5 coisas que você deve fazer para ter unhas longas e fortes

Suas unhas são quebradiças e finas como um papel? Conheça alguns hábitos que você pode adotar para mudar essa situação

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Foto: iStock

As unhas são muito valorizadas no universo da beleza, de forma que muitas de nós somos apaixonadas por unhas longas, esmaltadas, decoradas e com tudo o que temos direito. Mais do que apenas a extremidade dos dedos, elas fazem parte do look e também seguem tendências de estilo.

Porém, apreciar unhas longas nem sempre é sinônimo de ter unhas bonitas e saudáveis. Se você está insatisfeita porque suas unhas quebram muito facilmente e nunca chegam ao tamanho ideal, confira se você ainda não está seguindo alguma das dicas a seguir:

1. Tenha uma alimentação saudável

Foto: iStock

As unhas são uma parte do corpo como outra qualquer e, por isso, elas também sofrem muita influência da nossa alimentação. Como elas são constituídas principalmente por uma proteína (a queratina), é muito importante que a nossa dieta ofereça níveis adequados de aminoácidos. Fontes de proteína como salmão e frango são excelentes opções para isso; ainda, esses alimentos oferecem zinco, que também é essencial para as unhas.

Além disso, essa parte do corpo precisa de muita vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C e ácido fólico, que são encontrados principalmente em vegetais de folhas verdes-escuras, como o espinafre e a couve-manteiga, e em alimentos ricos em gorduras boas, como o abacate.

2. Mantenha suas unhas bem hidratadas

Foto: iStock

Assim como acontece com a pele, as unhas também se tornam mais fracas, quebradiças e sujeitas à descamação quando estão desidratadas. Por isso, é necessário incluir a hidratação dessa parte do corpo em seus cuidados de beleza diários.

Leia também: 5 sinais que as nossas unhas da mão podem dizer sobre nossa saúde

Aplicar um creme ou óleo para cutículas algumas vezes ao dia e proteger mãos e unhas com luvas ao manipular produtos de limpeza são dois hábitos que contribuem para a hidratação dessa região.

3. Não use suas unhas como ferramenta

Foto: iStock

Abrir latas de bebida, arrancar etiquetas, consertar o ganchinho de uma pulseira… É muito comum recorrer às unhas para fazer essas atividades, mas esse é um hábito que devemos deixar de lado.

Ao forçar as unhas contra uma superfície dura, criamos pequenas fissuras que facilitam a quebra – ou já lascamos a unha de uma vez. Por isso, resista à tentação e recorra ao instrumento correto!

4. Faça as unhas com frequência

Foto: iStock

Fazer as unhas regularmente ajuda-as a crescer pelo simples fato de que, pensando em preservar o esmalte, cuidamos muito mais das nossas mãos. Você sabe: quando estamos com as unhas recém-feitas, não as utilizamos como ferramentas (como vimos no tópico acima) e usamos luvas para protegê-las dos produtos químicos. Além disso, estar com a manicure em dia ajuda a acabar com o hábito de roer as unhas e diminui a vontade de arrancar “pelezinhas” ao redor delas.

Você não precisa necessariamente ir ao salão toda a semana, pois cuidar das unhas em casa já tem esse efeito. Contudo, é preciso utilizar esmaltes de boa qualidade, de preferência hipoalergênicos, e recorrer a removedores sem acetona, evitando ressecar suas unhas. Também é preciso observar um limite seguro em relação à remoção das cutículas, pois elas são essenciais para a saúde dessa parte do corpo.

Leia também: 6 receitas caseiras para fazer as unhas crescerem mais rápido

5. Tenha paciência!

Foto: iStock

Ter unhas longas e fortes é um processo que demanda tempo, por isso você precisa ter paciência. Infelizmente, os resultados não aparecem do dia para a noite, pois a extremidade dos dedos tem seu tempo de crescimento e recuperação – as unhas das mãos levam cerca de 6 meses para serem totalmente renovadas.

Nesse tempo, é bastante provável que suas unhas quebrem, pois é preciso esperar até que a parte fragilizada seja substituída. Não fique chateada: isso é momentâneo e vai passar, desde que você se mantenha firme na sua rotina de cuidados.

Pode ser interessante consultar um dermatologista para verificar se não existe nenhum outro problema em suas unhas e, se necessário, indicar uma base fortalecedora especial para você. Tenha paciência e logo você terá as unhas que sempre quis.

Assuntos: Unhas

Dicas pela Web