41 receitas deliciosas de festa junina para tornar seu arraiá um sucesso

Aprenda como preparar diversos pratos típicos para surpreender com uma explosão de sabores nas festas típicas de junho, julho e agosto

Escrito por Vanessa Herrmann
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A festa junina é comemorada em diversos lugares ao redor mundo e foi trazida para o Brasil pelos portugueses. É celebrada em todo país e é composta por muitos elementos, como fogueiras, mastro de São João, quadrilha, bandeirinhas, trajes caipiras e várias brincadeiras, que tornam a festividade muito mais animada.

Com os “arraiás” se aproximando, além da decoração e trajes a caráter, as deliciosas comidas típicas também devem estar presentes para que a diversão fique completa. Cada região pode usar seus ingredientes típicos para o preparo dos pratos, mas o milho normalmente é o alimento mais usado.

A maioria dos pratos são originários da cultura do campo e do interior, os ingredientes costumam ser bem simples e com preço acessível.

Confira abaixo uma lista com diversas com opções de comidas doces e salgadas, e bebidas alcoólicas e não alcoólicas, para que sua festa faça o maior sucesso entre os convidados.

Comes

Pamonha. Foto: Getty Images

Pamonha. Foto: Getty Images

Salgados

Além das tortas salgadas, salgados assados e fritos, como pastel e espetinhos variados, as comidas típicas de festa junina devem incluir:

Leia também: 10 receitas de bolo de fubá deliciosas e fáceis de fazer

1. Pastel de carne moída: o pastel de carne é apreciado em muitas regiões do país e simples de se fazer. A massa você pode encontrar facilmente em supermercados e padarias ou fazê-la como desejar. Uma dica é fritar perto da hora de servir, assim as pessoas podem comê-lo quentinho.

2. Espetinho de carne: se for feito com carne magra, é uma opção saudável e que traz saciedade. Cebola e pimentão são acrescentados ao espeto para dar cor e deixá-lo mais saboroso. Pode ser feito com carne vermelha, frango e até mesmo peixe.

3. Espetinho de frango: como a receita é assada, acaba sendo mais light. Algumas dicas são importantes para acertar no sabor e no ponto, como: não cortar os cubos em pedaços muitos pequenos e o preparo do tempero deve ser cuidadoso, para que o prato fique bem saboroso.

4. Torta salgada: a torta é recheada com queijo e presunto. Como é feita no liquidificador, o preparo é bem simples e rápido. Além disso, é leve e bem aromatizada. Caso deseje, o recheio da torta pode ser alterado conforme seu gosto.

5. Pipoca salgada: a pipoca não pode faltar nas festas juninas. Como esses eventos costumam reunir uma grande quantidade de pessoas, é muito mais econômico e prático fazer a pipoca na panela, já que ela rende mais e é mais barata do que a de microondas. Uma dica é colocar em saquinhos na hora de servir.

6. Cachorro quente: bem rapidinho de fazer, é uma opção que traz mais saciedade do que os petiscos, e é bem aceita por crianças e adultos. Para que o cachorro quente fique mais caracterizado, sirva em um saquinho ou guardanapo xadrez. Uma dica é deixá-los todos montados para que as pessoas já peguem eles prontos.

Milho cozido com manteiga. Foto: Getty Images

Milho cozido com manteiga. Foto: Getty Images

7. Milho verde na espiga: cozinhar milho parece uma tarefa bem simples, não é mesmo? Mas existem alguns segredinhos, que vão desde a escolha do milho até a hora certa de tirar o milho da panela. Uma das dicas dessa receita é colocar um pouco de açúcar na água de cozimento.

8. Pamonha: mais uma receita com milho! Essa é a pamonha tradicional do nordeste. Para o seu preparo é necessário ter em casa apenas milho, leite de coco, açúcar e sal.

9.Amendoim salgado: Esse petisco é feito bem rapidinho e com muita facilidade. Os amendoins são levados ao forno e torrados. Depois é só acrescentar óleo e sal, e torrar mais um pouquinho.

Doces

Pipoca caramelada. Foto: Reprodução / Oslaine Artes

Pipoca caramelada. Foto: Reprodução / Oslaine Artes

Os doces também fazem bastante sucesso nas festas juninas, então eles não devem ser deixados de lado. Existe uma grande diversidade para você escolher qual quer acrescentar à sua mesa. Confira aqui várias opções de doces para agradar todos os gostos:

10. Pipoca caramelada: a pipoca é super simples de se preparar e uma ótima opção para acrescentar aos pratos doces. Para que ela fiquei caramelada, não existe muito segredo. Com o passo a passo da receita fica muito fácil prepará-la.

11. Pipoca de chocolate: para os fãs de chocolate, também existe a opção de pipoca com ele! Para essa delícia ser feita, o único ingrediente que você precisa acrescentar à receita tradicional é o achocolatado.

12. Bolo de milho: esse bolo de milho tradicional fica com uma cremosidade de dar água na boca. Como é feito no liquidificador, fica pronto rapidinho. É delicioso para combinar com uma das bebidas quentes típicas da festa.

13. Curau: o curau é um dos pratos mais comuns feitos com o milho, que são servidos nas festividades juninas. O preparo é muito simples e rápido. Você pode escolher se prefere fazer usando o milho fresco, direto da espiga, ou até mesmo o enlatado.

14. Bolo de fubá: essa receita que tem cheiro de casa de vó também combina com arraiá. O bolo é simples mas a massa fica com a textura cremosa, que é muito atrativa. É é feito no liquidificador, o que o torna muito simples e prático.

15. Canjica: nessa receita a autora seguiu os conselhos da avó, que recomenda o uso do milho branco (a espiga não está completamente madura), ao invés do amarelo (maduro). Uma dica para o milho cozinhar mais rápido é deixá-lo de molho na noite anterior do preparo.

16. Arroz doce: é possível criar uma deliciosa sobremesa com o nosso arroz do dia a dia, e ela é o arroz doce. O preparo dessa receita é bem simples e poucos ingredientes são necessários. Como leva cravo e canela, fica muito aromático. Uma dica é servir quentinho.

17. Amendoim doce: a versão doce do amendoim agrada muitas pessoas. Simples e rápido de fazer, é uma opção interessante para acrescentar ao cardápio. Esse petisco pode ser servido em saquinhos individuais.

18. Pé de moleque: outra opção doce bem comum usando o amendoim é o pé de moleque. Com apenas quatro ingredientes e trinta minutos, você consegue preparar uma sobremesa saborosa.

19. Pé de moça: a autora diz que essa receita é uma variação mais delicada e feminina do pé de moleque. Leva esse nome por ser mais suave e macio, lembrando o pé de mulher. O que o torna mais fofo é o acréscimo do leite condensado.

Paçoca. Foto: Reprodução / Receitas de vovó

Paçoca. Foto: Reprodução / Receitas de vovó

20. Paçoca: muito rápido e prático o preparo desta paçoca! Para fazer a paçoca só é necessário bater amendoim, bolacha de maisena e leite condensado no liquidificador. Depois é só colocar para descansar em uma forma por alguns minutos e cortar.

21. Pinhão cozido: o pinhão é uma semente bastante comum na região sul do Brasil e tem um grande valor nutricional. A partir dele é possível criar uma grande quantidade de receitas. Mas a principal forma de consumo é cozido. Perfeito para ser comido ao lado da fogueira.

22. Pinhão assado na chapa: essa opção é para quem tem um forno à lenha em casa, pois nessa receita os pinhões devem ser feitos no chapa do forno. Como são consumidos no inverno, o legal é comê-los quentinhos ao lado do forno.

23. Maçã do amor: o romantismo combina com o inverno, não é mesmo? E surpreender alguém que você gosta com uma maçã do amor é um gesto muito fofo. A calda é bem simples, mas a autora diz para tomar cuidado com o ponto.

24. Cocada: o coco também é muito utilizado nas receitas tradicionais de festa junina. Essa cocada de leite condensado leva apenas quatro ingredientes, mas é muito saborosa.

25. Doce de abóbora coração: para o preparo desse doce são acrescentadas especiarias, suco de limão, água e açúcar. Também é uma receita simples. Para o formato de coração você pode usar um molde ou tentar cortar com uma faca.

26. Maria mole: por ser uma receita muito barata e saborosa, se tornou muito comum nas festas de São João. Além disso, fica pronta em 20 minutinhos.

27. Suspiro: o doce que é feito apenas com ovos e açúcar leva um toque especial nessa receita. A autora acrescenta cremor de tartáro, ela diz que é para dar estabilidade ao merengue. Mesmo sendo super simples é muito saboroso.

28. Espetinhos de frutas: esses espetinhos são cobertos com um creme de chocolate. As frutas usadas devem ser as de sua preferência, e os espetinhos podem ser feitos com apenas uma fruta ou com várias sortidas.

29. Queijadinha: essa receita é originária da culinária portuguesa, mas teve uma influência africana. A história conta que um escravo trocou o queijo pelo coco, o que é curioso, é que o nome original permaneceu, mesmo não levando queijo na massa.

30. Rapadura: a rapadura começou a ser fabricada em pequenos engenhos de açúcar, e também é típica do nordeste. Essa receita acrescenta amendoim e outros ingredientes ao açúcar.

31. Quindim: já o quindim com coco é originário do nordeste, modificado da receita portuguesa, que utiliza amêndoa. Pode ser servido em formas pequenas, como empadas e também pode ser servido em uma forma grande de pudim.

Bebes

Quentão sem álcool. Foto: Reprodução / Presunto vegetariano

Quentão sem álcool. Foto: Reprodução / Presunto vegetariano

Não Alcoólico

As bebidas sem álcool são muito importantes em qualquer ocasião. É interessante servir opções para diversos gostos e para que as crianças também possam saborear. Além das bebidas típicas, você pode servir sucos de frutas da estação, refrigerantes e chás quentes variados.

32. Quentão sem álcool: quer preparar a bebida mais tradicional de festa junina, e que todos os convidados, desde crianças até adultos possam tomar? O quentão sem álcool é a sua bebida.

33. Chocolate quente: o chocolate quente é uma bebida muito comum nos dias mais frios. As crianças vão adorar tomar chocolate quente em uma festa junina, e é claro, é uma boa opção para os adultos também.

34. Suco de milho verde: além de ingrediente para várias opções de comidas doces e salgadas, o milho também pode ser usado para o preparo de bebidas, como o suco de milho verde. Ele é gostoso para acompanhar tanto os pratos doces, quanto os salgados.

35. Chocolate quente com coco: para quem deseja preparar um chocolate quente, que tenha com um toque especial, uma boa dica é trocar o leite comum pelo de coco. O sabor fica harmonioso e a textura fica muito cremosa.

Alcoólico

Em uma festa junina para adultos é interessante acrescentar algumas bebidas alcoólicas, que além de combinar com o friozinho, são típicas dos arraiás. Confira abaixo receitas incríveis de drinques para seu arraiá.

36. Quentão: essa é a bebida mais tradicional das festas juninas. A receita leva a mesma quantidade de água e cachaça, combinadas com algumas frutas e especiarias, criando um sabor único.

37. Vinho quente: nessa opção o vinho é fervido com água, cravo, canela, gengibre e maçã. A bebida fica bem aromatizada e lembra o quentão, porém o sabor é mais suave, já que não leva pinga. A quantidade de vinho pode ser mudada conforme sua necessidade.

38. Batida de amendoim: está com pouco tempo e/ou pressa e quer fazer uma bebida gostosa? A batida de amendoim é uma ótima opção. Só leve três ingredientes e é feita no liquidificador. Praticidade na certa!

39. Batida de vinho: batidas são sempre muito práticas, e a de vinho é uma bebida bastante consumida no inverno. Para prepará-la mé só bater vinho, gelo e leite condensado no liquidificador.

40. Batida de maracujá: outra opção de batida é da de maracujá. Além de ser famosa em casamentos e formaturas, também pode ser preparada para a festa junina.

41. Sangria: essa bebida é um clássico espanhol, mas também faz sucesso aqui no Brasil. Mesmo sendo uma bebida mais consumida no verão, combina muito bem com o clima junino. Leva vinho, soda, gim e algumas frutas no preparo.

Agora que você aprendeu diversas receitas de comes e bebes para festa junina, é só colocar o traje caipira, pendurar as bandeirinhas, montar uma fogueira e chamar a família e os amigos para a festança.

Para você