Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

20 dicas para a convivência a dois

Conheça algumas estratégias que colaboram para a boa convivência no relacionamento

em 07/06/2013

O primeiro passo para plantarmos uma árvore é escolhermos um local agradável e saber se o terreno é fértil. Além disso, será necessário regar diariamente e podá-la de vez em quando para que os galhos cresçam mais fortes.

Se compararmos com nossas relações (casamento, amizade, família) vamos perceber que o tipo de trabalho é o mesmo. Não importa quanto tempo a relação tem, se ela ficar alguns dias sem água ela irá secar e morrer. Quantos amigos vamos perdendo ao longo de nossas vidas, pelo simples fato de não termos tempo ?

A relação a dois é um trabalho diário, independente das chuvas e trovoada do dia a dia, é preciso ter consciência de que uma relação precisa ser cultivada.

No namoro, as duas pessoas não convivem diariamente e muitos casais pelo trabalho e estudo só se vêem nos finais de semana, onde normalmente vão passear e se divertir. Além disso, se preocupam mais com a aparência e por se verem relativamente pouco, quando estão juntos estão bem arrumados, fazendo com que o interesse e a “excitação” inicial permaneçam.

Após o casamento, existe o acúmulo de funções (trabalho, estudos, casa e filhos) e por consequência, a convivência a dois se torna uma rotina que para muitos se torna insuportável, causando o fim do casamento.

É verdade que quando casamos ninguém nos entrega uma apostila dizendo o que é certo ou errado, mas isso não é desculpa e o uso do bom senso se torna fundamental.

Vamos usar como exemplo nosso local trabalho, onde todos os dias pela manhã dizemos “bom dia” (mesmo que esse não seja nosso desejo), atendemos educadamente o telefone e ouvimos atenciosamente nossos superiores, sem interrompe-los é claro. Além de estarmos limpos e vestidos adequadamente, precisamos estar motivados e com propostas para melhorias.

Então, por que quando chegamos em casa não fazemos nem a metade desse esforço? Porque estamos cansados ou porque não vale a pena?

O assunto é extenso e não existe uma regra, cada casal é único em seus problemas e suas qualidades. O que podem existir são algumas dicas para ajudar no bom relacionamento

Dicas para uma boa convivência no relacionamento

  1. O respeito deve ser a base da relação, o uso de palavrões e xingamentos só servirá para magoar a outra pessoa;
  2. Crie hábitos saudáveis de dizer bom dia, boa noite, como você está?, como foi seu dia?;
  3. Tentem realizar as refeições juntos e aproveitem para conversarem, melhor ainda se for longe da televisão;
  4. Beijo, abraço, mãos dadas e qualquer tipo de contato físico são importantes para a relação e não apenas na hora do sexo;
  5. Não confunda a intimidade do relacionamento com excesso de informação, como por exemplo, utilizar o banheiro com a porta aberta, soltar gases na frente da outra pessoa, arrotar, etc. Ao longo do tempo o interesse sexual vai diminuindo;
  6. Hábitos de higiene são fundamentais para a vida sexual do casal;
  7. Cuide da aparência, é inacreditável a transformação que homens e mulheres fazem depois da separação, porque não é possível fazer antes que ela aconteça?
  8. No momento em que a relação “esfriar” procure alternativas, uma opção é uma visita a um sexy shop;
  9. Tenha senso de humor;
  10. Não deixe a relação cair na rotina, aproveite os sites de compras coletivas que oferecem opções baratas de teatro, restaurantes e viagens;
  11. Aceite o fato que de vocês não tem as mesmas opiniões e por isso conflitos vão existir;
  12. Tenha amigos;
  13. Casados não quer dizer grudados, tenham atividades fora do casamento;
  14. Presentes e gentilezas não precisam ter data;
  15. Façam planos;
  16. Conheça as necessidades um do outro;
  17. Reconheça os erros e peça desculpas;
  18. Reserve um tempo só para os dois;
  19. Respeite a família e amigos de cada um;
  20. Converse sobre o que te incomoda e não deixe acumular mágoa.

Como disse, essas são apenas algumas das opções de dicas para a convivência a dois. Cada casal deve encontrar seu equilíbrio, e isso só se torna capaz através do diálogo e respeito. Nos casos mais preocupantes, procure ajuda de um profissional.

Boa sorte.

Andreia Mattiuci

é colunista do Dicas de Mulher e especialista em Coaching

Comentários
Dicas relacionadas