7 sintomas físicos da ansiedade que podem surgir sem que você perceba

Ter consciência dessas sensações pode ajudar a buscar e tratar a verdadeira causa da ansiedade

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

A ansiedade é um problema psicológico, mas que pode se manifestar em sintomas físicos no corpo antes mesmo que a mente esteja ciente do que está acontecendo. Os mais comuns são falta de ar, falta de concentração e tensões musculares, mas há outros que também podem surgir nesses momentos.

Além disso, cada pessoa é diferente, assim como os níveis de ansidade também variam, o que faz com que os sintomas não sejam os mesmos para todos.

Independente do caso, procurar ajuda profissional é importante para identificar e superar sensações que estão ligadas à ansiedade e que, muitas vezes, passam despercebidas. Veja algumas:

1. Sensações auditivas

Foto: iStock

Durante um momento de ansiedade intensa o cérebro se movimenta muito rápido e pode gerar uma dificuldade de se concentrar em conversas, como se as sensações auditivas estivessem com ruídos. Não é que a pessoa não está ouvindo, ela só não consegue processar.

2. Dormência nas mãos e nos pés

Foto: iStock

De acordo com o site True Stress Management, é comum que pessoas que sofrem de ansiedade sintam dormência nas mãos e nos pés durante as crises. Essa dormência também pode acontecer em outros lugares como rosto, pescoço e couro cabeludo.

Leia também: Mindfulness: conheça os benefícios da técnica que alivia a ansiedade

3. Boca seca

Foto: iStock

A ansiedade muda a forma como o corpo distribui alguns fluidos, o que faz com que apareça a sensação de boca seca. Outros sintomas orais, como bruxismo, distúrbios das articulações, áreas vermelhas ou úlceras na boca e aftas também são comuns.

4. Tonturas

Foto: iStock

Se sentir tonto sem motivo aparente pode ser um sintoma de ansiedade. Isso afeta o equilíbrio, além de deixar a visão desfocada e causar uma sensação auditiva de que tudo parece estar longe.

5. Acne e outras reações na pele

Foto: iStock

Quando o cérebro detecta uma ameaça ou medo, ele alerta o corpo para se preparar para lidar com o perigo. Isso faz com que sejam liberados hormônios do estresse, como o cortisol. Eles aumentam os níveis de açúcar e gorduras no sangue, que são usadas pelo organismo para obter energia, mas, por outro lado, podem causar reações como acne, urticária e outros problemas de pele.

6. Problemas gastrointestinais

Foto: iStock

Segundo pesquisas da Universidade de Harvard, o trato gastrointestinal é sensível à emoção e o cérebro tem um efeito direto sobre o estômago. Por isso, pode acontecer de haver vontade de ir ao banheiro muitas vezes. E também ocorre o contrário, de o problema intestinal causar a angústia ou ansiedade.

7. Calafrios

Foto: iStock

Algumas pessoas suam quando ficam ansiosas, outras sentem calafrios. Eles podem surgir em ondas repentinas e/ou podem aumentar de acordo com a intensidade da crise de ansiedade.

Leia também: 10 calmantes naturais que ajudam a tratar a ansiedade, insônia e até depressão

É importante ressaltar que ter mais consciência do que acontece com seu corpo e sua mente pode ajudar a tirar o foco dos sintomas físicos e direcionar a atenção para a verdadeira causa da ansiedade.

Assuntos: Bem-Estar

Para você