou sulco nasogeniano, como também é chamado, caracteriza-se por vincos na pele que vão do nariz à boca em ambos os lados. Surge por conta de alguns fatores que vamos elencar abaixo e, principalmente, pelo avanço da idade. Ele pode começar a aparecer por volta dos 30 anos.

No entanto, é possível prevenir ou, pelo menos, adiar seu surgimento, tomando algumas medidas caseiras, bem como optar por tratamentos de pele e harmonizações faciais.

Causas

O avanço da idade não é o único fator que desencadeia o bigode chinês. Existem outros aspectos responsáveis pelo surgimento dessa marca que confere um ar cansado à fisionomia. Confira:

Leia também: Como tirar manchas do rosto: produtos e tratamentos para renovar a sua pele

  • Diminuição na produção de colágeno;
  • Genética familiar;
  • O hábito de fumar;
  • Exposição ao sol sem a proteção adequada;
  • Poluição;
  • Alimentação inadequada;
  • Dietas com perda de peso muito acentuada.

São fatores que interferem na qualidade e características da pele, atuando na hidratação e consequente falta de elasticidade.

Tratamentos

iStock

Se você tem esses sulcos no rosto e se incomoda com eles, fique tranquila, pois existem algumas formas de amenizar e até acabar com o problema. Veja!

Cremes anti-idade

Apesar de não agirem com tanta intensidade como outros tratamentos, são uma forma de prevenir o surgimento do bigode chinês. Eles estimulam a produção de colágeno, bem como agem hidratando a pele com ativos dermatológicos.

Continua após o anúncio

Peelings

Quando as marquinhas ainda estão no início é possível retirá-las ou amenizar seu aspecto, por meio de peelings que utilizas ácidos, como o tricloroacético e o retinoico. O dermatologista saberá o mais adequado para cada caso.

Preenchimentos

O preenchimento com ácido hialurônico provoca efeitos surpreendentes que duram em torno de 18 meses. O procedimento envolve aplicar o produto sob a marca ou ruga, preenchendo a área.

Leia também: Massagem facial: tudo sobre essa técnica relaxante e rejuvenescedora

Toxina botulínica

A aplicação da toxina botulínica diminui as marcas e vincos na face. A substância age relaxando a musculatura e inibindo os estímulos responsáveis pelas expressões. Seu efeito é temporário, durando cerca de 4 meses. Ela age também como prevenção, já que se não houver movimentos, as marcas não se formarão.

Radiofrequência

É um tratamento muito utilizado para combater a flacidez e eliminar as marcas e rugas da face. A técnica provoca contrações nas fibras elásticas da pele, com resultados que atenuam essas marcas de expressão.

Após uma análise minuciosa e criteriosa, seu/sua dermatologista aconselhará o procedimento mais indicado.

Exercícios para o bigode chinês

iStock

Você sabia que exercícios faciais podem agir para prevenir o surgimento do bigode chinês? Veja!

Exercício 1

  1. Posicione o dedo indicador da mão direita no interior da bochecha esquerda;
  2. Puxe a bochecha pressionando-a para fora enquanto força em direção aos dentes;
  3. Depois, faça do outro lado.
  4. Exercício 2

    1. Faça um “O” com a boca e ao mesmo tempo segure na lateral do bigode chinês,
      alongando o rosto;
    2. Faça 10 repetições para tirar o peso da musculatura da região.
    3. Exercício 3

      1. Segure um lado da bochecha com a mão contrária, usando o dedão por dentro da boca e o indicador por fora;
      2. Tente sorrir, fazendo resistência com a mão que está segurando;
      3. Repita o exercício no outro lado.

      Praticar diariamente esses exercícios ajuda a diminuir os movimentos que provocam essas linhas de expressão. No entanto, é importante ressaltar que não solucionam os problemas que surgem devido ao envelhecimento facial.

      Leia também: Ácido salicílico: tudo sobre essa substância importante no tratamento da acne

      Continua após o anúncio

      Antes e depois

      Confira alguns resultados de procedimentos como harmonização facial e aplicação da toxina botulínica.




      O profissional capacitado avaliará cada caso e saberá indicar o procedimento mais adequado. Lembre-se sempre de procurar por alguém que tenha ótimas referências e esteja habilitado para realizar o procedimento.

      Experiências de quem tratou o bigode chinês

      Se você está pensando em se submeter a algum procedimento para retirar essa marca de expressão, é bom saber um pouco mais da experiência de quem já fez, não é mesmo? Confira, então, os vídeos!

      Relato completo de quem passou pelo botox e amou

      Continua após o anúncio

      Neste vídeo, Priscila conta sua experiência com a toxina botulínica. O bigode chinês começou a lhe incomodar muito e, então, ela recorreu ao botox. Confira suas impressões sobre a técnica dando um play no vídeo!

      Impressões da profissional e da paciente sobre o procedimento

      Ingrid retirou a marca que há muito tempo lhe incomodava. Antes, passou pelo preenchimento labial e neste vídeo ela fala sobre o bigode chinês. Confira!

      Dê tchau para o bigode chinês

      Neste vídeo você confere as impressões de Rita Sartório, que fez o preenchimento com ácido hialurônico. Ela conta tudinho. Se você quer fazer e tem dúvidas, vale muito a pena conferir.

      Ficou animada para tratar essa marca de expressão? Como você conferiu, existem boas alternativas para evitar, amenizar e até acabar com o bigode chinês. Confira também como tornar sua pele mais bonita e lisinha com creme antissinais.

Assuntos: Pele

Para você