Dicas de Mulher Dicas de Casa

Conheça o bullet journal, uma ferramenta útil e fofa para a organização do seu dia

Aposte no método que vai te ajudar a ser uma pessoa mais produtiva e organizada no seu dia-a-dia

em 30/08/2016

Foto: Reprodução / Success Aesthetics

Foto: Reprodução / Success Aesthetics

Ferramenta útil, o bullet journal tem se mostrada um ótimo recurso para ajudar na organização, seja em cunho pessoal ou profissional. Método criado por um designer americano chamado Ryder Carrol, busca “rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”, lema do próprio criador.

Este método análogo de organização tem como função reunir em um só lugar todos os aspectos do dia-a-dia: os lembretes utilizados com os post-its, os planos de uma próxima viagem, as tarefas diárias e os compromissos futuros.

Além de ser um métodos com múltiplas funções, pode ainda ser direcionado de acordo com suas necessidades: conter apenas tópicos a serem estudados, rotina de limpeza de casa ou prazos e projetos do trabalho. Diante de tal versatilidade, esta ferramenta vem ganhando cada vez mais adeptos pelo mundo afora e virando queridinho em termos de ajudar os desorganizados.

Como montar seu bullet journal

Para iniciar a utilizar este método é necessário um caderno. Os mais utilizados são os quadriculados ou pontilhados e os moleskines, cadernos de anotações em capa dura. Mas como o próprio autor do método relata “o melhor caderno é o seu favorito”. Nada impede que você utilize folhas pautadas ou em branco como layout para o seu bullet journal.

Confira uma seleção de lojas com cadernos variados, escolha o que mais lhe agrada e comece o seu planejamento:

Existe ainda um sistema de legenda ou símbolos a ser utilizado no bullet journal o qual facilita a divisão entre tarefas, compromissos e grau de importância, por exemplo. Um círculo preenchido ou um quadrado é uma tarefa a ser cumprida. Ao ser concluída ela ganha um “X” para determinar o seu término. Se a mesma for reagendada para outro dia, ela ganha uma flecha em direção à direita ou o sinal de maior (>). Se a mesma for tarefa já antiga a flecha é em direção à esquerda ou o sinal de menor (<). Se a tarefa for cancelada ou tornar-se irrelevante a mesma é riscada por completo. Um evento é representado por um círculo em branco. Uma nota por um traço (-). Se algo for importante, é representado por um asterisco (*) ou estrela, já se necessita de maiores informações sobre o item, é utilizado o ponto de exclamação (!). Estes símbolos são utilizados universalmente, porém nada impede de criar a sua própria codificação.

Foto: Reprodução / Olho mágico

Foto: Reprodução / Olho mágico

Seguindo os seguintes passos, você pode colocar em prática este método e transformar sua vida com mais organização e produtividade:

  • 1º passo – Índice: o índice será a primeira folha do seu caderno, o sumário, e nela conterá a divisão do seu bullet journal e suas páginas correspondentes. O ideal é que ela seja preenchida posteriormente à configuração das páginas restantes.
  • 2º passo – Calendário Mensal: na primeira página (à esquerda) coloca-se o nome do mês e seus dias em formato de lista. Ao lado das datas importantes você adiciona compromissos ou datas comemorativas. Na segunda folha (à direita) são anotadas as tarefas a serem concluídas naquele mês utilizando o sistema de legenda já descrito anteriormente.
  • 3° passo – Calendário Diário: nestas páginas, é necessário colocar o nome mais a data do mês vigente e listar o que precisa ser realizado naquele dia específico.

Além desta configuração padrão, com o tempo você irá perceber que algumas tarefas se repetem. Esta é uma das grandes vantagens da versatilidade deste método. Por isso há a possibilidade de criar páginas específicas para estes tópicos. Por exemplo: Deseja ler 50 páginas de um livro diariamente? Então crie um plano de leitura em uma página à parte e vá registrando o seu progresso somente neste local.

4 dicas para evitar problemas e aproveitar ao máximo o seu bullet journal

  1. Escreva a caneta: apesar de não ser obrigatório, ao escrever a caneta você garante que a escrita não se apague com o tempo, o que é muito comum acontecer se você utilizar um lápis.
  2. Organize: Numerar as páginas e anotar no índice é algo que facilita e muito a localização de projetos específicos. Outra dica é adicionar marcadores de páginas facilitando encontra-los.
  3. Leve-o sempre com você: como o mesmo não possui back-up eletrônico, é necessário que você esteja sempre com ele à mão para adicionar compromissos e as tarefas que possam surgir.
  4. Proteja-o: assim como qualquer outro caderno, o bullet journal deve ser manuseado com cuidado, podendo sujar, rasgar ou mesmo molhar. Uma boa opção é optar por cadernos de capa dura ou mesmo encapá-los com papel contact por exemplo.

20 fotos de bullet journals para você se inspirar

Apesar da técnica ainda ser mais utilizada no exterior, muitas pessoas estão adquirindo o hábito de utilizar este método para ajudar na organização e aumentar o seu rendimento escolar ou no trabalho. Confira alguns exemplos e se inspire para criar o seu:

Foto: Reprodução / Reckless Optimism

Foto: Reprodução / Reckless Optimism

Foto: Reprodução / Ashley Studies

Foto: Reprodução / Ashley Studies

Foto: Reprodução / Success Aesthetics

Foto: Reprodução / Success Aesthetics

Foto: Reprodução / Cristina Barreto

Foto: Reprodução / Cristina Barreto

Foto: Reprodução / Pe-dri-nha

Foto: Reprodução / Pe-dri-nha

Foto: Reprodução / Bullet Journaling

Foto: Reprodução / Bullet Journaling

Foto: Reprodução / Vestiblr

Foto: Reprodução / Vestiblr

Foto: Reprodução / Ashley Studies

Foto: Reprodução / Ashley Studies

Foto: Reprodução / Study Buzz

Foto: Reprodução / Study Buzz

Foto: Reprodução / Sarah’s Chapter

Foto: Reprodução / Sarah’s Chapter

Foto: Reprodução / High Schoolering

Foto: Reprodução / High Schoolering

Foto: Reprodução / Study Rose

Foto: Reprodução / Study Rose

Foto: Reprodução / Girly Planners

Foto: Reprodução / Girly Planners

Foto: Reprodução / Study Feelsb

Foto: Reprodução / Study Feelsb

Foto: Reprodução / Organizing

Foto: Reprodução / Organizing

Foto: Reprodução / Study Inspiration

Foto: Reprodução / Study Inspiration

Foto: Reprodução / Ad Astra

Foto: Reprodução / Ad Astra

Foto: Reprodução / Organizing

Foto: Reprodução / Organizing

Foto: Reprodução / Ida Marielle

Foto: Reprodução / Ida Marielle

Foto: Reprodução / Studiouhs

Foto: Reprodução / Studiouhs

Uma dica para deixar o seu bullet journal ainda mais bonito e caprichado é adicionar adesivos, washi tapes, desenhos feitos à mão, post-its ou utilizar canetas com cores diferentes. Com certeza ele ficará ainda mais alegre e personalizado.

Opinião de quem usa o bullet journal

Alguns dos inúmeros benefícios da utilização deste recurso incluem ajudar na organização de prioridades, poder guardar eventos importantes, auxiliar o cumprimento das tarefas diárias, exercitar a sua criatividade, praticar a letra cursiva em tempos em que se utiliza a tecnologia desenfreadamente.

Ainda possui dúvidas em relação ao método? Então confira a opinião e o passo-a-passo de pessoas que já utilizam este recurso:

Inventário da Sobrevivência

Neste vídeo o blogueira Leticia demonstra um pouco a divisão e a simbologia utilizada no bullet journal.

Maria Lowen

Já neste vídeo, a blogueira Maria demonstra como ela utiliza seu bullet journal, incluindo seções específicas onde anota livros lidos, metas e citações.

Isabelle Felício

A blogueira Isabelle explica em detalhes como montar o seu bullet journal, exemplificando decorações e o uso de canetas coloridas para deixa-lo mais personalizado.

Querido Click

Aqui, a blogueira Nina explica um pouco sobre a origem do bullet journal e explica como este método conseguiu juntar todas as agendas e planejadores no mesmo local.

Se você procura um método para lhe auxiliar a organizar melhor sua vida, seja a curto ou longo prazo, esta pode ser uma boa opção. Vale lembra que como qualquer outro método de organização, é necessário introduzi-lo na sua rotina para que possua um efeito satisfatório. Escolha seu caderno e comece a organizar já!

Comentários
Dicas relacionadas