Xilitol é aposta mais saudável para reduzir o consumo de açúcar

O adoçante natural tem poucas calorias, baixo índice glicêmico e outras vantagens

Escrito por Tais Romanelli

Foto: iStock

O xilitol é, sem dúvidas, o adoçante mais utilizado do momento. Mas quais são, afinal, suas particularidades? Ele é realmente saudável e uma boa opção para substituir o açúcar?

A nutricionista Juliana Pizzocolo explica que o xilitol é um adoçante natural encontrado nas fibras de muitas frutas e legumes, como, por exemplo, ameixa, framboesa, milho e algumas espécies de cogumelos.

Raquel Segobia, nutricionista do mesmo programa, acrescenta que o xilitol é uma substância obtida através da hidrogenação (redução) da xilose (açúcar). “Ele é, inclusive, utilizado há muito tempo na área odontológica, por exemplo, para adoçar creme dental infantil”, diz.

Saiba por que este adoçante natural é uma boa opção e como usá-lo no dia a dia:

5 benefícios do xilitol que talvez você não conheça

Foto: iStock

Juliana explica que, hoje, o uso do xilitol aumentou significativamente, especialmente porque seu poder adoçante é semelhante ao do açúcar. “Porém, cada grama dele contém aproximadamente 40% menos calorias quando comparado ao açúcar”, diz.

Leia também: 10 alternativas saudáveis para matar sua vontade de comer doces

Raquel acrescenta que, além da baixa quantidade calórica, o xilitol agrada por possuir sabor adocicado, porém, menos residual quando comparado a outros adoçantes.

Mas não para por aí! De forma geral, as nutricionistas destacam como principais benefícios do uso do xilitol:

  1. Possui baixa caloria;
  2. Adoça significativamente e sem (ou, dependendo do paladar, pouco) gosto residual;
  3. Inibe a formação de cáries;
  4. Possui baixo índice glicêmico, ou seja, é bem tolerado por diabéticos;
  5. Ajuda na perda de peso (visto que é uma boa opção para substituir o açúcar).

A nutricionista Juliana lembra que, tendo em vista que sua função é adoçar, o xilitol não possui valor nutricional, ou seja, possui quantidades mínimas de vitaminas, minerais e proteínas.

O xilitol é a melhor opção para substituir o açúcar?

Foto: iStock

A nutricionista Raquel destaca que, devido à baixa quantidade calórica e por ter pouca influência na alteração da glicemia, o xilitol é uma opção interessante para as pessoas que desejam excluir ou diminuir o consumo de açúcar no dia a dia. “Porém, assim como o açúcar, ele também passa por processos industriais e, portanto, o consumo não deve ser a livre demanda”, diz.

Juliana acrescenta que o xilitol não é o único adoçante recomendado. “A Stévia possui propriedades semelhantes e também pode ser consumida por diabéticos, hipertensos e indivíduos que desejam perder peso”, explica.

Leia também: 8 alternativas naturais para substituir o açúcar na sua alimentação

Onde comprar xilitol

Atualmente o xilitol pode ser encontrado facilmente à venda: em seções de alimentos com restrições na maioria dos supermercados, em lojas de produtos naturais ou até na internet.

O adoçante pode ser comprado a granel ou em embalagens prontas de algumas marcas de produtos naturais e/ou suplementos. Pode ainda ser encontrado nas versões líquidas ou em pó. Para saber qual é a melhor opção do produto para comprar, o ideal é consultar seu nutricionista.

Contraindicações e alertas sobre o consumo

Foto: iStock

Juliana destaca que o consumo do xilitol (em grandes quantidades) não é recomendado para indivíduos que sofrem de Síndrome do Intestino Irritável ou problemas digestivos, devido à fermentação natural. Além disso, ele é considerado tóxico para cães.

Vale reforçar que, apesar de ser mais saudável do que o açúcar, o xilitol não deve ser consumido em excesso. “Seu consumo diário recomendado é de até 2 pacotinhos (ou 10 gotas). Sempre lembrando que o ideal é acostumar o paladar ao sabor natural dos alimentos e/ou bebidas, ou seja, prefira consumi-los sem adoçar”, finaliza Juliana.

Lembre-se, então, que o xilitol é um adoçante natural eficaz para ajudar na redução do consumo de açúcar no dia a dia, sendo, assim, um bom aliado da dieta. A melhor maneira de consumi-lo e usufruir dos seus benefícios é seguindo as orientações do seu nutricionista.

Leia também: Açúcar demerara: usá-lo pode tornar a sua alimentação mais saudável

Assuntos: Alimentação

Para você