Vitamina B12: conheça os benefícios que ela pode trazer para sua vida

Conheça as particularidades essa vitamina essencial para o organismo e saiba como consumi-la para melhorar a sua saúde

Escrito por Luciana Rodrigues

Foto: Getty Images

O corpo humano precisa de diversos nutrientes para se manter saudável e funcional: proteínas, carboidratos, fibras e vitaminas. Eles são responsáveis por funções importantes no organismo e quando estão em níveis abaixo do normal, podem acabar gerando alguns problemas a longo prazo.

As vitaminas são essenciais no organismo humano, funcionando como aditivos para diversas funções importantes, mesmo que não funcionem como energia ou material de reposição celular.

Elas precisam ser ingeridas meio da alimentação, pois o corpo não produz sozinho as vitaminas essenciais. Você precisa ter uma dieta equilibrada e saudável para manter os níveis desses nutrientes de forma adequada no corpo.

E uma das vitaminas mais importantes a serem ingeridas é a vitamina B12. Saiba mais sobre essa substância, descubra como obtê-la, a importância para o seu organismo e o que pode acontecer caso você tenha deficiência dessa vitamina.

5 benefícios incríveis da vitamina B12

Foto: Getty Images

Como toda vitamina essencial, a B12 traz uma série de benefícios incríveis para o seu organismo a curto e a longo prazo. Confira:

Leia também: 10 alimentos capazes de prevenir o câncer

1. Manutenção das funções do sistema nervoso: segundo a nutricionista e mestre em Ciências da Saúde pela USP, Patrícia Cruz, um dos principais benefícios da vitamina B12 é o auxílio na síntese de neurotransmissores, substâncias químicas essenciais no processo de “comunicação” entre as células e, portanto, na realização das mais diversas ações internas e externas do corpo.

2. Formação do DNA: ainda segundo Patrícia, a vitamina B12 é uma das substâncias responsáveis pela formação do DNA celular. A ingestão dessa vitamina é essencial neste aspecto, afinal danos nesse componente da célula podem levar a mutações que futuramente acarretem no desenvolvimento de algum câncer.

3. Proteção de células nervosas: a especialista também destaca que a vitamina B12 possui um papel importante para a proteção das células nervosas, já que é um dos principais componentes da camada de mielina, que protege os neurônios e que regenera danos provocados nessas células. Assim, seu consumo pode ajudar a retardar ou evitar doenças derivadas da degeneração de neurônios (como a demência, por exemplo).

4. Aumenta a fertilidade: a vitamina B12, agindo diretamente no DNA, juntamente com o ácido fólico, permite um aumento da fertilidade na mulher, auxiliando aquelas que têm pretensão de engravidar. Ela também ajuda no aumento da ovulação. Além disso, a vitamina B12 reduz consideravelmente as chances de um aborto espontâneo.

5. Evita anemia: a vitamina B12 é um componente importante na formação, maturação e proteção das hemácias, de forma a mantê-las saudáveis e evitar o desenvolvimento da anemia.

Leia também: Vitamina E: poderoso antioxidante e grande aliado da beleza

Ou seja, consumir a vitamina B12 é essencial para manter uma série de funções do seu organismo.

O que a deficiência de vitamina B12 pode causar

Foto: Getty Images

Segundo a nutricionista Patrícia Cruz, a deficiência de vitamina B12 traz uma série de problemas a curto e a longo prazo.

A curto prazo ela pode apresentar perda de força muscular, fadiga, dores e tontura. Já a longo prazo, pode causar confusão mental, problemas na visão, hiperhomocisteínemia (um marcador que eleva o risco de problemas cardíacos) e anemia.

Nos casos de deficiências mais graves, pode levar a neuropatia, gerando até mesmo perda parcial ou total de movimentos.

A deficiência de vitamina B12 pode ser causada, principalmente, pelo baixo consumo de alimentos que são as principais fontes da substância. Mas não é esse o único motivo.

Leia também: 10 alimentos que garantem boa saúde

Segundo Patrícia, ela também pode ocorrer por deficiência de produção de fator intrínseco, células parentais ou até mesmo por alterações nos transportes plasmáticos.

Essa deficiência pode ser impulsionada em grupos de risco, tais como os vegetarianos restritos, idosos e pacientes com gastrectomia ou outras doenças de estômago, tais como úlceras e neoplasias.

Nos casos de déficit, indica-se o aumento no consumo de alimentos ricos em vitamina B12 e, dependendo do caso, prescreve-se suplementação.

O ácido fólico também é um importante aliado para evitar a deficiência desse nutriente. Aliado com uma boa dieta, ambos ajudam a evitar a anemia, melhorar a fertilidade e também manter baixo os níveis de homocisteína. Patrícia Cruz lembra que alguns estudos indicam que essa substância é um fator de risco para doenças cardiovasculares. Ou seja, consumir ácido fólico e vitamina B12 também ajuda a prevenir problemas no coração.

Onde encontrar a vitamina B12

Ok, agora você sabe que a vitamina B12 é importante para o seu organismo e que, portanto, é essencial que você mantenha um consumo adequado dela.

Leia também: 4 vitaminas e minerais essenciais para ter pele e cabelos bonitos

Vale lembrar que a quantidade indicada de consumo para adultos é de 2,4mg por dia. Mas então, onde encontrá-la?

Veja na tabela quais são os alimentos mais ricos nessa vitamina:

Deu para notar que não faltam alimentos para você consumir e garantir uma boa quantidade de vitamina B12, não é mesmo? Porém, tem um detalhe: percebeu que não há vegetais inclusos nessa lista? É por isso que há uma preocupação para quem é vegano ou vegetariano.

Vitamina B12, vegetarianismo e veganismo

Como falamos antes, os vegetarianos e veganos fazem parte do grupo de risco de deficiência de vitamina B12. Isso porque, a principal fonte dessa substância é de origem animal e, devido a dieta restritiva, as pessoas que seguem essa filosofia de vida precisam de mais cuidados.

A nutricionista Patrícia Cruz ressalta a importância de se fazer de tempos em tempos a análise bioquímica da concentração de vitamina B12 no organismo, a fim de verificar se há problemas com a concentração ou não. Caso seja preciso, deve-se optar pela suplementação.

Suplementação de vitamina B12

Foto: Getty Images

A suplementação de vitamina B12 pode acabar sendo indicada, como falamos, em casos graves com sintomas de deficiência da substância no organismo.

Ela consiste, basicamente, na ingestão de produtos (cápsulas, comprimidos, injetável ou suspensão) que contêm a vitamina isolada nas quantidades diárias recomendadas.

É necessário verificar a concentração da vitamina B12 no organismo, por meio de um exame, e optar por um tratamento de reposição a partir de orientação médica.

O que o consumo em excesso de vitamina B12 pode causar

Segundo a nutricionista Patrícia Cruz, a ingestão dessa substância em quantidades acima do indicado pode levar a um aumento dos linfócitos (células de defesa do corpo), além de alterações no baço. Por isso, o ideal é que você mantenha o consumo indicado por dia e não faça suplementação por conta própria, sem indicação de um profissional responsável.

Então, agora que você sabe tudo sobre a vitamina B12, é só cuidar da sua alimentação, conforme a sua necessidade, e manter-se saudável.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web