11 vídeos sobre sexo que todo homem deveria ver

As dicas dos vlogueiros e vlogueiras ajudam a desvendar mitos sobre a sexualidade feminina e aprender como melhorar a vida sexual a dois

Escrito por Larissa Avelar
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Apesar de todas as evoluções e revoluções sociais, a sexualidade feminina continua sendo um tabu na nossa sociedade, gerando mitos que prejudicam a vida sexual de muitas pessoas.

O fato é que mais do que um ato de prazer, sexo é uma questão de saúde para a mulher. A psicóloga e sexóloga Rosely Salino do Instituto Cecarello é categórica: “sexo é saúde, tanto para a mulher quanto para o homem. O orgasmo é uma descarga física e de energia, uma necessidade fisiológica que beneficia a saúde como um todo.”

Porém, tradições culturais e religiosas muitas vezes inibem as mulheres e reforçam ideias e práticas que nem sempre satisfazem sexualmente as pessoas do sexo feminino.

Conheça nos vídeos a seguir vlogueiros que desfazem mitos e dão dicas importantes sobre sexo e atitudes que homens e mulheres.


Leia também: 30 questões polêmicas sobre o sexo respondidas

1. Mulher também sente tesão, por Tati Ferreira

Nesse vídeo a vlogueira Tati Ferreira comenta aquele que Rosely aponta como principal mito em relação à sexualidade da mulher, o de que a mulher não sente desejo sexual. “Fisiologicamente e anatomicamente [as mulheres] são tão sexuais quanto os homens”, afirma Rosely. Isso quer dizer que elas sentem desejo de fazer sexo e também sentem falta dele quando passam algum tempo sem fazê-lo, como Tati comenta no vídeo.

2. Zonas erógenas da mulher – como dar mais prazer, por Marilyn Jane

Marilyn Jane explica os diferentes pontos do corpo feminino que excitam as mulheres. De acordo com Rosely, as mulheres demoram mais para ficarem excitadas, tornando o conhecimento das zonas erógenas e as preliminares uma parte importante do sexo. Marilyn comenta várias zonas do corpo que muitos não costumam associar à excitação sexual.

3. 15 atitudes que broxam na cama, por Marina Barbieri

Da mesma forma que muitas pessoas não conhecem o que excita uma mulher, há quem não saiba o que tem o efeito oposto. Marina Barbieri e seu convidado comentam algumas atitudes e situações que muitos acham que agradam, mas na verdade são verdadeiros desestimulantes sexuais.

É importante conhecer bem o parceiro para saber não só o que o excita, mas também o que o broxa. E o mesmo é válido para os homens. Conheçam suas parceiras, não tenham receio de conversar sobre sexo e perguntar o que gostam e o que não gostam.

4. Sexo oral na mulher, por Casal Sem Vergonha

O Casal Sem Vergonha esclarece e dá dicas sobre o sexo oral na mulher, como por exemplo o fato de que o sexo oral é apenas parte das preliminares e não a preliminar em si.

Leia também: Dicas para incentivar o seu parceiro a fazer mais sexo oral em você

5. Sexo oral em mulheres, por Lola Benvenutti

De forma curta e direta, Lola Benvenutti comenta o que fazer e o que não fazer na hora do sexo oral na mulher.

6. Pornô ensina errado, por Tati Ferreira

De acordo com a sexóloga Rosely, os filmes pornôs podem ser ferramentas interessantes para “apimentar a fantasia do casal e liberar a prática sexual”. Entretanto, Rosely aponta que pornôs muitas vezes se distanciam da realidade por trazerem padrões de estética, práticas e desempenho sexuais que não condizem com a realidade das pessoas. É justamente sobre esse distanciamento da realidade que Tati Ferreira comenta nesse vídeo.

7. Acessórios eróticos que toda a mulher deveria ter, por CSV

A masturbação feminina é um dos grandes tabus no quesito sexualidade feminina. Para Rosely, a prática é fundamental, pois permite que a mulher conheça “o caminho de seu próprio prazer e poder indicar ao parceiro como gosta de ser tocada”. Além disso, essa prática pode ser feita junto com o parceiro. O Casal Sem Vergonha dá dicas de brinquedos eróticos que tiram o sexo da rotina.

8. Ponto G, por Tati Ferreira

O famoso ponto G é alvo de inúmeros debates na comunidade científica, mas a verdade é que não há consenso quanto à existência dele. Tati Ferreira faz um breve resumo da origem da polêmica, comenta como a busca pelo ponto G pode afetar negativamente o sexo e dá dicas de como resolvê-la.

9. Sexo anal, por Tuy e Biel

É possível uma mulher sentir prazer com sexo anal? Esta é uma dúvida comum a homens e mulheres. Tuy e Biel do Sensualise Moi falam sobre o sexo anal, dão dicas de posições, relaxamento, preparação para o sexo anal. As dicas adicionais ficam por conta de Rosely que orienta os casais a praticarem o sexo anal como variação e não como hábito.

Além disso, Rosely destaca que a mulher precisa se sentir segura para conseguir relaxar o suficiente para o sexo anal. Portanto, como Biel aponta em seu vídeo (Dicas para homens), a mulher é quem dita as regras do jogo – se ela quiser parar o jogo, o jogo deve parar.

Embora falem sobre aspectos diferentes da sexualidade feminina, todos os vídeos têm características comuns. Um exemplo é a necessidade do parceiro reconhecer os sinais que a mulher emite durante a prática e não simplesmente presumir que a mulher está sentindo prazer com algo baseado em um suposto conhecimento popular.

“Mulheres necessitam de atenção”, diz Rosely, e esta atenção na prática sexual vai desde exaltar a aparência da mulher até perceber nos menores detalhes se a mulher está aproveitando ou não o sexo.

Assuntos: Relacionamentos, Sexo

Para você