Suco de fruta pode não fazer tão bem quanto você imagina

Tire todas as suas dúvidas sobre os sucos naturais e os industrializados e aprenda a melhor maneira de tomar sucos realmente saudáveis

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

Cortar o refrigerante do cardápio é uma das primeiras medidas tomadas por pessoas que querem emagrecer ou, simplesmente, seguir uma dieta saudável. E a maioria delas adere a uma dica simples para isso: substitui o copo de refrigerante que tomava, diariamente, por suco de frutas.

Parece saudável, não é mesmo?! Porém, vale destacar que, ao falar de sucos de frutas, devem ser considerados tanto aqueles que são naturais – ou seja, preparados diretamente com a fruta – como as opções industrializadas (geralmente de caixinha), encontradas à venda em supermercados, padarias etc.

Sendo assim, fica a dúvida: será que os sucos de frutas são mesmo bons substitutos para o refrigerante? Abaixo, Pâmela Miguel, nutricionista da Clínica de Nutrição Funcional de São Paulo, esclarece essa e outras questões importantes sobre o assunto.

Os sucos de frutas de caixinha são tão prejudiciais quanto um refrigerante?

O título “suco de fruta”, inevitavelmente, remete à ideia de uma opção de bebida saudável, natural. Porém, quando o assunto são os produtos de caixinha, industrializados, isso não é válido.

Pâmela Miguel destaca que a maioria dos sucos de caixinha encontrados no mercado não é indicada para o consumo. “Eles contêm uma grande quantidade de açúcar, ou adoçantes nas versões light e diet, e aditivos químicos (corantes, aromatizantes, acidulantes), que estressam o organismo e levam ao acúmulo de toxinas, atrapalhando o seu funcionamento”, explica.

De acordo com a nutricionista, o ideal é sempre analisar o rótulo e verificar os ingredientes utilizados no produto. “O primeiro ingrediente da lista é sempre o que está em maior quantidade e, geralmente, é o açúcar”, destaca.

Suco de frutas natural pode substituir o refrigerante?

Pâmela Miguel explica que os sucos naturais de frutas são opções mais saudáveis quando comparados aos refrigerantes. “Independentemente do valor calórico da bebida – muito apontado no caso dos refrigerantes zero –, o suco é a melhor opção”, afirma.

A nutricionista destaca que o suco de frutas fornece vitaminas e minerais importantes para o funcionamento do organismo, enquanto o refrigerante oferece uma quantidade elevada de sódio e aditivos químicos, que acumulam toxinas no organismo e dificultam seu funcionamento.

Como consumir os sucos de frutas naturais sem prejudicar a dieta

Foto: Thinkstock

Porém, não é porque um alimento ou uma bebida é saudável que ele deva ser consumido em excesso. Até mesmo os sucos preparados com a fruta, e sem açúcar, devem ser tomados moderadamente.

Pâmela explica que, em relação ao tipo de fruta escolhida para fazer o suco, o que deve ser observada é a quantidade de fruta utilizada para fazer um copo. “O ideal é utilizar uma porção da fruta em questão e diluir o suco com um pouco de água. Outro cuidado importante é não coar a bebida, para manter a quantidade de fibras”, destaca.

A nutricionista lembra que os sucos de frutas, apesar de fornecerem diversos benefícios para a saúde, contêm frutose (açúcar da fruta). “A frutose é metabolizada de forma rápida pelo organismo, liberando glicose rapidamente na corrente sanguínea, além de muitas vezes contribuir para o armazenamento de gordura, principalmente na região abdominal”, explica.

Uma forma de tornar o suco mais saudável e reduzir a velocidade com que a glicose entra na corrente sanguínea, ainda de acordo com a nutricionista Pâmela, é inserir um pouco de fibra na bebida. “Pode ser colocada, por exemplo, uma colher de sopa de farinha de linhaça, de farinha de banana verde, de semente ou de farinha de chia. Dessa forma, controlamos o índice glicêmico do suco, favorecendo seu consumo para diabéticos e para quem está em uma dieta para controle de peso”, diz.

Outra dica da nutricionista é acrescentar legumes nos sucos. “Assim, teremos vitaminas, minerais e fibras em uma só composição”, diz.

Vale lembrar ainda que os sucos de frutas também contêm calorias e o consumo não deve exceder três copos ao dia. “Eles também não devem substituir a ingestão diária de água”, destaca a nutricionista Pâmela.

A fruta X suco de frutas

Foto: Thinkstock

Mas será que os benefícios que um suco de frutas oferece ao organismo são os mesmos fornecidos pela fruta natural?

Pâmela Miguel explica que tanto o consumo de frutas, como o de suco de frutas, fornece vitaminas, minerais e fibras importantes para o bom funcionamento do organismo.

Os sucos oferecem algumas vantagens, conforme destaca a nutricionista: têm a capacidade de acelerar o metabolismo; são ótimas fonte de energia antes do treino, melhorando o desempenho na atividade; auxiliam no controle da temperatura corporal; melhoram o processo digestivo; auxiliam no bom funcionamento dos rins e mantêm a pele saudável e hidratada.

Porém, vale lembrar que o maior cuidado está em não exagerar na porção de fruta utilizada para fazer o suco, o que aumentaria significativamente a quantidade de calorias ingerida.

Por que não tomar suco de frutas com açúcar

Muitas pessoas confessam que só conseguem tomar suco de frutas natural se for com açúcar. Porém, este hábito não é nada recomendável.

“O açúcar aumenta a carga glicêmica e o índice glicêmico do suco, ou seja, aumenta a quantidade de glicose e a velocidade com que ela entra na corrente sanguínea. Isso pode aumentar riscos de diabetes, aumentar a inflamação no organismo e favorecer o acúmulo de gordura”, destaca Pâmela Miguel.

“Se o açúcar utilizado for ainda o refinado, há o acréscimo apenas de calorias no suco, sem nenhuma vantagem nutricional”, acrescenta a nutricionista.

As polpas de frutas são uma opção saudável?

A nutricionista Pâmela explica que, depois do suco natural, a polpa é a melhor opção. “Porém, sempre verifique na embalagem se o produto contém apenas a fruta congelada, sem aditivos químicos (corantes, aromatizantes, acidulantes)”, acrescenta.

Outra dica da nutricionista é comprar as frutas e fazer as próprias polpas em casa.

Smoothie X suco de frutas

Foto: Thinkstock

Os chamados smoothies têm feito muito sucesso. E são, de forma geral, vistos como uma bebida saudável. Mas fica a dúvida: será que ele oferece os mesmos benefícios que um suco de frutas natural?

“O smoothie é uma mistura de frutas, algumas congeladas, que se torna uma opção cremosa e saborosa para substituir um lanche. Contém vitaminas e minerais, principalmente por apresentar uma mistura de frutas”, explica Pâmela Miguel.

Porém, apesar de líquido, ele deve substituir um lanche da tarde ou da manhã, conforme acrescenta Pâmela. “Incluir fibras no preparo também é uma boa opção”, diz.

A nutricionista destaca que é preciso ter atenção com as opções de smoothie prontas no mercado. “Verifique sempre nos ingredientes se o produto não contêm aditivos químicos (corantes, aromatizantes, acidulantes)”, finaliza.

Receitas: 4 opções de sucos saudáveis com fibras

Quer algumas dicas para incluir fibras nos seus sucos de frutas? Confira algumas ideias:

1. Suco de laranja com semente de linhaça

  • 1 xícara (chá) de suco de laranja
  • 1/4 de mamão papaya
  • 1 colher (sopa) de farinha de linhaça

Bata todos os ingredientes no liquidificador. No adoce e tente tomar sem coar.

2. Suco multifrutas com biomassa de banana verde

  • 200 g de biomassa de banana verde
  • 500 ml de suco de laranja
  • 400 g de melancia sem semente

Bata tudo no liquidificador, despeje numa jarra e leve à geladeira.

3. Suco detox com melancia e hortelã

  • 200 ml de suco de melancia sem semente (2 fatias médias)
  • 2 folhas de hortelã
  • 1 pitada de gengibre em pó
  • 1 colher de sobremesa de semente de linhaça

Bata todos os ingredientes e coe se for necessário.

4. Suco de maracujá com chia

  • 1 polpa de maracujá
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 colher de chia
  • 200ml de água gelada

Bata tudo no liquidificar, coe e tome gelado.

Assim, se pretende mesmo substituir o refrigerante por uma opção saudável, aposte nos sucos de frutas naturais, sempre feitos sem açúcar. Se possível, siga a dica da nutricionista e adicione fibras à bebida. Porém, não exagere no consumo!

Assuntos: Alimentação

Para você