Não é tão difícil não ser homofóbica, sabia?

Não é tão difícil não ser homofóbica, sabia?

6 passos para mudar de atitude

Em 17 de maio de 1990, a OMS definiu que a homossexualidade não é uma doença. Desde então, muitas coisas mudaram!

Mesmo com essa evolução, atos homofóbicos ainda são extremamente presentes na sociedade. Mas é possível combatê-los. Vamos lá?

A palavra correta é homossexualidade, não homossexualismo. O sufixo ismo remete a enfermidades

Ofender, discriminar ou agredir não é liberdade de expressão. Essa justificativa não cola mais, nem tente!

Se seu tipo de humor envolve piadas homofóbicas, então não é humor, é violência. Reveja o conteúdo que você consome e quem o produz

Um casal LGBTQIA+ tem todo o direito de demonstrar afeto em público. Repreensões por conta disso são inaceitáveis

Se você fica em silêncio quando alguém é homofóbico, está colaborando com esse crime. Não se cale, apoie uma pessoa LGBTQIA+!

Homofobia é crime, e a vítima pode buscar ajuda na justiça sempre que precisar. Vamos deixar o mundo um lugar mais seguro e acolhedor para todas e todos?

Mudanças simples em atitudes do dia a dia fazem toda a diferença. Ajude a acabar com a homofobia!