Dicas de Mulher Dicas de Moda

Vestido de paetê: as melhores dicas para brilhar com o seu look

Seja curto ou seja longo, o vestido de paetê é uma ótima opção para ocasiões mais formais

em 29/09/2014

Foto: Reprodução / Blog da Greicys

Vestidos são sempre uma boa pedida para usar em uma ocasião mais formal. Renda, recortes, transparências são detalhes que estão em alta, mas, se tem um elemento que não sai de moda e que incrementa e moderniza qualquer vestido, esse item é o paetê.

Vestidos de paetê já viraram um clássico na moda. A palavra paetê vem do francês “pailleté” que significa “coberto com lantejoulas”. Para Juliana Burlamaqui, consultora de imagem, acredita-se que a lantejoula já era usada desde 2.500 a.C. “Mas seu formato original eram discos dourados produzidos em metal, também encontrados na Índia, Peru e Egito”. As lantejoulas também serviam para embelezar as roupas dos reis e das rainhas e eram costuradas nas peças para designar riqueza.

A consultora de imagem, Maria Valentina Ferreira, contou que o paetê surgiu na moda no começo dos anos 1940, sendo utilizado pela primeira vez por Coco Chanel e Paul Poiret. No entanto, o uso da lantejoula nas roupas ficou popular nos anos 70 e 80, segundo informações de ambas consultoras, impulsionado pela febre da era “disco”. “E por meio da música pop em artistas como David Bowie, Madonna e Michael Jackson”, afirma Juliana.

No Brasil, conforme explica Maria Valentina, o paetê tornou-se marca registrada das Chacretes, assistentes de palco do Chacrinha, que o usavam em maiôs. “O paetê sempre foi muito usado na moda, mas nos últimos três anos ele está mais em evidência”, pontua. Já para Juliana, o paetê já teve seus altos e baixos e, atualmente, está em alta. “Pode ser visto frequentemente nos tapetes vermelhos, grandes eventos de moda, música e cinema e nas coleções dos grandes estilistas.”

Em que ocasiões usar o vestido de paetê

O vestido de paetê, por ter brilho, não é indicado para se usado no dia a dia, com exceções de eventos mais chiques. “Paetês mais opacos e foscos podem ser usados até de dia, em eventos como casamento com início no fim da tarde ou uma festa sofisticada, preferindo os mais claros à luz do dia”, orienta Juliana.

Foto: Reprodução / Glam4You

Maria Valentina é de opinião contrária e acredita que o paetê, mesmo o fosco, não deve ser usado de dia. “O vestido de paetê é mais apropriado para eventos noturnos, bastante usado em baladas, bem como em casamentos noturnos, bailes de formaturas, jantares dançantes, coquetéis, entrega de premiações, festas de fim de ano”, aconselha.

Juliana sugere que, para um evento mais descolado, pode-se usar um vestido curto de paetê. “Com uma sobreposição sem brilho, como um blazer longo ou parka.” Para ela, o vestido não deve ser usado em situações mais informais e no trabalho. Da mesma opinião, Maria Valentina não sugere o vestido de paetê nem mesmo para casamento diurnos, inclusive quando se é madrinha. “Corre-se o risco de brilhar mais que a noiva”.

Tipos de paetê e de vestidos

Quando for escolher o seu vestido, é importante se atentar para o tipo de paetê. “Existem paetês maiores e menores, ambos são chiques vai depender da sua qualidade e como o look está montado, para saber se é formal ou casual”, explica Maria Valentina. Juliana afirma que paetês menores são mais chiques, mas que nada impede de um vestido ter uma mistura equilibrada entre paetês de diversos tamanhos. “Um vestido somente com paetês maiores fica mais difícil de usar e não afina a silhueta”, complementa.

O vestido de paetê pode ser longo ou curto, pode ser bordado inteiro ou apenas em algumas partes. Entretanto, ambas as consultoras concordam que o vestido de paetê curto é o mais usado, por ser menos formal, e ir bem em ocasiões como casamentos, coquetéis, formaturas e, até mesmo, nas baladas. “O longo só pode ser usado em casamentos noturnos, tapete vermelho, festas black tie ou bailes tradicionais de carnaval”, complementa Juliana.

Looks para você montar

Para montar o look com vestido de paetê é necessário se atentar para alguns detalhes. Como o vestido é o destaque do look, os complementos devem vir sem muito brilho e o mais discretos possíveis. “A roupa de paetê por si só chama muita atenção. Melhor produzir com brinco e sem colar. E sapatos e bolsas neutros: sem detalhes, estampas, bordados e texturas”, é a recomendação da consultora de imagem, Juliana Burlamaqui.

Maria Valentina também aconselha a não usar calçados com pedrarias, aplicações,strass e bordados.”Os sapatos ficam melhores os de salto alto, com acabamento envernizado, mas nada impede usar sapato mais baixo ou até mesmo a sapatilha.” Para ela, colares e brincos devem ser neutros, quase invisíveis e a bolsa ideal é a clutch.”Para um visual mais moderno fica bom usar o vestido de paetê com um sapato colorido e a bolsa da cor do vestido ou bolsa colorida e o sapato da cor do vestido”, finaliza.

1. Look balada

Com essas recomendações, foram montados três looks. O primeiro é uma sugestão para se usar na balada. Todo em preto, somente com a boca em vermelho para dar mais poder ao look.

Vestido de paetê Enfim por R$189,99 na Posthaus | Jaqueta de couro Colcci por R$1.399 na Dafiti | Bota Ferrette por R$199,99 na Anita | Batom vermelho por R$27,90 na Eudora

2. Look casamento

Já esse segundo look, é uma opção para casamentos ou festa formais noturnas. Com um vestido de paetê longo prateado não há como você não se destacar e brilhar. Para não deixar o look over, aposte em complementos neutros na cor preta que deixa o visual ainda mais chique. O brinco é discreto mais ao mesmo tempo elegante, além de combinar com todas as mulheres.

Vestido de paetê Alphorria por R$2.130 na Capitollium | Sandália preta por R$350 na Schutz | Clutch preta por R$119 na Amo Muito | Brinco prata BijouxNet por R$147 na OQVestir

3.Look coquetel

Para finalizar, um look chique e perfeito para coquetéis. O vestido azul marinho é uma boa opção para quem não quer usar o preto e ao mesmo tempo quer manter a formalidade das cores escuros. Scarpin é um clássico e vai bem com qualquer estilo. Combine com batom neutros e brincos discretos.

Vestido de paetê Spezzato por R$873 na Capitollium | Scarpin por R$349 na Luiza Barcelos | Brinco de gota por R$45 na My Gloss | Batom Rosado por R$15,99 na O Boticário

Quem pode usá-lo

O vestido de paetê é sugerido a todas as mulheres, independente da idade ou do tipo físico. A peça é a escolha certa para quem quer arrasar em uma ocasião mais formal. “Todas podem usar, mas devem tomar alguns cuidados. O vestido de paetê sempre chama a atenção para o corpo. Por isso, tem que estar com o corpo em forma. Se estiver mais cheinha, escolha modelagens mais soltinhas, de tons mais escuros”, aconselha Maria Valentina. Juliana aconselha as mais cheinhas a escolherem um paetê sobre uma textura mais lisa, menos encorpada.

“As mais magrinhas podem usar vestidos mais justos, curtos e com mais textura. As mulheres com mais curvas devem preferir caimentos mais suaves”, elenca Juliana para as mulheres valorizarem suas curvas usando o vestido de paetê. “A mulher deve conhecer o seu tipo físico, seu estilo pessoal e as cores que combinam com o seu tom de pele”, é a dica que Maria Valentina dá para sempre acertar no vestido.

Vestido de paetê em cores claras captam a luz e, assim, podem aumentar visualmente a silhueta. “Por isso, quem tem quadris largos, por exemplo, pode usar o vestido com brilho, mas com uma modelagem mais soltinha, de tons escuros, de preferência na cor preta e atrair a atenção para o colo e rosto”, ensina Maria Valentina.

10 opções de vestidos de paetê

Está à procura do seu vestido? 10 opções de vestido e onde encontrá-lo para você se jogar no paetê e brilhar em qualquer ocasião.

Maquiagem e cabelo

Para finalizar o look, a escolha da maquiagem e do cabelo são essenciais para deixá-lo em harmonia. A recomendação que Juliana dá é para preferir maquiagens mais suaves. “Pode carregar somente nos olhos ou somente na boca.” Para Maria Valentina toda a maquiagem deve vir mais leve e apenas com a boca em destaque, dando preferência a batons vermelhos, laranja ou fúcsia.

O cabelo pode estar preso ou solto, desde que bem penteado. “O cabelo só precisa estar bem arrumado para uma aparência mais sofisticada”, aconselha Juliana.

Cuidados com o vestido de paetê

O vestido de paetê é uma peça bastante delicada e, por isso, é importante tomar alguns cuidados no manuseio de seu vestido. Uma dica precisa é sempre se atentar para as instruções da etiqueta do produto. Cuidados com a lavagem, a melhor forma para guardar, se deve ser passado a ferro, tudo isso é especificado na etiqueta. “Se ficar na dúvida, ligar para a loja antes de lavar pela primeira vez”, indica Juliana.

Maria Valentina adiantou algumas dessas orientações para a lavagem. “Deixá-lo de molho com sabão neutro por mais ou menos 20 minutos, sem esfregá-lo. Deve ser secado à sombra de forma que a peça fique totalmente estendida sem dobrá-la.” Sobre passar o vestido, ela sugere que apenas faça quando for necessário, utilize a peça do lado do avesso e com o ferro na temperatura mais baixa.

Para guardar, é também indicado que seja colocado no guarda-roupa do lado avesso, o que diminui o risco de ficar preso em alguma outra peça e soltar os paetês, e sem dobrá-lo. Maria Valentina aponta o saquinho de TNT como o mais indicado para guardar a peça e Juliana aconselha a usar cabides de ombros largos se for pendurar.

Mais sugestões para montar seu look

Com a ajuda das blogueiras, novas sugestões de como montar seu look com vestido de paetê. A peça é adequada à ocasiões mais sociais e deve-se evitar usar de dia. Complementos leves ajudam a compor um visual mais elegante, sem ficar carregado. Sapatos, bolsas, maquiagem e cabelo devem combinar de forma a deixar o vestido ser o destaque do look. Veja a seguir como as blogueiras usam o vestido de paetê:

Foto: Reprodução / Garotas Estúpidas

Foto: Reprodução / Sonhos de Crepom

Foto: Reprodução / Blog da Thassia

Foto: Reprodução / Mundo da Malu

Foto: Reprodução / Blog da Paulinha

Foto: Reprodução / Blog da Paulinha

Foto: Reprodução / Blog da Paulinha

Foto: Reprodução / Blog da Paulinha

Foto: Reprodução / Helena Bordon

Foto: Reprodução / Layla Monteiro

Comentários
Dicas relacionadas