Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Técnicas para remoção de tatuagens

Tatuagens podem ser removidas com aplicações de laser

em 23/01/2013

Foto: Thinkstock

Antes de fazer uma tatuagem é preciso pensar bastante e decidir com calma o que será gravado no corpo, pois se trata de uma marca permanente. A boa notícia é que os avanços dos procedimentos estéticos mostram técnicas para remoção de tatuagens cada vez mais modernas.

As técnicas a laser são as mais utilizadas para “apagar” de vez as tatuagens do corpo caso a pessoa enjoe ou se arrependa do desenho escolhido. Mas para eliminar a tatuagem por completo, é preciso se submeter a várias sessões. A quantidade de aplicações do laser varia dependendo do tamanho da tatuagem, profundidade do pigmento e das cores utilizadas nos desenhos.

Para cada cor é preciso utilizar um tipo de laser diferente, que um atinge uma gama de cores específicas.

As tatuagens femininas com pigmentos profundos não podem ser removidas por completo da pele. Geralmente, o local fica com uma sombra do que foi a tatuagem ou uma mancha esbranquiçada, que pode sair da pele com o tempo ou não.

É importante ressaltar que, por mais avançadas que sejam, as técnicas para remoção de tatuagens não são procedimentos totalmente indolores, mas o desconforto causado é tolerável. Assim como o desconforto causado ao fazer a tatuagem.

Para evitar o incômodo durante as aplicações, uma alternativa é utilizar cremes anestésicos no local que vai receber o laser uma hora antes das sessões.

Quem deseja remover tatuagens do corpo deve sempre procurar profissionais capacitados e verificar se o estabelecimento é reconhecido e aprovado pela Vigilância Sanitária para não colocar a saúde em risco.

Outra opção para quem se arrependeu do desenho escolhido é fazer outra tatuagem por cima da antiga. Por exemplo, quem tatua o nome do namorado e depois o relacionamento acaba, pode desenhar outra coisa por cima e esquecer o passado.

Seja qual for a sua situação, é válido conversar também com um dermatologista para se certificar sobre os procedimentos mais seguros e o que é mais adequado para o seu caso.

Comentários
Dicas relacionadas