Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

Síndrome do impostor: saiba se você sofre desse problema e como lidar com ele

A síndrome do impostor pode impedir que você cresça profissionalmente, mas através de atitudes simples é possível amenizar seus sintomas

em 16/05/2017

Foto: iStock

Você sente que nunca é boa o suficiente para as tarefas que são impostas a você, acredita que os elogios que recebe não são merecidos e acha que a qualquer momento vão descobrir que na verdade você é uma farsa. Se identificou com algum desses itens?

Pode ser que você esteja sofrendo da síndrome do impostor, um fenômeno que não é nada incomum.

Na verdade, conforme uma pesquisa realizada pela Universidade Dominicana da Califórnia, nos Estados Unidos, a síndrome do impostor chega a atingir por volta de 70% dos profissionais bem-sucedidos, especialmente mulheres e estudantes de pós-graduação.

Do inglês impostor syndrome ou impostor phenomenon, a síndrome do impostor faz com que as pessoas não acreditem em seus próprios feitos ou capacidades, acreditando que tiveram sorte e que são verdadeiras fraudes.

Será que você sofre da síndrome do impostor? Fique atenta aos sinais!

As atitudes comuns daqueles que sofrem com a síndrome podem passar despercebidas na rotina do dia a dia. Conheça quais são os sinais da síndrome do impostor e reflita sobre como você se relaciona com eles.

Você procrastina o tempo todo

Imagem: Reprodução / Giphy

A maioria das suas tarefas fica para a última hora e não é porque você gosta de viver no limite. Na verdade, você empurra ao máximo o momento de encarar um trabalho que o levará ao fracasso.

Você sempre tem alguma justificativa quando recebe um elogio

Imagem: Reprodução / Giphy

É normal você falar coisas como “Eu fui bem nessa prova porque ela estava fácil” ou “Passei no concurso pois havia poucos candidatos”. Isso ocorre porque você sente que não é merecedor das suas conquistas.

Você sente que precisa agradar todo mundo

Imagem: Reprodução / Giphy

A insegurança e o medo de “ser desmascarada” fazem com que você sujeite-se a tudo para ser querida pelas pessoas, abusando do carisma.

Se a descrição dos itens acima tem tudo a ver com você, pode ser que a síndrome do impostor faça parte da sua vida e esteja impedindo que você vá em frente na carreira ou realize os seus sonhos. No entanto, não se desespere. Lembre-se que muita gente também passa por isso e que através de uma reorganização das suas atitudes e pensamentos é possível fazer a diferença.

Atitudes simples podem ajudar você a resolver esse problema

Foto: iStock

Confira algumas medidas que podem contribuir para uma melhora nas sensações características da síndrome:

Valorize as atividades nas quais você é boa: seja cantando, cozinhando ou escrevendo, faça coisas que você sente que tem um bom resultado. Tente levar suas principais habilidades para o mercado de trabalho.

Não compare o seu resultado com o de outras pessoas: você nunca sabe se as outras pessoas, por dentro, não sentem exatamente a mesma insegurança que você.

Saiba aceitar elogios: quando seu trabalho for reconhecido, não crie desculpas. Acredite que os elogios que recebe são de verdade e veja de que forma você se sente com isso.

Peça ajuda e conselhos: muitas vezes necessitamos do suporte e apoio de algum parente ou amigo para ajudar a clarear a mente e dar um rumo na carreira. Não tenha medo de solicitar ajuda.

Além disso, procurar ajuda especializada, em um psicólogo ou choaching, é uma medida importante para entender mais a fundo as causas de você ter desenvolvido tal síndrome e como resolver isso dentro de você. Veja também dicas de como identificar as oportunidades de desenvolver seus talentos no trabalho.

Comentários
Dicas relacionadas