Conheça 10 fatos sobre a sambista e enfermeira

CENTENÁRIO DE IVONE LARA

CENTENÁRIO DE IVONE LARA

Reprodução | Natalia Bezerra

Dona Ivone Lara completaria 100 anos nesta quarta-feira, 13 de abril de 2022. Falecida em 2018, foi um dos nomes mais importantes da música brasileira e era conhecida como a Primeira Dama do Samba

Reprodução | Natalia Bezerra

Ivone Lara ficou órfã muito cedo, perdeu o pai aos 3 anos e a mãe aos 9. Passou então a ser criada por uma tia, que a enviou ao colégio interno onde estudou até os 17 anos

Reprodução | Acervo da família

A música sempre fez parte de sua vida: a mãe era cantora, além de costureira; o pai, mecânico de bicicletas, tocava violão. Após sair do internato, foi morar com o primo, Fuleiro, que tinha um grupo de chorinho com Pixinguinha e Donga

Reprodução | Acervo da família

Formou-se em Enfermagem e Serviço Social e trabalhou no Serviço Nacional de Doenças Mentais com a Dra. Nise da Silveira. Teve importante papel na luta antimanicomial brasileira

Reprodução | Acervo da família

Aos 23 anos, já compunha sambas para a Prazer da Serrinha, que se tornaria a escola de samba Império Serrano. Suas letras eram assinadas pelo primo, pois as mulheres não eram aceitas entre os compositores

Reprodução | Acervo da família

Foi a primeira mulher a assinar um samba-enredo. Entrou para a ala de compositores de uma escola de samba do Grupo Especial em 1965, com Os Cinco Bailes da História do Rio, parceria com Silas de Oliveira e Antonio Bacalhau

Reprodução

Sua consagração como compositora veio em 1978, com a gravação de Sonho Meu por Maria Bethânia e Gal Costa. Sua carreira musical foi extensa, com colaborações dos maiores artistas da época

Reprodução

Aos 56 anos, aposentada da enfermagem, passou a dedicar-se exclusivamente à música e lançou seu primeiro álbum: Samba Minha Verdade, Samba Minha Raiz

Divulgação

As letras sofisticadas, mas populares, com seus “laraiás” e as melodias celestiais, tornaram-na uma das maiores compositoras do país. Sonho Meu, Nasci para sonhar e cantar, Tendência e muitas outras canções marcam a música brasileira

Reprodução | Natalia Bezerra

Pioneira, forte, talentosa e visionária, Dona Ivone Lara representa o que há de melhor no Brasil. Sua vida é uma celebração da arte e da cultura nacionais.

Riotur | Divulgação