15 livros de autoconhecimento para ajudar você a se conhecer melhor

Escrito por
Em 19.11.21

iStock

Por                                
Em 19.11.21

Os livros de autoconhecimento trazem reflexões que podem e devem ser levadas para o dia a dia. Por isso, você vai conferir uma seleção com 15 obras perfeitas para aqueles momentos em que você precisa de uma orientação, mostrando como se conhecer e se tornar sua melhor versão.

Publicidade

1. Essencialismo

Em Essencialismo, Greg McKeown ensina que ser ocupado não é sinônimo de ser produtivo. O objetivo da obra é trazer um método que ensine a identificar, priorizar e eliminar o que não é essencial.

Ele mostra caminhos para fazer ajustes na rotina, deixando claro a importância de saber dizer não e de priorizar o que é importante para você. O autor também dá exemplos de melhores formas para descobrir onde e como concentrar seu tempo e dedicação.

2. A Coragem de ser Imperfeito

Brené Brown, uma pesquisadora e escritora, traz um livro com várias reflexões e destaca a importância de conhecer a própria vulnerabilidade e entender que o ato de viver envolve correr riscos e incertezas. Além disso, a obra também demonstra o quanto a vulnerabilidade não é sinônimo de fraqueza, mas sim, de coragem.

Contando histórias que ouviu em pesquisas, ela foi a fundo para entender os sentimentos experimentados pelas pessoas quando elas se sentem vulneráveis e quais possíveis estratégias para se abrir para coisas novas e como lidar com isso.

3. Mindset

Carol S. Dweck, uma professora de psicologia de Stanford, traz várias reflexões que são resultados de décadas de pesquisa. No livro, ela enfatiza como o modo de pensar de cada um pode influenciar em vários aspectos, como o sucesso, por exemplo.

A trama traz relatos do que ela observou em suas pesquisas e mostra que pessoas dispostas a errar e aprender com o erro tem mais chances de alcançarem o sucesso do que aquelas que acreditam que precisam ser sempre perfeitas em tudo.

Publicidade

4. Amor pelas coisas imperfeitas

Neste livro, o monge zen-budista Haemin Sunim traz, com sabedoria, temas como aceitação, cura, coragem, fracassos e muitos outros. Buscando analisar a forma de enxergar o mundo e a si mesmo.

Um verdadeiro exercício de autoconhecimento, com reflexões sobre aceitar os próprios defeitos, sempre com muita autocompaixão, para ter relações mais sábias e tranquilas.

5. O poder do agora

Eckhart Tolle discorre que viver no agora é o caminho para encontrar a felicidade e iluminação. No livro, ele explica formas de como deixar para trás os momentos que passamos pensando no passado ou se preocupando em excesso com o futuro.

Com um formato de perguntas e respostas, o autor simplifica o complexo e traz, em uma linguagem acessível, os conceitos combinados do cristianismo, do budismo, do hinduísmo, do taoísmo e de outras tradições espirituais, ensinando como tomar consciência de nossos pensamentos e emoções.

6. Inteligência emocional

Unindo psicologia e neurociência, Daniel Goleman trouxe o conceito de mentes racionais e emocionais, explorando como elas podem moldar o destino de uma pessoa.

Por meio de casos cotidianos, o autor descreve as cinco habilidades-chave da inteligência emocional e traz ensinamentos de como é necessário saber lidar com as emoções para que elas não influenciem negativamente na vida das pessoas.

7. A coragem de não agradar

Nici Fernandes

Publicidade

Ichiro Kishimi e Fumitake Koga são os autores deste livro, que se baseia no debate entre um jovem e um filósofo. Inspirado em vertentes da psicologia, a obra traz temas como autoestima, raiva e aceitação a si mesmo.

O livro fala como é preciso se afastar das expectativas que as outras pessoas colocam sobre você, para ser possível se reinventar e conhecer a si mesmo verdadeiramente.

8. Propósito: A coragem de ser quem somos

Sri Prem Baba aborda temas que convidam a leitora a fazer uma viagem transformadora para o interior de si mesma, com foco em encontrar o propósito da própria existência.

Dividido em sete partes, as seis primeiras ensinam como fazer essa viagem rumo ao interior de si mesma; enquanto na última, o autor ensina práticas poderosas para descobertas, ensinamentos e amor.

9. Por que fazemos o que fazemos?

Focado na carreira e para aquelas que estão se sentindo desmotivadas ou em dúvidas sobre essa área da vida, o escritor Mario Sergio Cortella expõe questões importantes relacionadas ao trabalho, como propósito de vida, motivação e valores.

O livro se propõe a ser um manual com vários ensinamentos essenciais para aquelas que querem ter realização profissional, sem abdicar do tempo livre e qualidade de vida pessoal.

10. Corajosa sim, perfeita não

Reshma Saujani, autora deste livro, é fundadora da ONG Girls Who Code e trabalha para inserir meninas no mundo da tecnologia. Por isso, escreveu esse livro para compartilhar com outras mulheres como a busca por perfeição pode limitá-las profissionalmente.

Publicidade

Durante a trama, ela comenta como o medo de fracassar, desejo de agradar e a busca por ser sempre perfeita faz com que as mulheres não estimulem o músculo da coragem ao longo dos anos. Durante a narrativa, ela faz um convite para que todas sejam, dia após dia, mais corajosas.

11. Talvez você deva conversar com alguém

A autora e terapeuta Lori Gottlieb expõe a necessidade de saber ouvir para ser ouvida, sendo um convite a uma jornada de autoconhecimento.

O livro reúne histórias da trajetória profissional da Lori como terapeuta, além da experiência dela como paciente, ou seja, mostrando os dois lados da moeda. A linguagem é afetuosa e acolhedora e diversos anseios da natureza humana são abordados.

12. Em busca de nós mesmos

Sabe aquelas perguntas que pelo menos uma vez na vida você já se fez?. “Quem sou eu?”, “de onde eu vim?, “para aonde eu vou?”. Então, em busca de nós mesmos é uma narrativa acerca da história da evolução e o conhecimento humano.

Clóvis de Barros Filho e Pedro Calabrez abordam esses assuntos com diálogos informais, trazendo conceitos de filosofia e ciências da mente numa linguagem acessível, deixando a descoberta sobre essas questões mais leves.

13. As cinco linguagens do amor

O autoconhecimento normalmente está relacionado a se conhecer, porém também pode envolver conhecer melhor as pessoas próximas.

Neste livro, Gary Chapman aborda as diferenças entre homens e mulheres, além de defender o ponto de que existem formas diferentes de demonstrar amor. Cada uma delas é apresentada na obra, além de uma seção de perguntas e respostas sobre o tema.

14. Eu achava que isso só acontecia comigo

Para quem vive em uma briga consigo mesma para ser aceita pelas outras pessoas, Brené Brown tem um recado especial, baseado em muitos anos de pesquisa.

O livro mostra como a vulnerabilidade pode unir as pessoas, além da importância de não se esquecer do seu verdadeiro eu apenas para ser aceita pelas outras pessoas. Isso porque a obra traz a seguinte reflexão: são as imperfeições que aproximam e conectam as pessoas.

15. As coisas que você só vê quando desacelera

Escrito pelo mestre zen-budista sul-coreano Haemin Sunim, o livro traz lembretes necessários para desacelerar, acalmar a mente e praticar autocompaixão.

O livro aborda temas profundos, porém numa linguagem delicada e amigável, ajudando a entender melhor as relações pessoais e a espiritualidade, trazendo também a importância da atenção plena para transformação da forma de ver a vida.

Depois de tantas indicações, é hora de escolher quais vão entrar na sua lista de leitura, não é mesmo? Aproveite e confira uma seleção de livros que toda mulher deveria ler!

Este conteúdo foi útil para você?
SimNão