Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Pomada para queloide: conheça os cremes e outros tratamentos disponíveis

Conheça os mais recentes métodos para tratar a cicatrização imperfeita da pele e aprenda como disfarçar o problema

em 09/10/2015

Foto: Thinkstock

Após um trauma de pele, como cirurgias ou acidentes, o organismo inicia um processo de cicatrização que consiste na produção de colágeno suficiente para a reparação da parte lesionada. Até aí, nada de anormal – os tecidos da pele trabalhando ao seu favor. O problema acontece quando há uma intensa e anormal proliferação de fibras elásticas que acabam dando origem a uma cicatriz, denominada pelos dermatologistas de queloide.

Os queloides são mais comuns em pessoas com pele escura, mestiços e orientais com idade entre 10 e 30 anos e os locais mais suscetíveis para a ocorrência são a face, tórax, ombro e pescoço.

Ainda que temido por muitas mulheres, os queloides podem ser tratados. Existe no mercado uma série de tratamentos à disposição, laser, pomadas, peeling, injeções. Conheça alguns .

O que é o queloide?

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, queloide é uma cicatriz imperfeita que surge por uma resposta cicatricial intensa do organismo, que extrapola os limites de um dano cutâneo. Ou seja, há um crescimento anormal do tecido durante a cicatrização.

Em geral é ocasionada por uma inflamação, queimadura ou incisão cirúrgica, mas em casos mais extremos também pode ocorrer devido à acne, varicela, furos nas orelhas, locais de vacinação e tatuagens. Segundo a dermatologista Silvia Santilli, os queloides estão relacionados principalmente à predisposição genética.

Como se manifesta?

O queloide “apresenta-se como um tecido endurecido, avermelhado, elevado e brilhante, por vezes associado a dor ou coceira”, afirma Silvia. Em geral adquire um tom mais escuro ou semelhante à pele com o passar do tempo.

Como identificar?

O diagnóstico é feito com base na aparência da pele ou da cicatriz. Uma biópsia da pele pode ser necessária para descartar outras formações que ocorrem na pele (tumores).

Como tratar?

Existem diversas formas de tratamento para o queloide e o sucesso varia de paciente para paciente e também de acordo com o tipo e proporção da lesão: “não existe um único tratamento eficaz para os queloides. Depende muito do caso e da fase em que se encontra a cicatriz”, afirma Silvia.

Foto: Thinkstock

Pomadas para queloide

Atualmente, existem pomadas que estão disponíveis no mercado para o tratamento de cicatrizes dessa natureza, como por exemplo: Cicatricure, Skimatix, Kelo-cote e Contractubex Conheça cada uma delas:

Cicatricure: O produto é um gel que cuja fórmula foi criada especificamente para melhorar visivelmente a pele com cicatrizes. A promessa é de reparação da textura, diminuição e melhora da coloração da cicatriz. O preço médio é 45 Reais.

Compre Cicatricure agora

Skimatix: É um gel de silicone transparente que ajuda a manter o equilíbrio da umidade da pele, enquanto auxilia na manutenção da superfície cicatrizada resultante de cirurgias, queimaduras e outros ferimentos. Promete aliviar a coceira e o desconforto, e diminuir a descoloração da pele. Preço médio: 80 Reais.

Compre Skimatix agora

Kelo-cote: Pode ser utilizado para prevenção de formação de queloides em cirurgias, traumas e queimaduras. Deve ser utilizado na redução de cicatrizes quando o ferimento já estiver fechado. Preço médio: 215 Reais.

Compre Kelo-cote agora

Contractubex: Indicado para cicatrizes hipertróficas e queloidais, limitadoras de movimentos, incômodos após intervenções cirúrgicas, amputações, queimaduras e acidentes. Seu objetivo principal é melhorar o aspecto da cicatriz. Preço médio: 45 Reais.

Compre Contractubex agora

Segundo a doutora Silvia, “os principais produtos de uso tópico (sobre as lesões) são os corticoides e o silicone, em forma de gel ou adesivos. Produtos suaves que tenham um efeito hidratante podem ser usados para massagear a cicatriz, ajudando assim a amolecê-la e a melhorar o aspecto, isso inclui alguns óleos essenciais, como rosa mosqueta, por exemplo, mas não são de alta eficácia”.

Tratamentos estéticos

Radioterapia local, placas de silicone, injeções de corticosteroides, fitas oclusivas de corticosteroides, cirurgias redutoras, betaterapia (radioterapia), terapia fotodinâmica e a criocirurgia (congelamento) são algumas outras opções disponíveis. A indicação para cada caso sempre deve ser feita por um médico dermatologista. Conheça alguns métodos:

  • Peeling: consiste na aplicação de uma solução química sobre a pele que esfolia e combate a determinadas condições de pele incluindo cicatrizes. O contato desta solução com a pele permite remover e regenerar as camadas da pele.
  • Injeções de cortisona: são o tipo mais indicado de tratamento para queloides pequenos ou que estão no início do desenvolvimento. O medicamento é injetado na lesão, com intervalo de quatro a seis semanas. Este tratamento diminui o tamanho da cicatriz e a irritação.
  • Medicamentos recentes: para evitar o queloide antes mesmo que ele se forme, medicamentos como Interferon, Fluoracil e Tamixofeno aplicados na lesão podem ser benéficos, uma vez que diminuem a produção de colágeno, responsável pelo crescimento exagerado da cicatriz.
  • Criocirurgia: é o congelamento da lesão com nitrogênio líquido para reduzir o queloide, tornando-o mais liso e com menor relevo. Importante frisar que pode causar o clareamento da pele no local onde for aplicado o nitrogênio.
  • Laserterapia: possui grande eficácia no clareamento e diminuição do queloide. Consiste em expor a cicatriz a um laser “aquece” a camada superficial da pele, a epiderme e parte da derme. O laser move-se por toda a cicatriz removendo assim as camadas mais afetadas, o que permite expor novas e mais naturais camadas de pele.
  • Betaterapia: recomendada em casos de indivíduos que necessitam realizar um procedimento cirúrgico e têm tendência a desenvolver queloides. Aplica-se radiação no local onde houve a necessidade de realizar cortes para reduzir o risco de surgirem as cicatrizes.

Tratamentos caseiros contra queloide

Embora os problemas com o aparecimento de queloides tenham origem genética, existem algumas receitas caseiras para prevenir e tratar o aparecimento dessas cicatrizes. É importante salientar, no entanto, que conforme a dermatologista Silvia Santilli não há nenhuma comprovação científica de benefícios desses tratamentos e a eficácia é baixa. Recomenda-se, ainda, não se expor ao sol.

  • Pó de sândalo com água rosa: faça uma pasta com esses ingredientes e aplique-a sobre a cicatriz todas as noites até que o volume comece a reduzir;
  • Suco de limão: misture 1 colher de sopa de água de rosas, 2 porções de suco de limão e 1 colher de sopa de terra. Aplique essa mistura na cicatriz e massageie por 10 minutos. Lave com água fria. Repita o procedimento três vezes por semana;
  • Várias opções de massagens: massageie a queloide com suco de limão, mel, vinagre de maçã diluído em água ou óleos essenciais de calêndula;
  • Alimentos: é fundamental fortalecer o sistema imunológico através da ingestão de alimentos ricos em vitaminas C e E, que agem diretamente na restauração da pele.

Como disfarçar queloide com maquiagem

Além dos tratamentos, em caso de uma emergência, uma maquiagem com uma boa base, corretivo amarelo e pó podem dar uma cobertura na cicatriz, ajudando a uniformizar a cor da pele para disfarçar a imperfeição. A base Dermablend da marca Vichy e o corretivo Dermacolor da Kryolan são muito recomendados para casos de cicatriz por terem uma cobertura eficaz. Confira na imagem a seguir os efeitos da maquiagem Dermablend no rosto:

Foto: Divulgação

Ao aplicar a maquiagem para cobrir o queloide, não coloque produto em excesso, pois isso pode fazer com o que o material acumule e craquele. Use corretivo e pó de boa qualidade, à prova d’água e de cobertura total, assim, uma camada será suficiente. Se julgar necessário, aplique também um primer antes de tudo para garantir que o produto fixe na pele e dure mais. Queloides com relevo muito irregular e alto são mais difíceis de disfarçar com maquiagem.

No vídeo abaixo, a blogueira Niina Secrets ensina como fazer uma maquiagem para cobrir acne. No caso da cicatriz e do queloide, o princípio é o mesmo para cobrir com make. Então vale a pena conferir o passo a passo e dicas dela para disfarçar cicatrizes e queloides no rosto ou em outras partes do corpo:

Vale lembrar que antes de optar por qualquer tratamento ou pomada, é essencial consultar seu dermatologista. Só o especialista poderá indicar a melhor opção para o seu tipo de cicatriz ou queloide.

Comentários
Dicas relacionadas