Transforme a hora do banho das crianças em um momento agradável

Tem criança que faz de tudo para não tomar banho, mas com algumas dicas, você pode mudar essa realidade

Escrito por Daniela Azevedo

Foto: Thinkstock

A resistência de algumas crianças na hora de tomar banho gera muitos conflitos entre pais e filhos e grandes dores de cabeça em um cenário quase sempre típico: A mãe, com uma porção de outras obrigações para fazer, tem pressa e a criança, cria vários obstáculos para entrar no banho e quando entra, a briga é para sair.

Para amenizar esse cenário e convencer as crianças de que o banho é um hábito de higiene indispensável, importante para a saúde e que fará parte de toda a sua vida, a dica é tornar esse momento o mais agradável e divertido possível. E para ajudá-la nessa tarefa, selecionamos algumas dicas para você.

Dê o exemplo

A maior parte das coisas que as crianças aprendem é a partir do exemplo. Tomar banho com o seu filho pode ser uma maneira de demonstrar como é bom, como faz bem e o quanto é importante e agradável estar sempre limpinho e cheiroso. Essa atitude ajudará a influenciar a criança, mais do que qualquer outro argumento.

Afaste os medos

A resistência das crianças quanto ao banho pode estar vinculada ao medo da água, neste caso, é fundamental evitar que ela escorregue na banheira e que coloque a cabeça debaixo da água de uma vez. Quando for fazer a transição da banheira para o chuveiro, comece pela ducha do chuveirinho, que costuma ter jatos menos intensos.

Convide os personagens preferidos

Nenhuma criança gosta de interromper uma brincadeira para fazer uma obrigação, mas quando o banho se torna uma outra brincadeira tão divertida quanto qualquer outra, as coisas mudam de figura. Separe os brinquedos que ele gosta e que podem ser molhados para ajudar a distrair a criança enquanto você lava ele.

Brincadeiras com espuma

Brincar com a espuma também pode virar uma grande festa. Além de distrair a criança, estimula a imaginação. Escolha sabonetes e xampus específicos para criança, para evitar que a espuma caia nos olhos e cause irritação, o que criaria um novo trauma.

Desenhos no box

O vapor do banho deixa o vidro do box embassado, o que se transforma em um verdadeiro quadro para a criança escrever letras, números e se divertir fazendo vários desenhos e deixando a imaginação solta.

Cantar no chuveiro

O banho é um momento de relaxamento, por isso, muitos adultos têm o hábito de cantar no banho. Para as crianças, além de relaxante, esse hábito pode ser divertido. E você pode cantar com ele sua música preferida, enquanto ele se distrai com a letra, você aproveita e deixa ele limpinho.

Escolha o horário adequado

A hora do banho também deve ser levada em consideração. Escolher o mesmo horário para criar uma rotina é fundamental para incorporar o banho como um hábito, mas seja sensata e não exija que a criança tome banho na hora de seu desenho preferido, por exemplo.

Explique a importância do banho

Todo adulto sabe a importância do banho para a higiene, para a saúde e até para o convívio social. Entretanto, para uma criança, principalmente para as pequenas, não é muito fácil assimilar tais fatores. Mesmo assim eles devem ser incorporados pelas crianças desde cedo.

Não perca a paciência

A crianca pode chorar, espernear, sair correndo, fingir que não está ouvindo quando a mãe diz que é hora do banho e qualquer dessas atitudes podem tirar a mãe do sério, mas por mais difícil que pareça, evite perder a cabeça. Antes de tomar qualquer atitude enérgica, respire fundo e contorne a situação.

Para que toda essa diversão venha acompanhada de segurança, lembre-se que em hipótese alguma a criança deve ficar sozinha no banheiro, que costuma ser um ambiente escorregadio quando molhado. Qualquer minuto de distração pode ser suficiente para um escorregão e até para afogamentos. Deixe o banheiro sempre seguro, com tapetes anti-derrapantes e não descuide um minuto sequer do seu pequeno.

Assuntos: Bebês

Para você