Dicas de Mulher Dicas de Saúde

Torcida saudável e sem exageros

Emoção demais e exageros nas comemorações dos jogos da Copa do Mundo pode ser prejudicial à saúde

em 08/11/2011

A cada jogo do Brasil na Copa do Mundo, são momentos de muita emoção e também muita tensão. Isso acontece com os jogadores em campo, claro, mas o sentimento também domina os torcedores que ficam ligadinhos e atentos em frente à televisão para não perder nenhum lance importante.

A euforia é multiplicada e explosão de alegria contagia a torcida, ainda mais quando depois de uma bela jogada vem o tão esperado gol. Mas os amantes do futebol que apresentam problemas cardíacos, hipertensão, colesterol alto ou outros fatores de risco, devem ficar atentos e comemorar com cautela, pois emoção além do normal pode ser um perigo para a saúde. Confira algumas dicas para uma torcida saudável e sem exageros.

Atenção redobrada na hora de torcer

Durante o jogo, tanta torcida faz o nível de adrenalina e a pressão arterial subirem. A ansiedade e o estresse também aumentam, o coração consome mais oxigênio. A conseqüência disso são as arritmias, que fazem o coração bater mais rápido e em pessoas vulneráveis, pode levar a infarto do miocárdio.

Na torcida com os amigos, é indispensável o tradicional churrasco, a pipoca e alguns não abrem mãos das bebidas alcoólicas. Mas para quem sofre de doenças do coração e diabetes, conciliar comemorações, eventos sociais com as limitações da saúde nem sempre é simples

Por isso, é importante a conscientização, saber que existem limitações e que exageros não devem acontecer em hipótese alguma, mesmo se os motivos para comemorar forem muitos.

Na véspera do dia do jogo, procure dormir bem e ficar relaxado, o cansaço e uma noite mal dormida aumentam a descarga de adrenalina e o estresse. E antes da partida começar, alimente-se bem, de forma leve e balanceada. Durante o jogo, evite ingerir bebidas alcoólicas e fumar, a dupla é contra-indicada para organismos que se encontram muito tensos. Beba sempre muito líquido.

Fique atento às palpitações anormais, falta de ar, dores no peito e qualquer outro sintoma que seja incômodo. Caso os sintomas persistam, é necessário procurar a ajuda de um médico o mais rápido possível.

Torcer não faz mal e adrenalina não é prejudicial à saúde, ela é até necessária para o corpo, o perigo está em doses exageradas. É preciso apenas segurar as emoções, tomar alguns cuidados e não abusar. Agindo dessa maneira, é só esperar a vitória e correr para o abraço na comemoração. Afinal, somos o país do futebol, onde a paixão pelo esporte é tanta que não dá para perder nenhum momento da seleção.

Comentários
Dicas relacionadas