Decifrando as etiquetas das roupas

A etiqueta deve mostrar os cuidados básicos para conservação das roupas, mas às vezes é preciso uma ajudinha para entender os símbolos

Por Deborah Busko
Atualizado em 22/04/2013 16:19

decifrando etiquetas de roupas Decifrando as etiquetas das roupas

Na hora de comprar uma roupa nova, as opções são muitas, as tendências da moda cada vez mais impressionantes, as promoções chamam a atenção dos consumidores que chegam até a ficar indecisos com tantos modelos, tipos de tecidos. Porém, o consumidor precisar prestar mais atenção em outra etiqueta além daquela que traz o preço da peça.

Para as roupas se manterem bonitas e bem conservadas, lavá-las da maneira correta, seguindo as instruções indicadas na etiqueta é essencial. Mas será que você entende de todos os símbolos das etiquetas?

Para a maioria das pessoas além de ser quase impossível decifrar os “enigmas” contidos nelas, é difícil enxergar todos aqueles símbolos e letras impressos bem pequenos.

E ainda, algumas marcas não trazem explicações por escrito, somente os símbolos misteriosos.

E o resultado disso, é que sem entender do que se tratam cada um desses símbolos, muita gente lava as roupas de qualquer jeito e acaba danificando as peças.

Toda peça deve trazer na etiqueta, informações como a razão social ou marca registrada do fabricante, o país de origem do produto, composição do produto com percentagem de cada fibra devidamente indicada, tamanho do produto, caso seja um artigo importado, o nome do importador, CNPJ da fábrica ou importadora e os cuidados para uma melhor conservação e riscos.

Algumas confecções agem de má fé e indicam na etiqueta que a roupa não pode ser lavada nunca. É uma forma de se tornarem isentos da responsabilidade caso o cliente venha a ter algum problema, já que em caso de prejuízo do produto por falta de informação na etiqueta, o cliente pode procurar o PROCON e tem direito ao ressarcimento.

Entendendo os símbolos

Na descrição dos cuidados, as etiquetas das roupas devem conter explicações de cinco processos básicos: lavagem, alvejamento com cloro, secagem, como passar e limpeza a seco.

Quando os símbolos estiverem marcados com um X, trata-se de um procedimento não permitido. Quanto à lavagem, o número indicado representa a temperatura máxima a que a peça pode ser submetida. A presença de um pequeno traço abaixo do símbolo significa que é apropriada uma agitação reduzida e no caso de dois traços, agitação muito reduzida. A ausência de traços indica que deve ser empregada agitação normal.

Quando o símbolo de lavagem na etiqueta estiver acompanhado do desenho de uma mão, é porque a peça só pode ser lavada à mão. Um triângulo com letras “Cl” indica que é permitido o uso de alvejante com cloro.

Antes de começar a passar a roupa, observe quantos pontos constam dentro do desenho do ferro, o que indica a temperatura ideal. No caso de um ponto, a temperatura máxima é de 110ºC, dois pontos, 150ºC, e três pontos indicam que a temperatura não deve passar de 200ºC.

O quadrado com um circulo dentro indica que a secagem pode ser feita na secadora de roupas. Um ponto representa temperatura baixa, dois pontos, temperatura elevada. Se o quadrado estiver com traços, a recomendação é de que a peça seja colocada para secar na horizontal ou na vertical. No caso de vários traços na vertical, a roupa deve secar naturalmente.

Se mesmo com essas explicações ainda é difícil entender o que significam os símbolos das etiquetas, confira a tabela abaixo.

etiquetas roupas Decifrando as etiquetas das roupas