COLUNA

Deixar de cozinhar não deve ser pauta feminista!

'Mães paralelas' (2021) / Divulgação

Cozinhar nos aproxima da nossa ancestralidade e é uma excelente fonte de prazer, saúde, autocuidado e autoconhecimento

Em 29.07.22

Cena do filme ‘Mães Paralelas’ (2021), de Pedro Almodóvar: a personagem interpretada por Penélope Cruz, veste camiseta com a frase “We should all be feminists” (“Sejamos todas feministas”, em tradução livre) e ensina uma amiga mais jovem a fazer fritata de batatas. Ela explica o passo a passo desse tradicional prato da culinária espanhola.

Publicidade

A belíssima cena, com as típicas cores do cinema almodovariano, ilustrou muito bem a importância da transmissão de habilidades culinárias entre gerações. Além de preservar toda uma cultura alimentar tradicional, essa transmissão aproxima as pessoas e as conecta com as suas histórias. E isso pode e deve acontecer, também, entre mulheres.

Afinal, deixar de cozinhar para se libertar das tarefas domésticas só é pauta feminista na publicidade de alimentos ultraprocessados. E a aproximação com a nossa ancestralidade é um excelente meio de autoconhecimento.

Desconstruir a ideia de que somente mulheres devem cozinhar e ser responsáveis pelas tarefas domésticas é necessário. Para isso, torna-se fundamental a aproximação das crianças com a cozinha e a partilha das tarefas domésticas entre todos do domicílio. Como diz a cozinheira Rita Lobo do site ‘Panelinha’, “cozinha é assunto da casa e não da dona de casa”.

Estranhamente, apesar das mulheres serem consideradas cruciais para a alimentação da sociedade, elas tendem a não ser tão profissionalmente reconhecidas quanto os homens quando ocupam cargos de cozinheiras. Nora Bouazzouni, autora do livro ‘Fominismo: quando o machismo se senta à mesa’, explica muito bem essas relações de poder, que são estabelecidas pelo patriarcado.

Para você que flerta com a ideia de se afastar da cozinha, reflita sobre o quanto a alimentação é uma fonte importante de prazer, saúde, autocuidado e autoconhecimento. E somente a comida de verdade, como a fritata de batata do Almodóvar, poderá te proporcionar esses ingredientes na vida!

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Dicas de Mulher.

Nutricionista doutora em Ciências e defensora do Guia Alimentar para a População Brasileira. Adora cozinhar, explorar novas culturas alimentares e fazer conexões com a natureza e as pessoas.