Como tratar pêlos encravados

Conheça os procedimentos corretos para tratar os pêlos encravados sem machucar a pele

Por Deborah Busko
Atualizado em 22/10/2010 16:48

tratar pelos encravados 150x150 Como tratar pêlos encravados

Calor, praia, piscina, biquíni e pernas à mostra, motivos de sobra para não dispensar a depilação na estação mais quente do ano. O problema é que muitas vezes o resultado não é uma pele lisinha como você desejava. Surgem aquelas bolinhas ou pontinhos desagradáveis nas áreas mais sensíveis do corpo, como virilha e axila, que são sinais de pêlos encravados.

Por que os pêlos encravam?

Os pêlos encravam porque ficam enfraquecidos e não têm força suficiente para romper a camada superficial da pele para continuar o crescimento. Essa fraqueza pode ser causada por vários motivos como pele ressecada, distúrbios hormonais, excesso de queratina na pele, atrito constante da roupa com a pele e pela constante remoção dos pêlos, seja através da depilação com cera quente, cera fria, lâmina ou cremes depilatórios.

Como resolver o problema?

Existem diversos procedimentos simples, que você pode fazer em casa mesmo e são ótimos para tratar pêlos encravados. A primeira dica, senão a mais importante de todas, é resistir à tentação e jamais cutucar a pele para tentar remover o pêlo encravado. Além de piorar, você se machuca e ainda pode deixar sua pele toda marcada.

A esfoliação pode ajudar, mas não resolve o problema, já que toda vez que o pêlo crescer novamente pode acabar encravando. Prefira os esfoliantes corporais com grânulos, que ajudam na remoção das células mortas e afinam a pele para facilitar a passagem dos pêlos.

Use cremes que possuam ingredientes como uréia, ácido salicílico, peróxido de benzoíla e ácido retinóico em sua composição. Se usados com freqüência, eles ajudam a desencravar os pêlos. Em caso de inflamação do pêlo encravado, o melhor é procurar um dermatologista, que irá indicar um tratamento é feito com antibióticos de uso local.

Evite

- Tomar banhos muito quentes e demorados;

- Usar roupas muito apertadas;

- Tomar sol ou passar creme hidratante, desodorante ou outros cosméticos na área depilada nas 24 horas seguintes à depilação;

- Usar medicamentos para tratar pêlos encravados sem antes consultar um dermatologista.