50 filmes nacionais que valorizam o cinema brasileiro

Escrito por Carol Romani

Foto: Reprodução / Que Horas Ela Volta?

Engana-se quem pensa que o cinema brasileiro não é capaz de fazer boas produções cinematográficas. Para comprovar, selecionamos aqui 50 ótimos filmes brasileiros, de gêneros variados. A lista é composta por filmes que vão do ano de 1962 até 2017, em ordem decrescente, do mais recente até o mais antigo.

Filmes baseados em fatos reais são os mais emocionantes, além daqueles que fazem uma crítica social de impacto com enredos fascinantes. Outro destaque da produção brasileira são os filmes sobre períodos históricos do país. Assista aos trailers e surpreenda-se!

1. Como Nossos Pais (2017)

Direção de Laís Bodanzky, o filme aborda a trama da personagem Rosa, de 38 anos, que se desdobra em gerenciar os conflitos da sua vida como mãe, esposa, filha e também na sua carreira profissional. Temas como a identidade, o feminismo e a influência da tecnologia nos relacionamentos também são abordados e fomentam uma grande reflexão sobre a mulher.

2. Malasartes e o Duelo com a Morte (2017)

Leia também: 45 filmes de suspense na Netflix para você assistir encolhida no sofá

Esta incrível comédia/fantasia dirigida por Paulo Morelli, conta a história de Pedro Malasartes, um trapaceador sortudo que sempre se safa das situações. Terá de enfrentar Próspero, um inimigo que fará de tudo para impedir que ele fique com Áurea, além de ter que encarar a própria Morte encarnada, que terá outros planos para Malasartes para enganá-lo. Será que o esperto Malasartes sairá ileso dessa confusão?

3. Divinas Divas (2017)

Este é um documentário fabuloso que acompanha o reencontro de grandes artistas da década de 1960, Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujika de Holliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios. Estes nomes formam a primeira geração de artistas travestis do Brasil, que viveram o auge do cinema e do teatro, e agora se reúnem para um espetáculo, cheio de memórias de uma geração que revolucionou os pensamentos morais de uma época. Direção de Leandra Leal.

4. Corpo Elétrico (2017)

Elias trabalha em uma fábrica de confecções, e com a chegada do fim de ano, o ritmo de trabalho está intenso. Após uma noite fazendo hora extra, Elias e seus colegas de trabalho decidem sair para tomar uma cerveja. É aí que o mundo do personagem se depara com um horizonte de possibilidades e encontros. O filme é uma representação do universo LGBTQ+, onde a sexualidade é essencial, mas não a geradora de conflitos.

Leia também: 35 filmes com a temática LGBTQ+ que você precisa assistir

5. As Duas Irenes (2017)

Drama espetacular escrito e dirigido por Fábio Meira. Narra a história de Irene, uma jovem de 13 anos, que em meio aos conflitos de sua adolescência, descobre que o pai tem uma segunda família e uma filha da mesma idade, que também se chama Irene. Em segredo, ela se arrisca para conhecer a outra família, sem revelar sua identidade, e acaba descobrindo que a outra Irene é completamente diferente dela.

6. O Filme da Minha Vida (2017)

Dirigido e estrelado por Selton Mello, O Filme da Minha Vida se passa nas Serras Gaúchas, ano de 1963, onde o jovem Tony retorna para sua cidade e descobre que seu pai foi embora para a França sem deixar notícias. Tony é um exímio sonhador, professor de francês apaixonado por livros e pelos filmes. Quando a verdade sobre seu pai começa ser revelada, Tony é obrigado a tomar certas decisões.

7. Era o Hotel Cambridge (2017)

Leia também: 40 filmes de terror para você assistir de luz acesa e de olhos bem abertos

Neste filme de Eliane Caffé, a cineasta reúne atores e não-atores para contar a história de moradores, em sua maioria refugiados que chegaram ao Brasil, que ocupam um prédio abandonado em São Paulo. Eles vivem diante da ameaça de despejo pelas forças do Estado. Além disso, os moradores do prédio terão que enfrentar seus conflitos pessoais e aprender a conviver com os demais.

8. O Silêncio do Céu (2016)

Diana é vítima de estupro dentro de sua própria casa, mas resolve manter o trauma em segredo. Seu marido, Mario, que viu o ato acontecer e não reagiu, também esconde vários segredos. O silêncio em torno do casal acaba deixando a relação conflituosa e um pouco violenta. É um drama impactante, com cenas bem expressivas e o clima de suspense está sempre no ar. Direção de Marco Dutra. Disponível na Netflix.

9. Nise – O Coração da Loucura (2016)

A doutora Nise da Silveira retorna a um hospital psiquiátrico para trabalhar após sair da prisão. Nise propõe um novo tratamento aos pacientes esquizofrênicos, sem a utilização de choques ou lobotomia. Seus colegas não concordam com sua posição, e acabam a deixando de lado. Nise acaba por assumir um outro setor do hospital, onde começa uma nova forma com os seus pacientes, através do amor e da arte. O filme está catalogado na Netflix.

10. O Roubo da Taça (2016)

Uma comédia é baseada no caso real do roubo da Taça Jules Rimet, entregue aos campeões da Copa do Mundo. Peralta recebe um ultimato de sua namorada Dolores: é casamento ou fim de papo. Endividado, Peralta tem uma brilhante ideia que iria solucionar os seus problemas. Peralta chama seu amigo Borracha para o ajudar a roubar a Taça Jules Rimet de dentro dos cofres da CBF. O filme está disponível na Netflix.

11. Elis (2016)

Uma cinebiografia emocionante da vida de Elis Regina, dirigida por Hugo Prata. Uma das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos, que sinalizou o surgimento do MPB. Viveu os confrontos da Ditadura Militar e lutou com seus próprios demônios pessoais.

12. Aquarius (2016)

Clara tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora em um apartamento localizado na Av. Boa Viagem, no Recife. Uma construtora está de olho no prédio de Clara para construir um novo empreendimento, com isso, conseguiram comprar quase todos os apartamentos, menos o dela. Clara começa a sofrer assédios e ameaças para que ela mude de ideia. Direção de Kleber Mendonça Filho.

13. Que Horas Ela Volta? (2015)

Val é uma mulher que deixou sua família e uma filha no interior de Pernambuco para ser babá em São Paulo, em busca de estabilidade financeira. Treze anos depois, sua filha resolve ir para São Paulo para fazer um vestibular. Os patrões de Val recebem a menina em sua casa. É quando a menina começa a tomar certo espaço da casa rompendo o protocolo, circulando livremente, como não deveria, é aí que a situação se complica.

14. O Vendedor de Passados (2015)

Vicente vende passados às pessoas, é especialista em criar versões fictícias de histórias de vida, criando documentos, fotos, registros, o que for necessário para reescrever o passado de alguém. Clara, uma cliente intrigante chega com um pedido fora do comum: que em seu passado ela tenha cometido um crime. Este drama é uma adaptação do livro de José Eduardo Agualusa.

15. Tim Maia (2014)

Cinebiografia do polêmico cantor Tim Maia, baseada no livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia”. O filme narra a vida do artista, desde a sua infância até a sua morte, aos 55 anos de idade. O enredo é divertido e traduz bem os conflitos e a personalidade do cantor. Direção de Mauro Lima.

16. Getúlio (2014)

O filme é inspirado na vida de Getúlio Vargas, o então presidente do Brasil, em seus últimos dias de vida. Em plena crise política, e acusado pelo atentado do jornalista Carlos Lacerda, Getúlio toma a decisão de se suicidar. Um ótimo filme para conhecer um pouco mais a história do Brasil, mas também para conferir o homem por trás da figura de presidente. Disponível na Netflix.

17. Alemão (2014)

Cinco policiais estão infiltrados no Complexo do Alemão, pouco antes da invasão da polícia e do exército em 2010. Desmascarados pelos traficantes, ficam presos e aguardam o destino de suas vidas que está ou nas mãos dos bandidos ou nas forças policiais, se fossem os resgatar.

18. Praia do Futuro (2014)

Donato é salva-vidas na Praia do Futuro, em Fortaleza. Quando perde um resgate pela primeira vez, Donato conhece Konrad, um alemão piloto de moto velocidade, amigo do afogado. Donato vai embora com Konrad para Berlim, abandonando o irmão mais novo, o qual tinha muito apreço por Donato. Anos depois, o irmão de Donato, Ayrton, já adolescente, vai em busca de Donato para um acerto de contas com aquele que considerava seu herói.

19. O Lobo Atrás da Porta (2013)

O desaparecimento de uma criança leva Bernardo, o pai, Sylvia, a mãe, e a amante Rosa, à delegacia para serem interrogados. O depoimento do trio envolve mentiras, amor, vingança e ciúmes. Conforme os personagens falam suas versões da história, flashbacks ilustram seus pontos de vista. Dirigido por Fernando Coimbra, este é um daqueles filmes que fazem um uso instigante e inteligente do espaço fora do quadro.

20. Faroeste Caboclo (2013)

Faroeste Caboclo conta a saga de João do Santo Cristo, escrita por Renato Russo em um dos maiores sucessos da Legião Urbana. O protagonista deixa sua cidade natal e vai para Brasília em busca de uma vida melhor. Lá, se depara com a miséria e o crime, e também encontra o amor nos braços de Maria Lúcia. Este filme está disponível na Netflix.

21. Somos Tão Jovens (2013)

Um filme que retrata o passado do cantor, compositor e poeta Renato Russo. O longa apresenta os primeiros acordes do mito Renato Russo e da turma do Rock Brasília, criadores de sucessos como “Que País é Este”, “Geração Coca-Cola”, “Eduardo e Mônica” e outras músicas que marcaram gerações.

22. O Tempo e o Vento (2013)

Outro grande clássico literário que vai ao cinema. O enredo se passa no Rio Grande do Sul, final do século XIX. As famílias Amaral e Terra-Cambará são inimigas históricas na cidade de Santa Fé. Os Amaral resolveram cercar a casa dos Terra-Cambará, e eles tem que se defender. No meio desta confusão, Bibiana, a matriarca da família, recebe a visita de seu falecido esposo, o capitão Rodrigo e juntos relembram sua história de amor e também de como nasceu a própria família Terra-Cambará.

23. Serra Pelada (2013)

Filme baseado nas histórias vividas por garimpeiros na época áurea do ouro em Serra Pelada. O longa mostra a saga de Juliano e Joaquim que descobrem a Serra Pelada, o maior garimpo a céu aberto do mundo, no estado do Pará, e resolvem ir para lá em busca de riqueza. Chegando lá, tudo muda na vida deles.

24. O Som ao Redor (2012)

A vida numa rua de classe-média na zona sul do Recife toma um rumo inesperado com a chegada de uma milícia que oferece a paz da segurança particular. A presença desses homens traz tranquilidade para alguns, e tensão para outros. É uma crônica brasileira, dirigida por Kleber Mendonça Filho, que traz uma reflexão sobre história, violência e barulho, utilizando o som de forma pouco convencional no cinema.

25. Gonzaga – De Pai para Filho (2012)

Baseada em conversas realizadas entre pai e filho, o filme narra a vida do cantor e sanfoneiro Luiz Gonzaga, conhecido como O Rei do Baião ou Gonzagão, e de seu filho, popularmente chamado de Gonzaguinha. Gonzaga abandona o filho aos cuidados de amigos no Rio de Janeiro e vai pelas estradas do Brasil seguir sua carreira. O que ele não imaginava era que a distância entre eles resultaria em uma complicada relação.

26. O Palhaço (2011)

Filme dirigido e protagonizado por Selton Mello, conta a história de Benjamin e Valdemar, a dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue, do Circo Esperança. Em meio a uma crise existencial, Benjamin não vê mais graça na vida. Seu pai e seus amigos dizem que ele precisa encontrar o seu caminho por si só. É uma trama divertida e dramática ao mesmo tempo, sobre alguém que foi iludido pelo amor, mas ainda assim, reencontrou o humor. Disponível na Netflix.

27. Assalto ao Banco Central (2011)

Mais um filme baseado em fatos reais, inspirado em um dos maiores roubos do século, acontecido em agosto de 2005, onde 164,7 milhões de reais foram roubados do Banco Central de Fortaleza. O enredo mostra desde o plano dos bandidos, o roubo e a investigação realizada pela Polícia Federal. Foi o segundo maior assalto a banco do mundo.

28. Quincas Berro d’Água (2010)

Baseado na obra de Jorge Amado, com direção de Sérgio Machado, Quincas Berro d’Água é uma daquelas comédias que permitem ótima reflexão. Quincas é um funcionário público que, cansado de sua vida, resolve cair na folia, ganhando fama como Quincas Berro D’Água, o rei dos vagabundos. Certo dia ele foi encontrado morto em seu quarto, e o desejo de sua família era lhe dar um enterro respeitável. Mas seus amigos aparecem de repente e decidem levá-lo para uma última farra.

29. Chico Xavier – O Filme (2010)

O filme é uma adaptação para o cinema, dirigida por Daniel Filho, que narra a trajetória do médium Chico Xavier, figura importante na atividade mediúnica e filantrópica. Desde a infância, dizia ouvir vozes e ver pessoas falecidas. Poucos acreditavam nele, diziam que era imaginação. Para quem o admira, foi um grande líder espiritual. Para os descrentes, no mínimo, um personagem intrigante.

30. O Bem Amado (2010)

Uma divertida comédia de caráter político, com a direção de Guel Arraes. A ilustre figura de Zeca Diabo assassina o prefeito de Sucupira, e então surge uma disputa pelo cargo entre Odorico Paraguaçu e Vladimir. Odorico vence a eleição e começa a construir o primeiro cemitério da cidade, promessa sua de campanha. Porém, quando a obra enfim foi concluída, surge um problema: ninguém morre em Sucupira, o que impede que a inauguração do cemitério. Pressionado pelas acusações de superfaturamento da obra, Odorico precisa encontrar uma saída para que seu mandato não se torne uma piada.

31. Linha de Passe (2008)

Quatro irmãos tentam reinventar suas vidas na grande São Paulo. Reginaldo, o mais novo, procura seu pai desconhecido. Dario sonha em ser jogador de futebol profissional. Dinho, o frentista, busca refúgio na religião para apagar seu passado obscuro. Dênis, o mais velho, já é pai e ganha a vida como motoboy. A mãe dos meninos, Cleusa, de 42 anos, está grávida do quinto filho. Ela trabalha como empregada doméstica e luta para manter os filhos na linha.

32. Tropa de Elite (2007)

Um dos mais populares de todos os tempos, Tropa de Elite é um filme policial brasileiro, dirigido por José Padilha. Tem como tema a violência do Rio de Janeiro e as ações do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. O filme é narrado em primeira pessoa pelo Capitão Roberto Nascimento, que dá ao espectador uma visão dos fatos interligados. Devido seu sucesso, em 2010 foi lançado Tropa de Elite 2. O primeiro filme está disponível na Netflix.

33. Ó Pai, Ó (2007)

No centro histórico de Salvador, os moradores de um animado cortiço usam criatividade, paixão e esperteza para fazer um carnaval para todos. Incomodada com a farra dos condôminos, Dona Joana decide cortar o fornecimento de água do prédio. A falta d’água faz com que os condôminos se confrontem e se solidarizem para resolver o problema. O filme encontra-se catalogado na Netflix.

34. Cidade dos Homens (2007)

O filme dirigido por Paulo Morelli é baseado na série Cidade dos Homens, exibida pela Rede Globo entre 2002 e 2005. O filme conta a história de Laranjinha e Acerola, já crescidos, agora com 18 anos tendo que encarar outras responsabilidades. Acerola tem um filho de 2 anos para cuidar e lamenta a paternidade precoce em um casamento que o faz sentir-se preso. Já Laranjinha está decidido a encontrar seu próprio pai, que não conhece. O morro em que vivem está em conflitos pelo mundo do tráfico.

35. O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006)

Mauro, 12 anos, gosta de futebol e jogo de botão. É a década de 1970, está acontecendo a Copa do Mundo em plena ditadura militar. Devido uma perseguição política, seus pais são obrigados a deixá-lo com o avô, mas este, está com problemas. Então, Mauro acaba ficando com Shlomo, um velho vizinho judeu de seu avô. A narrativa do filme é contada pelo ponto de vista do garoto.

36. O Cheiro do Ralo (2006)

Este intrigante drama mostra a trama de Lourenço, dono de uma loja de objetos usados. Acostumado a explorar seus clientes, Lourenço vê as pessoas como se estivessem à venda, identificando-as como objetos. Incomodado com o fedorento cheiro do ralo que existe em sua loja, Lourenço acaba sendo confrontado pelos personagens que julgava controlar.

37. 2 Filhos de Francisco (2005)

O lendário filme que conta a história da família da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano. Francisco é um lavrador que sonha que um de seus filhos sejam cantores sertanejos. Mirosmar e Emival, seus filhos, começam a tocar e cantar na rodoviária, na intenção de conseguir dinheiro para ajudar em casa. Após a morte de Emival, Mirosmar decide voltar a cantar, agora usando o nome artístico de Zezé di Camargo. Mais tarde, seu irmão Welson entra com ele na vida artística e formam uma nova dupla sertaneja. Uma trajetória repleta de lutas e batalhas para chegar até o sucesso.

38. Casa de Areia (2005)

Vasco, Áurea e Dona Maria, partem para o Maranhão, em busca de uma vida melhor, onde o marido, Vasco, dizia ter comprado uma ótima terra. Chegando lá, descobrem que as terras não são como imaginavam, rodeadas de areia por todos os lados e longe da civilização. Um grave acidente acontece com Vasco, deixando Áurea viúva e sozinha com a mãe. Áurea deseja deixar o local mas decide fazer isto apenas quando sua filha nascer. Além disso, elas precisam lidar com o fato de que a areia pode soterrar a casa em que vivem a qualquer momento.

39. Cazuza – O Tempo Não Para (2004)

Filme que mostra a trajetória de Cazuza, jovem talentoso que vivia com intensidade as suas emoções. Com sua personalidade rebelde, se tornou um ídolo da juventude que presenciou os impactos da ditadura militar. Seu espírito contestador também se manifestava em seu comportamento, drogas, sexo e rock’n’roll. O filme também mostra sua luta contra a aids.

40. Olga (2004)

Com a direção de Jayme Monjardim, o filme narra a história de Olga Benário, militante alemã que se envolveu com o líder comunista brasileiro Luís Carlos Prestes. Juntos, terão de lutar pelo amor, pelo comunismo e sobretudo, pela sobrevivência.

41. Carandiru (2003)

Filme espetacular baseado em fatos reais e no livro escrito pelo médico Drauzio Varella, do massacre do Carandiru acontecido em 1992, onde a Polícia Militar do Estado de São Paulo fuzilou 111 pessoas. O médico se voluntaria para trabalho de prevenção a AIDS no maior presídio da América Latina, o Carandiru. Lá ele convive com a realidade violenta e precária dos cárceres.

42. Cidade de Deus (2002)

Buscapé vive na Cidade de Deus, umas das favelas mais violentas do Rio de Janeiro. Temendo que se tornar um bandido, Buscapé escapa deste destino devido seu talento como fotógrafo, e segue carreira na profissão. Pelo olhar da câmera, Buscapé narra a vida dos personagens, analisando o cotidiano da favela, onde a violência parece não ter fim. O filme está disponível na Netflix.

43. Madame Satã (2002)

João Francisco dos Santos é um personagem complexo, filho de escravos, ex-presidiário, bandido e homossexual. João se expressa no palco de um cabaré como a travesti Madame Satã, famosa personagem da boemia carioca. Excelente filme para entendermos o Brasil dos anos 30 e o Brasil de hoje, refletindo sobre a exclusão social.

44. Domésticas – O Filme (2001)

Cida, Roxane, Quitéria, Raimunda e Créo, todas ganham a vida como empregada doméstica. Cada uma possui seus sonhos diferentes, e contam suas histórias em busca de futuro melhor. Sonhos como uma carreira de modelo, artista, casamento, um marido ou uma patroa melhor, estudos, etc.

45. O Auto da Compadecida (2000)

Um clássico literário de Ariano Suassuna que vai ao cinema. A trama mostra as aventuras de João Grilo e Chicó, dois trapaceiros que vivem no vilarejo de Taperoá, sertão da Paraíba. Após a chegada de um cangaceiro na cidade, um tiroteio acontece. Então, todos os mortos do vilarejo se encontram no Juízo Final, para serem julgados no Tribunal das Almas por um Jesus negro e pelo diabo. O destino de cada um está nas mãos de Nossa Senhora, que aparece no meio do julgamento, trazendo um final surpreendente.

46. Central do Brasil (1998)

Dora ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas na estação Central do Brasil, no centro do Rio de Janeiro. Eles que ditavam o que querem escrever às suas famílias e ela pegava todo o dinheiro e nem postava as cartas. Um dia, o filho de uma de suas clientes acaba sozinho quando a mãe é morta em um acidente de ônibus. Embora não queira cuidar do menino, se junta a ele em uma viagem em busca do pai que ele nunca conheceu.

47. Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)

Um clássico do cinema brasileiro. Dona Flor é casada com Vadinho. Ela sustenta a família cozinhando para seus vizinhos, mas o marido aposta a maior parte do dinheiro. Vadinho morre repentinamente e Dona Flor começa a sentir falta do casamento. Ela se casa com o médico Teodoro Madureira. Enquanto está casada com ele, o fantasma de seu falecido marido aparece.

48. Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964)

Manuel mata o coronel Moraes e começa a ser perseguido por jagunços. Por isso, se junta aos seguidores do beato Sebastião para fugir. Ao presenciar a morte de uma criança, Rosa mata o beato. Enquanto isso, Antônio das Mortes, um matador de aluguel que presta serviço à Igreja Católica e aos latifundiários da região, extermina os seguidores do beato. O filme traz uma grande crítica social, dirigido por Glauber Rocha, foi considerado por muitos o melhor filme brasileiro já feito e eleito, pelo Museu de Arte Moderna de Nova York, como um dos “dez maiores filmes de todos os tempos”.

49. Vidas Secas (1963)

O filme é uma adaptação da obra de Graciliano Ramos, que conta a história de Fabiano, Sinhá Vitória e seus dois filhos, suas lutas e trabalho duro para sobreviverem às condições precárias da seca do sertão nordestino.

50. O Pagador de Promessas (1962)

Filme vencedor do prêmio Palma de Ouro de Cannes em 1962. Zé do Burro tem um burro de estimação que foi atingido por um raio. Ele vai a um terreiro de candomblé e faz uma promessa a Santa Bárbara para salvar o animal. Como o burro foi salvo, para cumprir a promessa ele doa metade de seu sítio, para depois realizar a caminhada rumo a Salvador, carregando uma cruz de madeira nas costas.

E aí? Gostou? Que tal preparar a pipoca e o sofá para uma maratona dos filmes que mais chamaram a sua atenção desta lista?! Vale a pena assistir e conhecer mais sobre o cinema brasileiro, valorizando as boas produções.

Para você